sábado, 29 de janeiro de 2011

Dark Solitude (Negra solidão)





Como se titula o desânimo mortal que percorre as veias de uma alma sem destino aprisionada pelas correntes do medo? Venha óh dor cortante e se apodere do meu ser infeliz, percorra gélida pelo meu sangue e se aposse do meu corpo dona das mágoas desesperadoras!! Sugue a minha vida como um buraco negro que consome o infinito dos desgraçados de almas agonizantes! Sejam meu descanço doces trevas do infinito que acarretam esse poço de desamor e desespero no qual caio! Deixe  que eu me afogue nos braços dos mares dos meus próprios tormentos, que eu beba o sangue das minhas próprias veias, que eu morra sobre o leito do meu próprio sonho quebrado pela descrença! Saiam de perto de mim Ilusões!!! Não atormentem mais minha pobre alma machucada! Não sangrem mais esse corpo cortado pela trizteza e pela gélida agonia! Que os ventos cescem para o silêncio que não finda contemplar  a agonia do meu ser  que se lança no seu derradeiro lamento...


Mais um textinho pra vcs! 
Beijinhos Galera!

Nenhum comentário:

Postar um comentário