quarta-feira, 25 de maio de 2011



"Eu não estou com medo de dormir, dormir para sempre Eu não preciso tocar o céu Eu só quero sentir a altura Se eu cair e tudo estiver perdido Lembre-se de toda aquela solidão É onde eu pertenço..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário