sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Entenda a Letra: Ghost Love Score - Nightwish

Eae? Bom, cá estamos nós novamente com a tag música, e hoje eu estou trazendo para vocês outra majestosa criação do Nightwish *U* essa música é uma verdadeira obra prima da música gótica e outra das minhas favoritas da banda! Haja fôlego para cantá-la, e é da inconfundível era Turunen! Então aproveitem e apreciem!

Partitura do Amor Fantasma
Costumávamos nadar nas mesmas águas da luz da lua
Oceanos distantes do dia que está para nascer

Tudo nas letras do Nightwish é amplamente interpretativo, mas vamos tentar. Luz da lua, as tais “águas”ai representam a fluidez de uma relação estável, porém não estagnada, eles caminhavam juntos e enfrentavam as mudanças juntos também, na segunda estrofe vemos o que poderia representar o destino, algo inalcançável e ao mesmo tempo inevitável.

Minha queda será por você
Meu amor estará em você
Se você for aquele que me ferir
Eu sangrarei eternamente

Bom, essa música tem aquele lirismo romântico que hoje é considerado a famosa relação “não saudável”. Dá pra ver nitidamente que o eu lírico doa-se completamente para seu amado (a) colocando toda a sua esperança e vida nas mãos dele (a) ambos são um só e se ele chegar a ferí-lo será uma ferida que jamais cicatrizará. Eu gosto mais porque isso me lembra a geração do romantismo, longos vestidos, sacadas, chás e declarações de amor sussurradas.

A essência do mar antes do despertar do mundo
Me leva até você
Dentro da triste memória

Bom, até aqui está bem claro que estamos falando de um amor impossível, porque na verdade ele está morto. Daí o nome da música. E como sempre o que resta? Lembranças. Os primeiros versos falam sobre um estado de estupor, o despertar do mundo me parece algo como a volta da realidade, como se o eu lírico estivesse agonizante, louco.

Minha queda será por você
Meu amor estará em você
Se você for aquele que me ferir
Eu sangrarei eternamente

Dentro da triste memória...

Uma sereia das profundezas veio até mim
Cantou meu nome, meus desejos
Enquanto ainda escrevo minhas canções daquele meu sonho
Que valia tudo que eu ainda poderei me tornar

Aqui reforça a minha teoria de que ele perdeu completamente a razão, né? Mesmo assim, é como se ele conseguisse vê-la, o objeto de sua devoção, e agora sabemos que é uma mulher, o que torna nosso eu lírico um homem (nada contra os homossexuais ta?) em forma de seria ela aparece para ele, despertando o amor e a luxúria dormentes em sua pele, ele poetiza os sonhos, tenta manter viva a esperança de que ainda há um futuro, mas o que ele me passa é que é uma pessoa que perdeu tudo.

A criança nascerá novamente
Aquela sereia o carregou até mim
O primeiro deles ama verdadeiramente
Sentado nos ombros de um anjo
Sem se importar com o amor e a perda

Esse primeiro verso me remete à pureza, inocência, através da alma doce de uma criança (pelo menos nas de antigamente u.u). Era isso que ela fazia dele, um eterno menino, carregava sua inocência em si, ele a amou mais que qualquer coisa, agora ela estava em algum lugar inatingível, insensível a qualquer sentimento. (Em resumo: morta né?)

Me leve pra casa ou me deixe sozinho
Meu amor no coração escuro da noite
Perdi o caminho à minha frente
Aquele atrás de mim me guiará

Acho que essa é uma fala dela... Não tenho certeza. Mas é nítido o sentimento de confusão, mas o desejo de libertar-se do sentimento aprisionador que o mantem no cárcere da loucura, os sentimentos em completa neblina densa, sem caminho, guiado por um fantasma distante e inalcançável.

Me pegue
Me cure
Me mate
Me leve para casa
Em todos os caminhos
Em todos os dias
Só mais uma volta no pescoço do enforcado

O desejo de morte, o ápice da dor que parece nunca findar, ele anseia ficar ao lado dela, anseia que ela atenue seu sofrimento... Ele se sente sufocado pela vida, pela dor, por si mesmo... Mais um pouco de dor já não faz a mínima diferença.

Me leve, me cure, me mate, me leve pra casa
Todo caminho, todo dia
Eu ainda fico nos vendo dormir

Reviva o velho pecado de Adão e Eva
De você e eu
Perdoe o monstro adorador

...Aprisionado pela presença dela, incapaz de deixa-la partir imerso na luxúria insaciável que ela deixou em cada parte do seu ser. Sente-se um “monstro adorador” que a venera acima de qualquer coisa.

Me faça voltar até a infância
Mostre-me a mim mesmo sem a concha
Como a chegada de Maio
Eu estarei lá quando você disser
Hora de nunca segurar nosso amor

Minha queda será por você
Meu amor estará em você
Você foi quem me feriste
Agora eu sangro para sempre

Ele anseia a sensação que ela podia lhe ofertar, a magia de seu coração de menino que agora está envelhecido pela amargura deixada por sua perda, ele espera ansiosamente pelo chamado silencioso da amada, pela eternidade ao lado dela onde nada mais existe além do amor que compartilham. Ela está nele, ele está nela e ambos estão condenados a sangrar para sempre até que possam unir-se novamente.

Viram porque eu amo essa música??

4 comentários:

  1. Com certeza é uma das músicas mais emocionantes do Nightwish...

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Olá, estranho! Obrigada! Fico feliz que tenha gostado, valeu pelo comentário :D volte sempre!

      Excluir