segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Vida

Hoje, eu vi uma antiga colega minha que, a algum tempo sofreu um derrame por conta de um stress muito grande e acabou perdendo os movimentos de parte do corpo. Me lembrei dela antes disso... "Espivitada", não perdia uma festa, ficava com todos os caras que apareciam! Ai, vendo ela daquele jeito percebi o quão frágil é a vida... Passa tão depressa e a gente nunca sabe o que acontece no minuto seguinte, se vamos estar andando, se vamos encontrar algo que nos deixe feliz... Se vamos mesmo estar vivos... Ai, eu me pergunto porque a gente perde tanto tempo se preocupando com a roupa que vai arrasar na festa, com o esmalte que vamos pintar as unhas ou ate mesmo com o número do manequim que aumentou dois números.... Qual a real importância disso tudo? Quando estamos em situações como a dela a única coisa que importa de verdade é que além de vivos, nós podemos ver quem são os verdadeiros amigos, aqueles que não se preocupam se vamos perder a festa do momento mas que levam o último dvd da locadora pra assistir com a gente, aqueles que não ligam se não podemos mais sair para dar uma "pernada" mas que emprestam um livro super fantástico para que a gente consiga viajar sem sair do lugar...
Eu consegui não perceber, mas aprender, que viver de verdade é ser feliz por nada e por tudo, é ter pessoas que a gente ama e que sabe que se importam com a gente,  é se empanturrar de chocolate só porque está com vontade, é amar as pessoas sem se preocupar com a aparência, é se sentir livre só em sentir a brisa suave tocando a pele, é brigar com quem ama só pra chorar na hora das pazes... Ser feliz de verdade é não precisar de muito para sorrir, é sorrir com o pouco, é procurar dentro de você a mola da alegria eterna, as respostas para as perguntas que você faz para si mesmo e procura responder fora de si... Eu posso dizer que poucas vezes, desde que a conheci, vi a Fernanda tão linda como hoje. E por mais que ela esteja enfrentando essa "situação" continua linda, forte e para mim foi muito mais que um exemplo... Foi um incentivo.
Outra amiga minha, cujo nome não vou citar, está passando por momentos emocionais delicados... Tudo bem que eu não seja Expert no que diz respeito a relacionamentos, mas eu ja convivi o bastante e ja observei casais o suficiente para entender a dinâmica que move um relacionamento. Acho que, quando amamos uma pessoa essa relação recíproca deve ser baseada em companheirismo e não dependência, essa última pode acabar causando sérias consequências para a parte envolvida... Não acredito que esta minha amiga goste de seu namorado, pelo que avaliei da situação dos dois ela ja se acostumou com ele por isso a relação dela fica
 nesse interminável "termina - reata" que esta, visivelmente, desgastando ambos. E ela ja está tão acostumada com ela que tolera as traições, as "bebedeiras", ignorâncias enfim... É uma completa submissa. Não que eu queira julgar ninguém, mas meninas que lerem isso, se vocês estão apaixonadas, por favor! Não anulem as suas vidas por causa disso, tenham e mantenham as suas vozes ativas, não raciocinem apenas com o coração envolvam a cabeça também. Não pense que eu sou uma solteirona que acha que o amor é uma droga ok? Eu estou em um relacionamento sério e meu namorado e eu nos damos muito bem justamente por essas questões, somos parceiros e não dependentes, temos 2 vidas convergidas em 1 que tem, em sua particularidade, voz e vez separadas. Cada um tem suas aspirações e respeita os sentimentos do outro. Respeito é a mola de qualquer vida a dois, assim como a confiança. A gente se aceita como o outro é, defeitos, imperfeições, qualidades... Somos humanos galera, precisar e depender,  são verbos distintos. Saibam separar as coisas, conversem e não achem que o primeiro cara é o cara da sua vida! Raras vezes isso acontece. Ninguém é perfeito, mas com um pouco de sorte conseguimos encontrar um imperfeito "na medida" rsrsrsrs.
Bom pessoal, eram só algumas coisas que eu estava pensando hoje sabe? As vezes me vem essas coisas na cabeça e quis compartilhar essa com vocês, são coisas que acontecem todos os dias com diversas pessoas, mas nem sempre a gente para pra olhar não é mesmo? Posso dizer que tenho muitos problemas, assim como todo mundo, pior que algumas pessoas, melhor que outras, mas com certeza independente de tudo isso eu sou alguém incrivelmente feliz! Espero que você também seja! Obrigada pela passadinha aqui no meu cantinho! Você é sempre muito bem vindo!
Um beijo enorme e.......
Design Your Universe :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário