sábado, 20 de setembro de 2014

Coração Aventureiro - Natalie Anderson (Resenha)

Sinopse: Uma tarde louca na praia… Ter um caso pecaminoso com o ardente campeão de snowboard Jack Greene não é um comportamento normal para Kelsi Reid… Mas uma simples olhadela indecente de Jack faz com que Kelsi mande para o espaço todo o seu juízo (junto com suas roupas!). Afinal, quem melhor do que um atleta premiado por suas façanhas nas ondas e na cama para enlouquecer uma mulher?… Depois de uma noite incrível, Kelsi desaba ao descobrir uma terrível surpresa: ela terá um bebê. Porém, Kelsi e Jack não poderiam ser uma combinação pior: ele não passa de um caso passageiro, enquanto Kelsi anseia estabilidade. Seria possível manter os pés no chão depois de conhecer alguém capaz de colocar sua vida de cabeça para baixo?

Enredo: Kelsi conheceu Jack por acaso, enquanto dirigia atrasada para seu compromisso em um SPA, presente de seus amigos de trabalho, não que a webdesigner fosse a maior fã de se misturar com um monte de mulheres estonteantes para sentir-se ainda mais insatisfeita consigo mesma, mas uma sessão de massagens lhe faria bem, e talvez seu chefe tivesse razão quando disse que ela precisava tirar um tempo para si mesma. O que ela não contava era frear bruscamente em um sinal vermelho e quase atropelar Jack Greene. A primeira vez que Kelsi colocou os olhos no poderoso Jack Greene sentiu que o universo  parou de girar e o mundo à sua volta desapareceu, Jack, por outro lado, ficou de tal forma fascinado por aquela garota frágil e esguia que surpreendeu-se por estar tão encantado com uma mulher tão diferente dos seus padrões comuns. Ele queria Kelsi Reid. Uma tarde de paixão ardente na praia foi tudo que ambos precisaram para cair na armadilha do amor, mas Kelsi era incapaz de acreditar que Jack olharia para ela, ele estava de partida para o Canadá em breve e tudo que lhe sobraria seria a lembrança daquela tarde ardorosa. Isso, até Jack voltar subitamente de volta para sua vida e descobrir que ela estava grávida. Mas Kelsi o insentara de qualquer responsabilidade, sabia que alguém como ele jamais deixaria de lado sua vida de aventura como esquiador profissional e conquistador para ficar ao lado de uma mulher como ela. Ela definitivamente não fazia o tipo de Jack Green. Em contrapartida, Jack tentava de todas as formas driblar suas próprias concepções e lutar para aplacar a obsessão que sentia por Kelsi, ele precisava ficar ao lado dela e queria participar da vida de seu filho, mas como driblar o orgulho de Kelsi e o muro que ela envolveu em torno do seu coração?

O que eu achei: Cara, foi como reviver minha época de escola (só então percebi como estou velha!) lendo aquelas Sabrinas e Biancas que eu costumava ler. Lembro-me que a primeira que peguei foi uma Julia de nome Amor, Sublime Amor. Quando cheguei em determinado capítulo daquele livro que relatava a relação sexual entre o casal da trama fiquei pasma, e de tal modo chocada que quase não consegui terminar o livro rsrsr, Hoje, graças a eles, eu consigo desenvolver cenas "apimentadas" nas minhas histórias de maneira não exatamente explícita e sem nunca ter sido tocada por ninguém. É bem interessante você saber mais ou menos como algo funciona teoricamente tão bem como se já o tivesse feito. Há ainda algumas coisas que não entendo, mas vale. O livro é ótimo! Essa coisa de "Homens sem limites" ai na capa é só charme, porque o livro é, na verdade, até fofo. O orgulho do casal é o que os separa durante o livro inteiro, eles são tão incapazes de admitir seus sentimentos que acabam perdendo tempo. É um livro ótimo! Li rapidinho e recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário