quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Desafio de uma Vida - Diana Palmer

Informaões:

Nome: Desafio de uma Vida - Harden
Autor: Diana Palmer
Série: Irmãos Tremayne / Homens do Texas

Sinopse: Nascido em uma família de rancheiros, Harden Tremayne poderia ser considerado o homem mais rude e selvagem de todo o Texas. E também o mais solitário. Pelo menos, até conhecer Miranda Warren, uma adorável viúva vinda de Chicago que despertou nele sentimentos há muito tempo sufocados. Além do agonizante desejo por uma mulher que jamais poderia pertencer a ele. Miranda nunca sentira algo tão arrebatador quanto a paixão por aquele caubói alto e esguio. Seria o amor dela suficiente para amaciar um coração seco e, ao mesmo tempo, tão sedento de carinho?

Enredo: Harden está em um bar em Chicago para uma conferência no qual ele seria palestrante, mesmo contrariado. No momento em que uma belíssima mulher entra no bar, acompanhada de um homem, Hardem odeia as mulheres, incluindo entre elas sua própria mãe, já que ele é filho ilegítimo, mas aquela mulher despertou nele alguma coisa até então adormecida.
Miranda Warren era uma mulher marcada pela dor, pela culpa e pela perda. Harden percebera isso em seus olhos que carregavam tamanha angústia que lhe partia o gélido coração adormecido. Miranda estava bêbada, e o que pareceu ser apenas uma ajuda corriqueira de um cavalheiro, acabou se tornando uma obsessão que Harden não conseguia conter. Miranda se perguntava se conseguiria vencer a dureza daquele homem que se mostrava tão terno quando ela estava perto, mas ao mesmo tempo tentava manter distância dela. Harden via em Miranda toda a fragilidade e o sentimento protetor que nunca nenhuma mulher lhe despertara, mas como vencer os fantasmas de seu passado e render-se ao amor?

O que eu achei: De início, confesso que pensei que não ia gostar do livro (risos) mas com o decorrer das páginas fui me envolvendo com a história, esses antigos romances americanos, Sabrinas e Biancas da vida, são realmente fascinantes, você se prende a eles de um jeito que quando percebe já está na última página. Embora, talvez pelo muito tempo lendo esse tipo de literatura, eu já comece a achar as histórias quase previsíveis. Muda muito pouco de um enredo para o outro, você consegue sacar o que tem por trás dos personagens e o que vem a seguir, poucas vezes, depois de grande (porque quando eu lia esses livros na escola eu não era tão atenta) eu me surpreendi de fato com uma história desse tipo ao ponto de dizer "Sério? O tempo todo era isso?", mas nem por isso elas deixam de ser gostosíssimas de ler! Valeu a pena cada página. Harden é um personagem fascinante, apesar de inicialmente seco e rude, a gente se apega ao modo doce como ele trata Miranda, como ele a ensina calmamente a arte do... Ah, vocês sabem né? (Corada). E é outra característica marcante desses livros! TODOS, sem nenhuma exceção, trazem a marca "picante" em suas páginas. Alguns de forma mais explícita (Amor sublime amor que o diga! Foi um capítulo inteiro! Aquele livro quase me perverteu na época *gargalhadas*) e outros mais amenos, o que não é, exatamente, o caso desse e, ironicamente, é o caso do anterior que li e que trazia na capa "Homens sem limites". Nunca julgue um livro pela capa! Eu gostei bastante, além de já estar acostumada a esse gênero literário e, mais especificamente, a esse tipo de literatura por causa das Sabrinas e Biancas da minha vida escolar, eu sou um pouco suspeita pra falar deles. Fãs do gênero vão amar a história e eu gostaria muito que a Harlequim publicasse Sonhos do Passado e Ardiloso Sedutor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário