sábado, 6 de dezembro de 2014

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista - Jennifer E. Smith

Informações:

Título Original: The Statistical Probability of Love at First Sight
Autor: Jennifer E. Smith
Ano de Publicação no Brasil: 2013
Editora no Brasil: Galera Record
Ano de Publicação Original: 2012
Editora americana: Poppy


Sinopse: Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

O que eu achei: Por conta da faculdade e de alguns trabalhos que eu tinha para apresentar eu levei bem mais tempo pra ler esse livro, mal espero para ficar de férias logo. Mesmo com a demora (o que eu considero uma vergonha porque esse livro tem 222 páginas!) foi uma leitura maravilhosa! Gente, eu fiquei encantada, é o tipo de literatura que eu gosto de ler. O livro é da minha irmã - no sentido que foi ela quem comprou - e eu peguei para ler por curiosidade e porque era pequeno, daria para folhear no meio dos trabalhos e das coisas para estudar. Realmente é uma fábula como diz na contracapa, as chances de isso acontecer são basicamente nulas! Mas foi muito gostoso de ler, é um livro que trata sobre família, sobre amar imperfeições e não perfeições. Alguns chama de romance água com açúcar, mas esse tipo de leitura aquece o coração da gente, quer dizer, quem não queria encontrar um Oliver assim, por acaso, e se apaixonar? Eu confesso que queria. As questões familiares também foi algo que me chamou atenção, foi bacana explorar esse lado em um livro, raras vezes eu vi isso tratado de forma tão realista e acho que é o ponto forte desse enredo, porque, assim, como eu falei antes né, a chance de um amor em 24 horas é absurda rsrs.Não há muito que eu possa contar sem dar spoiler, então vou deixar que vocês leiam e tirem as próprias conclusões. Digo que é fofo, ideal para quem gosta de romances leves.

Com a minha semana de provas aí, não sei se vou conseguir começar outro livro já. Mas fica aí. Até a próxima :)

The Lost Girl.

Nenhum comentário:

Postar um comentário