segunda-feira, 3 de julho de 2017

|Mangá| Tasogare Otome X Amnesia e True Love

Capa do primeiro volume
Título Original: 黄昏乙女×アムネジア RR: Tasogare Otome × Amunejia
Outros Títulos: Dusk Maiden of Amnesia
Autor: Maybe
Gênero: Shōnen
Volumes: 10
Ano: 2009

Sinopse: Kanoe Yuuko, uma bela e jovem garota, morreu misteriosamente nos antigos prédios da Escola Particular Seikyou. E existe uma única pessoa que consegue vê-la: Niiya Teiichi, um novo aluno do 1º ano do Ensino Médio. Mas por algum motivo, Yuuko não se lembra de nada de seu passado, inclusive a respeito de sua própria morte. Agora cabe a Teiichi descobrir os mistérios quem rondam esta escola amaldiçoada, juntamente de sua provocante parceira fantasma Yuuko....

Depois de Kuzu no Honkai eu percebi que ler mangás não era tão complicado quanto eu pensava, além de serem muito pequenos (você passa de um volume pra outro e nem percebe) a orientação de leitura só é difícil no começo, desse modo comecei a pesquisar os animes que eu mais havia gostado para ler o mangá e o primeiro escolhido não poderia outro além de Tasogare, não apenas por estar finalizado, mas por tanto ouvir que o conteúdo do mangá era bem mais pesado do que o anime mostra. Como eu já resenhei o anime Leia Aqui e a história é basicamente a mesma, vou me ater apenas às diferenças da obra para o mangá tentando não spoilar muito, okay? Para começo o mangá conta com dez volumes, pelo que eu li o anime adaptou certa de quatro volumes de forma beeem rasinha, o primeiro e o segundo é os que estão melhor representados no anime, de forma tão fiel que eu sabia o que vinha na página seguinte antes de ler, mas o rumor de que eles pegaram leve no anime é super verdade, os mistérios que acontecem no mangá são bem mais pesados, mais interessantes e te prendem mais do que no anime, e gente o tanto de treta pesada que tem nesse mangá não tá na listinha, desde duplo suicídio até conspiração familiar para assassinato! Muita coisa foi mudada e/ou não adaptada da obra original, contudo, em relação ao final do anime eu posso dizer que é incompleto. No mangá nossas emoções são bem mais mexidas, le spoiler: ao que parece Niiya escolhe ir para o mundo dos mortos com Yuuko, é o que dá a entender.  Em contrapartida, na parte em que ele de despede dela no anime ficou bem mais bonita do que no mangá, lembro que assisti o anime três vezes e eu chorei nessa cena as 3 vezes! No mangá é muito rápido e não me passou aquela carga dramática que o anime teve. Essa parte ficou melhor. Contudo, acho que vale a pena ler o mangá sim se você viu o anime e se não viu também, é uma obra muito pequena que dá tranquilo pra ler em uma semana se você não tiver nenhuma outra leitura na pauta.

Título Original: não encontrei nada em japonês, acho que é true love mesmo.
Ano de lançamento: 2013
Autor: SUGIYAMA MIWAKO
Volumes: 7
Gênero: Shoujo, drama, romance

Sinopse: Ai ama seu irmão mais velho, Yuzuru. Ele é gentil, confiável e lindo. Sempre protege Ai de problemas e quando ela chora, ele a anima! Mas coisas ruins estão acontecendo: seus pais se divorciam e ela e seu irmão são separados. Agora, depois de 9 anos, Ai com 14 anos, encontra um garoto alto em frente de sua escola! Quem é ele!?

Eu achei esse mangá na indicação de um blog que no momento não vou me lembrar o nome (mas obrigada mesmo assim). No momento eu estava procurando por mangás com o tema incesto entre irmãos, pode parecer bem bizarro, mas eu acho muito fofo histórias com essa temática (as japonesas, só pra constar, não apoio incesto na vida real okay?). Desde que vi Boku wa imouto ni koi wo suru passei a nutrir certo vício por obras do gênero, mas não achei muitas indicações que não fossem ecchis muito pesados como Aki Sora ou hentais mesmo e eu gosto é do lado fofo da história. Quando saiu Ani ni Aisaresugite Komattemasu que vou resenhar aqui assim que sair o filme (quer dizer, sair já saiu só que ainda não tem na net pra assistir infelizmente) fiquei ainda mais louca porque ela tem todos os elementos que eu mais amo numa obra japonesa: um irmão apaixonado e perfeito envolvido emocionalmente com a irmã. Contudo, o mangá parece que tá de rosca (só saiu dois capítulos até agora) e depois de ver o minidrama 12 vezes estou esperando o filme. Aí, para matar minha fome de incesto japonês, eis que comecei a ler (e terminei praticamente num dia) os sete volumes dessa obra incrível!
A trama segue em torno de Yuzuru e Ai, dois irmãos que desde criança são muito apegados um com o outro e sofrem juntos com as constantes brigas dos pais. Por ser mais frágil, Yuzuru sempre assume a proteção de Ai e suporta as dores na tentativa de passar segurança para a irmã mais nova. Mas quando os pais finalmente decidem se divorciar os dois irmãos que prometeram ficar juntos para sempre se separam, Ai vai embora com a mãe para uma cidade interiorana enquanto Yuzuru fica com o pai e se muda para os EUA. Seis anos se passam e Ai, agora com 14, não tem notícias do seu irmão desde a separação, certo dia na escola um belo rapaz a espera no portão da escola e inesperadamente a abraça, ela quase não reconhece que aquele é Yuzuru, seu irmão mais velho.
A atração que sentiu por ele inicialmente foi suprimida ao saber que ele era o seu aniki e ela não conseguia conter a felicidade por estar ao lado dele novamente. Por alguma razão ele pediu que ela mantivesse o encontro deles em segredo e eles trocaram números de telefone para continuar se falando. Yuzuru não consegue parar de pensar em como a irmã ficou bela e os sentimentos que carrega secretamente consigo desde a infância (e que o tolheram de ter uma namorada durante toda a vida) afloram, mas ele sabe que é impossível dizer a Ai a verdade sobre o que está no seu coração.
Algum tempo depois os pais de ambos decidem se casar novamente e sabendo que seria incapaz de ficar perto de Ai diariamente escondendo aquele segredo, Yuzuru decide continuar no seu apartamento uma vez que já teria que lidar com ela na mesma escola que ele. Ai vem a descobrir que seu aniki é muito popular no colégio e passa a receber tratamento especial quando descobrem que ela é sua imouto. Mas o que acontecerá quando a única amiga de Ai e o melhor amigo de Yuzuru se apaixonam por eles? A bagunça está armada, terá ele coragem de dizer a Ai o que sente? E ela terá coragem de assumir seus sentimentos por ele mesmo sabendo que é errado?
Vocês não tem noção de como eu amei esse mangá! Infelizmente ainda falta postarem o capítulo de conclusão, tem ele em português até o volume cinco, o seis e o sete eu li em inglês no Chibimanga. Sério, se puderem dar uma conferida (claro, se gostam do tema), leiam que vale a pena! E, só acho, que deviam ter feito um anime desse mangá, ia ser a coisa mais fofa dessa vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário