quinta-feira, 17 de julho de 2014

#Livro - Relendo Os Quatro Grandes: Agatha Christie (Resenha)

Ah, Os Quatro Grandes! Esse foi o livro que me fez ter apreço por romances policiais, e também o livro que me apresentou Agatha Christie. Lembro-me de estar rondando a secção de romances da biblioteca quando me deparei com este, a primeira vez que li foi como se minha mente estivesse se abrindo para um gigantesco mundo de possibilidades, na época eu tinha conhecimento do famoso Sherlock Holmes embora não tivesse a oportunidade de lê-lo por não ter na escola. Os Quatros Grandes marcou o início de uma fase policial deliciosa em minha vida literária! Li todos os livros de Agatha Christie que continham na minha escola, e a cada nova aventura procurava uma que superasse esta, mesmo que todas fossem alucinantes e incríveis, nenhuma conquistou tanto meu apreço quanto esta.
O Enredo: O Detetive Belga Hercule Poirot e seu amigo Hastings estão na mais perigosa e instigante missão de todos os tempos: Descobrir o paradeiro e destruir a organização conhecida como Os Quatro Grandes, encabeçada pelo número um Li Chang Yen um chinês cruel e influente, o dois Rayland, o homem mais rico do mundo, a três Uma genial cientista francesa e O número 4 – O Destruidor. Ao longo de seu caminho no encalço da perigosa quadrilha uma série de assassinados violentos e diretamente ligado aos quatro grandes é executado pelo número 4, pessoas que tem alguma informação perigosa sobre Li Chang Yen ou que tem conhecimento sobre o quarteto de criminosos internacionais as vidas de Hastings e Poirot corre sério perigo enquanto eles desvendam um a um os passos e as identidades do poderoso quarteto e tramam meticulosamente os meios para sua decadência.

Eu nem preciso dizer o que eu achei do livro né? Cara, esse foi um dos livros mais eletrizantes que eu me lembro de ter lido! Simplesmente fantástico, os métodos de Poirot são geniais tal qual Holmes, que tive anos mais tarde a oportunidade de ler, embora com sagacidades diferentes, o belga de Christie não decepciona nem um pouco, desafiando a nossa mente e nos levando a uma aventura eletrizante e sanguinolenta. Valeu super a pena ler (nas pelo menos 20 vezes que eu li na escola) e valeu ainda mais a pena recordar essa história tão incrível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário