sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Conversando sobre Publicação

Oi pessoal!

Sim, eu sei, eu meio que desapareci de novo e a última resenha saiu quase no fim do ano. Eu realmente demorei a ler dezoito luas bem mais do que o esperado, isso porque, além de estar naquele já conhecido Profundo estado de não sei, em que eu só quero chorar e dormir, dormir e chorar, eu ainda ainda voltei a narrar. Sim, o RPG narrativo está de volta (\o/) e eu espero que venham novas ideias para que eu termine Congelada assim que eu tiver tempo de voltar para ela.
Mas hoje eu estou aqui para conversar com vocês sobre a minha pequena experiência com publicação de livros. Como vocês já sabem, há alguns meses eu publiquei Sleeping Beauty de maneira independente e tive Um Novo Começo aprovado pela Editora Multifoco, com lançamento previsto para Novembro se assim o bom Deus me permitir. E eu já recebi inúmeros questionamentos acerca dessa coisa de publicar por editora ou publicar sozinho. Vou falar um pouco da minha experiência nos dois casos e se vocês tiverem alguma dúvida é só deixar nos comentários que, se eu souber esclarecer, eu vou esclarecer com prazer.
Eu sempre tive a fixação de querer ter um livro publicado por uma editora de verdade. Mas até então eu não tinha nenhum original pronto que realmente valesse a pena ser publicado e nem ideia de como começar. A primeira editora que eu procurei foi a Above Online depois que um dos professores aqui da cidade publicou seu livro através deles, mas o custo de publicação era altíssimo e dessa forma, o sonho de publicar um livro ficou de lado. Eu continuei escrevendo, pesquisando editoras, e aquela história que a minha mãe costuma dizer que as coisas só acontecem quando Deus quer, é realmente verdade. Meus originais começaram a evoluir mais, até que, em 2012, quando eu entrei na faculdade, conheci um autor que me apresentou o Clube de Autores, uma plataforma de autopublicação totalmente gratuita e simples. Assim como a Bookess.
A plataforma é muito simples, você se cadastra, e tem o passo a passo de publicar seu livro. A única dificuldade que tive, inicialmente, foi com a capa que para mim foi o mais complicado, mas se você entender só um pouco de design vai tirar todo processo de letra. O envio do livro para o site deve ser feito em PDF, portanto cuidado com a formatação quando converter do word para PDF, pois do jeito que ficar o arquivo em PDF é como ficará seu livro.Você também tem a possibilidade de vendê-lo no formato e-book. O passo a passo de montagem e publicação é super fácil, o site é seguro, não tem como errar.
Mais recentemente, eu recebi uma proposta da Editora Multifoco sobre um original que eu havia mandado para eles no ano passado, que era a reescrita de um livro que eu tinha escrito em 2009. O processo de publicar por uma editora é um pouco mais duro, pelo menos foi o que eu senti, há diversas regras regidas por contrato e isso te deixa um pouco acuado. Pedi a um amigo meu que faz direito para dar uma olhada no contrato, eu tive sete dias para olhar o contrato e dar uma resposta junto a alguns dados que eles me pediram a parte como uma foto, xérox de comprovante de residência, da identidade etc. Depois vem a revisão do original, você pode contratar o trabalho pela editora - pagando por fora - ou pode pedir a alguém para fazer isso por você. O detalhe é que não pode ser você mesmo a revisar. E a pessoa que revisa tem que assinar a revisão. No meu caso, eu pedi a um amigo fera em gramática pra me dar uma força. Tive trinta dias para revisar as 224 páginas e por bem pouco não conseguimos. O prazo vale a partir do dia que a editora entra em contato com você. Depois de pronto, vem o miolo e a capa para aprovação. Segundo o contrato, eu não podia opinar na capa, apenas fazer alguma alteração no texto dela caso fosse preciso, eu realmente não sei o que aconteceu, pois meu revisor e eu nos certificamos que todo o texto do documento estava impecável, passamos mais de duas semanas sem dormir para corrigir e recorrigir cada linha das duzentas e vinte e quatro páginas e, eu ainda li todo o documento antes de enviar para o editor. Mesmo assim, quando recebi o miolo para aprovação, não sei o que aconteceu quando eles formataram o texto, mas acabou surgindo erros que antes não estavam lá. E eu só tinha direito a 15 intervenções no total, capa e miolo. A cada 15 correções que passassem daquilo, o valor era de R$ 50.00.  No caso do evento de lançamento, ele é todo por conta do autor. A editora disponibiliza, no programa de publicação gratuita, 30 exemplares que devem ser vendidos no valor final de produção. O meu livro, depois de pronto, totalizou 235 páginas e ficou pelo valor de R$ 44,00 (:o). A editora trabalha com produção sob demanda, assim como o Clube de autores.
Tá, Katharynny, mas o que diabos é produção sob demanda?
É assim: Você publica seu livro. Okay. Quando alguém compra, seu livro é impresso, um único exemplar, e enviado para essa pessoa. A diferença da Editora pro Clube é que a Editora disponibiliza seu catálogo para todas as livrarias, então seu livrinho vai ser visto por ai se interessar. No Clube é você e você pra divulgar. Eu não sei direito como funcionam as editoras tradicionais, mas o processo é bem mais caro e mais rigoroso que esse outro tipo de publicação.
Então, eu finalmente realizei meu sonho de publicar um livro por uma editora, mas confesso que gostei mais da publicação independente, você tem um controle maior e total sobre sua obra e como ela fica, embora a editora pela qual fui contratada é realmente de destaque no mercado. O contrato dura dois anos, então até lá estou indisponível para qualquer outra publicação. Ainda não recebi os livros do lançamento, mas com relação ao Clube posso dizer que o acabamento do livro é impecável, demora um pouco para chegar na sua casa, mas chega.

Possíveis Perguntas:

1. Eu pago alguma coisa pra publicar no Clube de Autores?
R: Não, a publicação é gratuita, você escolhe quanto quer ganhar por livro vendido e em que formato quer vender o seu livro.

2. E nas editoras, há algum custo?
R: Nas editoras tradicionais sim. Na editora Multifoco você tem o pacote "Publique sem pagar" em que você não paga nada pela publicação do livro, mas tem o dever de vender os 30 exemplares que eles disponibilizam para o evento de lançamento. E sim, eles pagam direitos autorais pelos livros.

3. Tenho que registrar o meu livro?
R: Sim. Isso é o autor mesmo que faz, você pode entrar na página da Biblioteca Nacional: http://www.bn.br/portal/ e imprimir o formulário. Se não me falha a memória, a taxa é de 80,00.

Para quem é autor e ainda não foi publicado ou tem o famoso "medo" de enviar sua obra porque acha que ela nunca está pronta o boa o bastante, eu sugiro que teste a opinião de leitores sobre o que você escreve. Há sites muito legais para isso:
Nyah!Fanfiction
Novos Escritores
Wattpad
Divulgue um pouco do que você faz e veja opiniões, é muito significativo!
Qualquer dúvida a mais, deixa ai nos comentários, tá?

2 comentários: