sábado, 21 de novembro de 2015

Strobe Edge, Ao Haru Ride e Chilling Romance

Ano: 14 de Março de 2015
Título Original: ストロボ・エッジ
País de origem: Japão
Sinopse: Ninako (Kasumi Arimura) é uma estudante do ensino médio. Ela tem uma personalidade pura e honesta. Seu colega Daiki (Jingi Irie)  gosta dela e ela sabe como ele se sente sobre ela, mas ela não tem certeza sobre esse sentimento.

Um dia, a caminho de casa, no trem, Ninako encontra Ren (Sota Fukushi). Ele frequenta a mesma escola que Ninako. Ren é popular entre os estudantes do sexo feminino, ele é sempre gentil e amável com todos. Ele namora Mayuka (Arisa Sato) uma modelo que é irmã de Daiki. Na escola um garoto chamado Ando (Yuki Yamada) começa a ter sentimentos por Ninako, no passado ele teve uma grande decepção amorosa com sua ex-namorada Mao (Yuina Kuroshima) que traiu ele com seu melhor amigo.
Ninako começa a passar mais tempo juntos com Ren, com o passar do tempo ela começa a ter sentimentos por ele. Esse é "Strobe Edge". 

Eu tinha muitas expectativas quanto a Strobe Edge, desde que havia visto o trailer e por ja ter assistido o live action de Suki tte Li Na Yo com Sota Fukushi que é um excelente ator por sinal, mas infelizmente o filme não passou nem raspando perto das minhas expectativas. Logo no começo, Ninako se declara para Ren, mas ele a recusa por ter namorada, mesmo que ele e a namorada não tenham a relação mais linda do mundo, na verdade, Ren está com ela mais por obrigação que qualquer outra coisa, embora Ninako não saiba disso. Mesmo assim, ela permanece ao lado dele como amiga, embora os sentimentos dela aumentem a cada dia. Nisso, acaba entrando Ando na vida dela, ele é um garoto meio triste, mas inteligente e bem humorado, Ninako descobre que ele teve uma tristeza grande no passado ao ser traído pela namorada com o melhor amigo, ela não sabe que esse melhor amigo é Ren. Ando passa a nutrir sentimentos por ela, mas Ninako não retribui o que ele sente por ainda estar apaixonada por Ren que, aos poucos, passa a se apaixonar por ela também. Mas por culpa de Nao, a ex-namorada de Ando, Ninako e Ren vão se afastar novamente.
Pra mim o filme foi uma versão mais sem graça de Say I Love You, nem mesmo a atuação do Fukushi salvou o negócio, achei o enredo fraco, quase que uma total ausência de emoção e o final deixou muito a desejar.

Ano: 13 de Dezembro de 2014
Título Original:  アオハライド
Páis de Origem: Japão
Sinopse: Futaba Yoshioka (Tsubasa Honda) quando mais nova gostava muito de Kou Tanaka (Masahiro Higashide) que era diferente dos outros meninos, ele era bastante alegre e amoroso. Um dia Kou Tanaka desapareceu e Futaba Yoshioka ficou sozinha e nunca mais viu ele durante 4 anos, até que no final do primeiro ano de Futaba Yoshioka como uma estudante do ensino médio ela novamente se encontra com Kou Tanaka. O nome de Kou Tanaka mudou para Kou Mabuchi e sua personalidade parece muito diferente de seus dias na escola secundária, agora ele está sempre triste e não sorri mais. O que aconteceu com Kou para ele ter mudado tanto? Será que Futaba será capaz de fazer Kou voltar a sorrir e encontrar o caminho da felicidade.

Ao contrário de Strobe Edge, Ao Haru Ride foi bem o que eu esperava dele, sem contar que, para minha felicidade, teve todos os beijinhos que faltaram no anime, o Masahiro fez uma atuação brilhante como Kou e me fez chorar em algumas cenas, foi realmente algo gostoso de ver. No filme, que é relativamente fiel ao anime, Futaba vive uma vida de aparências fingindo ser uma pessoa que não é para não ficar sozinha, até que aparece na sua vida novamente Kou Tanaka, um garoto de quem ela gostava no fundamental, mas que agora mudou de sobrenome e de personalidade. Kou parece mais sombrio, distante e não liga para nada à sua volta, Futaba não sabe porque ele voltou, mas quer o antigo Kou sorridente de volta, mesmo que precise enfrentar grandes dificuldades por isso. Eles colocaram acontecimentos e personagens no filme que não tem no anime e mudaram muitas coisas, por um lado me chateou, mas admito que deixou a trama interessante em alguns aspectos, e os beijos foram ótimos!! Ganhou pontinhos comigo só por isso! Amei amei!

Ano: 1 de Dezembro de 2011
Título Original: 오싹한 연애
País de Origem: Coréia do Sul
Sinopse: Ma Jo Goo é um mágico que está cansado de fazer os mesmos truques e não ter muita audiência em seus shows. Em uma de suas apresentações fica intrigado com a figura de Yeo Ri, que não ria nem expressava nenhuma reação além da tristeza. Ele vai atrás dela e acaba tendo uma ideia para um novo show, fazendo muito sucesso. Mas mesmo depois de 1 ano trabalhando juntos Yeo Ri não tem relação alguma com a equipe do espetáculo, pois ela consegue ver fantasmas e as pessoas com quem tem contato próximo acabam sendo assombradas também. Mas Jo Goo tentará se aproximar, não sabendo as consequências que isso pode trazer. 

Como eu já tinha terminado de ver Masters' Sun, minha irmã acabou achando esse filme e me indicou, vimos juntas e eu adorei. Claro, não se compara ao dorama e as semelhanças entre os dois são bem poucas, mas o filme é muito bom, Yeo Ri é uma mulher que vive atormentada pelo fantasma da melhor amiga que morreu em um acidente que a turma das duas teve no colegial. Graças a esse acidente, além de ser capaz de ver fantasmas, Yeo Ri é impedida de ter qualquer convívio social com outras pessoas, pois o fantasma da sua melhor amiga sempre aparece e estraga tudo, colocando a vida das pessoas que ela gosta em risco. Mesmo assim Jo Goo está disposto a enfrentar qualquer coisa por ela, inclusive um fantasma furioso que pode acabar com sua vida. Achei o filme muito fofo, boas atuações e um romance em andamento que também é muito bonitinho de se ver, sem contar nas cenas hilárias do filme que me fizeram chorar de rir. O final não deixou a desejar com um beijão daqueles! Adorei! Tem um enredo diferente do que eu estou acostumada a ver e mesmo as pequenas semelhanças com Masters' Sun não impediram o filme de ser original. Vale a pena conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário