quinta-feira, 21 de abril de 2016

Os Elefantes Não Esquecem - Agatha Christie

Informações:

Título Original: Elephants Can Remember
Título No Brasil: Os Elefantes não esquecem
País de Origem: Reino Unido
Ano de publicação: 1972
Gênero: Romance Policial
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 176

Sinopse: Ariadne Oliver, uma escritora de romances policiais, é aleatoriamente questionada sobre o antigo caso do assassinato do casal Ravenscroft, mortos há 15 anos. Intrigada com o mistério que envolve o caso, ela pede ajuda ao seu grande amigo Hercule Poirot, com a esperança de solucioná-lo. Mas, para isso, eles contarão com a ajuda de pessoas que viveram naquela época, partindo da premissa de que elas são como os elefantes, e não esqueceram de nada.

O que eu achei: Esse foi um dos livros de Agatha mais fracos que eu já li. Por incrível que possa parecer, em 50 páginas eu já sabia, exatamente, o que tinha acontecido. Não sei se por ter sido o penúltimo livro dela ou se porque ela tenha querido ser óbvia mesmo, mas não senti a mesma magia de livros como Os quatro grandes e O assassinato de Roger Ackroyd. No livro acompanhamos a saga de Poirot que está tentando desvendar o que realmente aconteceu com um casal que aparentemente cometeu duplo suicídio em um penhasco, como também a morte da irmã da esposa que morreu no mesmo local, um triângulo amoroso, um caso de distúrbio psicológico e motivações gananciosas permeiam o caso aparentemente sem solução, mas nada para o detetive belga mais inteligente de todos os tempos. O livro tem uma narrativa bem rápida e é tão pequeno que você facilmente termina em uma ou duas horas. Como eu disse, se você for atento vai matar a charada na metade da história ou antes e foi o que eu não curti nele, é muito previsível ao ponto de decepcionar.

Desculpem a demora em postar, blogueiros, estou mesmo imersa nos meus trabalhos e tentando coordenar as coisas. Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário