terça-feira, 20 de maio de 2014

A Mediadora: O Arcano Nove Livro 2. - Meg Cabot (Comentando)



Eae, aqui é a Lost Girl e hoje tem outra resenha no blog (ok, acho que estou vendo muito os vídeos do Zangado '-'). Mas então blogueiros, eu terminei de ler o segundo livro da série A Mediadora, nos entremeios dos novecentos trabalhos que eu tenho pra fazer! O livro é beeem pequenininho (196 pages) e eu nem posso falar muito pra não dar spoiler. Então vamos ao enredo:
O Arcano Nove
Após o episódio com Heather, Suzannah tenta se recuperar de suas recentes confusões, e tendo comparecido a festa de Kelly Prescot está agora com as mãos machucadas por sumagre venenoso. O padre Dominic, ainda se recuperando do acidente provocado por Heather, dá uma bronca em Suzannah pelos seus métodos nada “gentis” de lidar com os fantasmas, enquanto ela o ignora completamente submersa em sua própria indignação por não ter sido avisada sobre o sumagre venenoso.

Neste livro, ela passa a ser assombrada por um novo fantasma. Uma mulher pede a ela que diga a Red que ele não a matou. De maneira precipitada, Suzannah faz uma busca com sua amiga Cee Cee e descobre um milionário que mora na cidade cuja esposa morrera há alguns anos. Tentando dar seu aviso ela vai até a casa do homem, com o pretexto de querer entrevista-lo para o jornal da escola e quase fica presa na casa quando dá a ele o recado. O homem é um vampiro. Ela é salva por Marcus, um subordinado do homem. Cee Cee acaba descobrindo que Red Beumonth matou inúmeras pessoas nas suas “expansões” industriais, então ela decide mentalmente que ele é o assassino de sua falecida esposa e decide procurar um jeito de fazê-lo pagar por seus crimes. Mas a sua “busca por justiça” acaba colocando Suzannah no meio de um jogo perigoso onde nem tudo que parece é, agora ela precisa mais uma vez da ajuda de Jesse para sair viva da história.

Como sempre, ainda ficamos curiosos com relação à morte de Jesse, e Suzannah que reclamava tanto que nunca era chamada pra sair tirou o atraso nesses dois livros! O Arcano Nove começa realmente a saga da Mediadora, uma vez que o livro um foi mais uma apresentação, aqui é um pouco mais tenso e o livro me deixou até um pouco paranóica, admito e.e o que não quer dizer que ele seja forte, não é. Mas é muito bom. Até aqui eu gostei mais dele do que do primeiro. A minha série é a versão economica vira-vira da best bolso, e o que tem me incomodado nesses dois livros é a quantidade de falhas de impressão e revisão que tem! Há letras apagadas que as vezes dificultam a leitura, palavras escritas de forma incorreta, sério, há uma diferença entre descuido e desleixo! Não é um ou dois, mas VÁRIOS erros que chegam a dificultar a vida de quem está lendo, tem coisas inclusive que você tem que decifrar. De resto, eu recomendo MUITO a leitura, estou curtindo muito a série e assim que eu conseguir colocar a mão nos outros dois livros (que minha irmã ainda está lendo) eu trago a próxima resenha para vocês!

Mil beijos blogueiros e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário