sábado, 24 de maio de 2014

A Mediadora - Reunião e A Hora Mais Sombria Livros 3 e 4: Meg Cabot

Eae blogueiros! Eu sei, eu sei, ando sumida mesmo, mas é que eu estou com tanta coisa para fazer na faculdade que não tenho conseguido me dedicar a mais nada, agora estou enrolada em um monte de trabalhos que vão tornar meu fim de semana um pesadelo e ainda tenho os malditos relatórios de prática pedagógica. Aqui vai um conselho: Se você não quer ter dores de cabeça não faça licenciatura! Mas vocês tem a minha palavra de que assim que as coisas melhorarem eu voltarei! O que me traz aqui hoje é a única coisa que eu ainda estou teimando em não largar não importa quão baixa minhas notas saiam: LER. E essa semana eu li dois livros da série A Mediadora, o que deixa apenas os dois últimos livros para completar minha meta de leitura de 2014! E é esses comentários resenhados que estou trazendo para vocês hoje. Podem ler sem preocupação, não há spoiler nos textos, apenas um enredo breve e um comentário. Então, super beijo blogueiros e, conforme for dando, eu vou aparecendo.
A Mediadora - Livro 3
Reunião
Em Reunião, depois de quase ter sido morta por Marcus, Suzannah está satisfeita por aproveitar a visita de sua amiga Gina à Califórnia. Mal dá para conceber o assédio que a garota vem sofrendo por parte de seus meio irmãos Brad e Jake ou Dunga e Soneca como ela os chama. Mas a alegria de Suzannah dura pouco, pois mais fantasmas aparecem à vista e dessa vem são quatro em um mesmo pacote. Inicialmene, ela os ignora tentando se concentrar em sua melhor amiga e no mau humor de Jesse desde que Gina aparecera.
Mas as coisas mudam de figura quando a vida de Michael Meducci passa a ser ameaçada pelos fantasmas, Suzannah se vê então obrigada a interferir nos planos assassinos dos quatro fanasmas enquanto se mete em uma investigação sobre suas mortes e os motivos por trás delas. Assim, enquanto tenta solucionar os mistérios por trás do jogo doentio de um assassino, Suzannah encara os fatos de que as aparências realmente enganam, de que ela é muitas vezes ingênua por não ver a verdade diante de si e que, mais uma vez, sua vida precisa ser quase finda para que ela encare as coisas.


Reunião foi, dos três primeiros livros, o que eu mais gostei até agora. O mistério que envolve a história ainda que breve, se tornou muito bem elaborado e inicialmente você se deixa mesmo enganar o que contribui para que você goste do livro. O clímax da história é bom e até um pouco violento demais, mas você consegue ficar um pouco tenso e claro, não podia faltar um momento Jesse para abrilhantar o livro. Dos três que já li foi o que mais gostei! Recomendo.

A Mediadora – Livro 4
A Hora Mais Sombria
A Meg Cabot não estava brincando quando batizou esse livro, acredite em mim! No quarto livro da série A Mediadora, acompanhamos Suzannah Simon em sua mais nova empreitada: O trabalho! Pois é, a nossa garota durona vai entrar na linha dos Ackerman e pegar no batente! E não poderia ser nada mais parecido com ela: Babá (Realmente, a cara dela não acha?). E é nesse trabalho em um luxuoso hotel que Suzannah conhece Jack, um garotinho de oito anos que surpreendentemente também é mediador e, a partir de sua tarefa de cuidar do menino e inicia-lo no mundo dos fantasmas, a garota vai entrar de cabeça em outra missão quase suicida: o passado de Jesse. Após receber uma visita nem um pouco cortês de Maria de Silva, a ex-noiva de Jesse, que lhe dá ordens para que Andy pare de cavar a piscina, Suzannah esta certa de que lá vai encontrar o corpo de Jesse, assim como foram encontrada as cartas de Maria dentro de uma caixa de charutos.
Dividindo seu tempo entre o trabalho de verão e sua investigação particular, Suzannah acaba se envolvendo novamente em uma luta pela sua vida, quando Jesse é exorcizado e Maria se torna uma ameaça para ela e sua família, assim como para o padre Dom, Suze vai se envolver em uma luta perigosa contra o tempo na terra das sombras para tentar encontrar Jesse e trazê-lo de volta para o plano terreno.

Esse livro é a minha definição de INCRÍVEL! Ao contrário da série Os Imortais, a coisa não vai piorando de um livro para outro na Mediadora. O clima constante de tensão e mistério prendem de você de modo que você mal nota quando chega ao último capítulo até ver a palavra fim! Em A Hora Mais Sombria, nós temos revelado o que realmente aconteceu com Jesse e ainda acontece algo que nós esperamos com Suzannah pacientemente nos outros três livros! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário