sábado, 25 de junho de 2016

Anime-Se! - Shinmai Maou no Testament


Informações:

Título Original: 新妹魔王の契約者
Gêneros: Ação , Ecchi , Fantasia , Romance , Shounen, Harem
Estúdio: Diomedea
Lançamento: 2015
Episódios: 22 + 2 OVAS
Temporadas: 2
Nota: ****

Sinopse: Ei, você disse que queria uma irmãzinha, né? O estudante do colegial do 1°ano, Toujo Basara, de repente foi questionado por seu pai e entrou em estado de pânico. Em cima disso, o pai excêntrico disse que ele vai se casar novamente. Então seu pai partiu para o exterior depois de levar para Basara as duas belas irmãzinhas. Mas Mio e Maria não são humanas normais, em suas verdadeiras formas são o novo Lorde Demônio e uma sucumbus! Basara quase foi preso em um contrato de senhor e servo com Mio, mas o contrato formado ficou "invertido" por engano e Basara agora é o mestre. Além disso, Basara está sendo atingido pelas situações eróticas uma após o outra, devido ao contrato, mas a vida de Mio está sendo visada por outras tribos demoníacas e tribos de heróis! Desejo, drama e ação com o mais poderoso contratante começa!

Sim, pessoas, eu estou aproveitando as minhas férias o máximo que posso, embora não tão bem quanto eu gostaria, afinal, quando você termina a faculdade as pressões sobre você só aumentam. Mas, deixando de lado as coisas chatas, vamos falar sobre animes, que é algo que sempre me anima depois de um bom dorama. Ultimamente, fora os livros, eu tenho me dedicado muito a animes, não finalizei nenhum dorama por isso não trouxe mais nenhum, mas já tenho uns baixos que ainda não assisti, então é só esperar. Shinmai Maou no Testament eu peguei em uma lista de animes do Intoxlist que falava sobre animes em que os personagens ficam juntos e chegam nos "finalmentes". Gostei do plot de Shinmau e decidi assistir, logo de cara o anime realmente prende, apesar de nos primeiros minutos você não dar muito nele.
A premissa é basicamente Toujou Basara um jovem com traumas de infância que faz parte de uma tribo de "exorcistas" por assim dizer, uma organização que tem como principal função manter a ordem na terra e controlar o reino dos demônios. Ele foi expulso do clã quando era criança por ter um poder muito forte que acabou desencadeando a morte de muitas pessoas na tentativa de salvá-las de um deus (uma entidade que tinha como objetivo subjugar os humanos e dominar uma poderosa espada demoníaca). Quando venceu, no processo, Basara matou muitos inocentes que queria, na verdade, proteger, assim seu pai Toujou Jin, foi embora do vilarejo com ele dando-lhe uma vida normal desvinculada do clã dos heróis, como é chamado.
Mas as coisas mudam quando Maria e Naruse Mio chegam na vida dele, sob o pretexto falso de que a mãe delas vai se casar com Jin, elas vão para a casa deles e ainda nesta noite o pai de Basara decide ir para uma inesperada viagem ao exterior deixando-o sozinho com as suas irmãs. O que ele não esperava era que as duas mostrassem sua verdadeira identidade, Maria de succubus e Mio de princesa herdeira do reino demoníaco que, por sinal, está sendo perseguida pelo clã dos heróis e pelos poderosos reis demônios que desejam tirar seu poder.
Dessa forma, Basara passa a protegê-la tendo Maria como aliada e também Yuki e Nurumi, duas heroínas do seu antigo clã. Conforme vão avançando os perigos do poder interno de Basara aumentam assim como o poder de Mio que pode tornar-se incontrolável. Shinmao é um ecchi meio pesado, apenas pela parte de que a succubus, como devem conhecer, é uma entidade movida pela luxúria por aí você já tira. No anime, Basara e Mio fazem um contrato de mestre e servo que era para submeter ele ao controle dela, mas a coisa acaba saindo do controle e ele passa a ser mestre de Mio, o que gera uma maldição, sempre que ela pensa mal dele, ele tem que... hum... aliviá-la digamos assim. Assim como acontece com as outras (incluindo Maria), rola uma masturbação coletiva (de Basara nelas) e, nos últimos episódios da segunda temporada, uma orgia subtendida. Apesar de não ser no estilo Yosuga no Sora, e, graças aos céus, nem no de Aki Sora, Shinmao Maou no Testament tem umas cenas bem interessantes então, para quem não curte animes mais quentes, não é uma boa opção. Peitos e gemidos a parte, o anime tem um plot muito bom, uma trilha sonora incrível e batalhas realmente dignas. Vale muito a pena assistir. Sem contar na comédia que também é muito boa. 
Os pontos negativos por parte dele são com relação a aceleração da história na segunda temporada. Ele basicamente deu uma freada busca na coisa e eu não gostei muito disso. Acabou meio que com um "final aberto" que eu detesto! Eu sei que é um ecchi de harém, mas ainda assim senti falta de um desenvolvimento melhor na relação de Basara e Mio que são o casal central apesar de tudo, e dava muita raiva quando eles iam perto e as outras interrompiam. Fora isso, o anime é realmente bem recomendado apesar da apelação sexual, típica do gênero. Recomendo!

Minha OP favorita (porque são 5 versões dessa música):

Nenhum comentário:

Postar um comentário