segunda-feira, 6 de junho de 2016

Dorama Mars - Versão Taiwanesa e Japonesa


Informações

Título Original: 戰神 (pyning: Zhan Shen)
Título de lançamento mundial: Mars
País de Origem: Taiwan
Gênero: Romance, Drama, Suspense, Ação
Ano de Lançamento: 2004
Episódios: 20
Nota: *****
Elenco: Vic Zhou, Barbie Hsu, Xiu Jie Kai, Megan Lai e An Jun Can

Sinopse: Qi Luo, uma garota muito tímida estuda artes na mesma faculdade de Chen Ling, um cara mulherengo e despreocupado. Eles se conhecem através de um desenho de Qi Luo que tocou Ling. A garota detesta estar perto de garotos, e foge de Ling o quanto pode, pois quando era mais nova foi abusada por um professor. Eles começam a se conhecer melhor, mas antes de aceitar o amor que cresce a cada dia, eles terão que superar seus fantasmas do passado. 

Ah, finalmente um dorama!! Eu demoro a resenhar porque demoro mesmo a terminar, normalmente assisto só nos fins de semana, raramente a noite durante a semana por causa dos livros (lidos e escritos). Mas agora, com a proximidade da formatura, provavelmente ficarei mais tranquila. Mas vamos ao que interessa, Mars foi meu primeiro drama Taiwanes, diga-se então, meu primeiro drama em Chinês, por que é o idioma dele. Eu já tinha tentado ver Fondant Garden, mas não consegui ir muito longe porque dublaram a voz do Park Jung Miin e me dava uma puta agonia, sem contar que eu achava o Chinês muito estranho, foi o mesmo quando eu saí do Japonês para o primeiro drama Coreano.
Então, Mars eu comecei a ver depois que assisti The Witness e comecei a me interessar por Chinês também, embora comparado ao Japonês é uma língua realmente difícil de aprender por ser de caráter tonal e pela diversidade fonética quase impossível de pegar, (sério, Q que se lê como TCH?) e pelas sinopses e indicações de quem entende do assunto, acabei dando uma chance para Mars e não me arrependi, eu não ficava empolgada assim com um drama desde The Moon That Embraces the Sun! Tanto que eu nem sei como começar o post de tanto que há para falar desse drama incrível! Vamos começar pelo enredo, então. Perdoem minha não habilidade com os nomes Chineses rsrs.
É uma onda quando ele encontra ela na escola e fica tentando falar! Ri demais!

Qi Luo (lê-se tchi lô) é uma jovem muito tímida que aparentemente tem medo de homens, ela não fala com ninguém, nunca olha as pessoas nos olhos e só expressa-se realmente na sua pintura, coisa pela qual tem um talento único. Enquanto que Ling, nosso protagonista, é um mulherengo e o maior ídolo da escola, ele é meio que Usui Takumi, bom em basicamente tudo que faz embora ao contrário de Usui (que era quase assustador), ele não é perfeito. Os dois se conhecem no começo do drama quando Ling vai pedir uma informação a Qi Luo e ela, desesperada com a proximidade dele, acaba desenhando um mapa atrás de um dos seus esboços e sai correndo após entregar. Ling fica encantado com o desenho e muito curioso com relação àquela menina fechada que tem medo de ser tocada e nunca fala com ninguém.
Ele decide procurar informações sobre ela com Da Ye, seu melhor amigo, e ao descobrir que ela tem medo de homens passa a ficar ainda mais interessado nela. Ling então se aproxima de Qi Luo que, apesar de não lhe dar muita abertura, parece não ficar muito intimidada na sua presença, mas a proximidade dos dois desperta a ira de Qing Mei, um dos ex-casos de Ling que ainda é apaixonada por ele e não consegue aceitar que Qi Luo esteja recebendo a atenção dele daquela forma. Ela começa então a tentar intimidar Qi Luo fazendo-lhe ameaças e até mesmo a deixá-la quase sem roupa no lugar mais frio da escola, mas todas as tentativas de afastar a tímida garota de Ling só fazem aproximá-lo ainda mais dela. Ele começa a desenvolver um desejo quase cego de protegê-la.
Inicialmente, é difícil entender (mas não suspeitar) o que aconteceu com Qi Luo, embora eu tenha descoberto bem de cara, Ling passa a ficar em volta dela e descobre que ela está sendo assediada pelo professor de inglês, enojado e furioso ele ameaça o homem que tenta matá-lo cortando os freios da sua moto, mas Ling é muito mais esperto e ao ameaça-lo novamente, desta vez de morte, o professor acaba se demitindo. A proximidade dos dois depois disso aumenta e Qi Luo passa a ver Ling de outra forma, conseguindo agir quase naturalmente com ele, mas ainda que seus sentimentos vacilem, ele não se sente livre para gostar dela por causa de Da Ye que é apaixonado por ela desde sempre. Ling então tenta juntar os dois, mas a tentativa se mostra falha quando fica claro para Da Ye que Qi Luo está apaixonada por Ling, fato que acontece quando Qing Mei tenta quebrar a mão de Qi Luo com uma pedra.
Com a convivência, Qi Luo vai descobrindo sobre o passado trágico de Ling, os problemas com o pai, o conturbado relacionamento com o irmão gêmeo e a culpa que carregava pela morte dele. Aos poucos, Qi Luo vai auxiliando Ling a enfrentar os seus fantasmas do passado, fazendo-o encarar a verdade e a si mesmo, e até as lembranças bloqueadas pela mente dele retornam por causa dela, cada vez mais, Ling se vê envolvido com ela, um sentimento que até então ele nunca antes sentiu.
E quando tudo parece estar bem, eis que surge Jiao Zi, diretamente das profundezas do inferno que Ling chama de passado e que Qi Luo vai conhecer como presente, mas nada do que ela faça é capaz de separar nosso casal lindo que se mostra cada vez mais forte e mais unido que nunca. Não bastasse isso, o passado de Qi Luo começa a vir a tona e Ling vai ter que repensar seus ideais e sua força se quiser realmente protegê-la e ter um final feliz.
Eu não vou contar mais, embora eu esteja com os dedinhos coçando pra isso, porque senão vai acabar saindo spoiler e vocês não querem isso, né? Inicialmente, Mars parece ser aquele dorama típico playboy e garota boazinha, mas vai muito mais longe que isso, trazendo temas polêmicos (demais!), reflexões filosóficas até e mexe com uma realidade meio diferente do que a gente costuma ver em dramas, o que é bem legal. O entrosamento do Vic com a Barbie foi incrível, shippei bonito os dois e fiquei muito feliz quando eles finalmente ficaram juntos (isso não é spoiler, é meio óbvio né?). A única queixa que eu tenho do drama é que nos últimos episódios, diz-se 19 e 20, as coisas aconteceram rápido demais e isso meio que quebrou o clima da história, ainda assim, foi um final fofo.

CENAS MARCANTES
Um dos pontos mais fortes de Mars, na minha opinião, foram essas cenas, pode ter spoiler nas legendas, então não leiam.
Os beijos de Ling e Qi Luo são realmente dignos, se todos os TW dramas forem assim, virarei adepta e.e
Nessa cena, Ling já começa a suspeitar que há algo errado com Qi Luo porque ela não quer "avançar" na relação. Foi tensa e ao mesmo tempo meio cômica.
Se antes era uma suspeita, nessa virou confirmação e, sério, a beleza dessa cena apesar de tudo é inegável! Sem comentários para esses beijos divinos! 
Digamos que Ling não escolheu o melhor jeito de confirmar suas suspeitas...
... e apesar de partir o coração, essa cena também foi belíssima, um show de atuação.
Mars foi o primeiro dorama que eu vi que foi "longe" o bastante e isso foi uma coisa muito boa! A cena ficou linda demais e arrancou suspirinhos!
Mars também tem uma dose de comédia, e eu curti muito isso, Qi Luo consegue ser engraçada quando quer, preciso descrever essa cena, porque foi uma das que mais gostei:
- Terminar em um lugar como esse seria uma pena. - Diz Qi Luo.
- Por quê? - Pergunta Ling.
- Por que vou ter que pegar mais de um ônibus para voltar pra casa.
(...)
- Eu havia deixado minha chave cair e você me ajudou. - Conta Qi Luo.
- Espera, eu não flertei com você não é?
- Não, o que você me disse foi 'Me empresta algum dinheiro'.
- Ah, não acredito! - Ling ri.
- Sim, e eu te emprestei 1000 yan. (+/- 30,00)
- Deixa eu adivinhar, eu nunca te devolvi! - Riu.
Velho, eu ri demais e morri de amores nessa mesma cena.

Personagens Principais
Han Qi Luo é a nossa heroína, uma menina tímida que tem um trauma profundo no passado, ela não consegue se aproximar de ninguém, especialmente os meninos. Apaixona-se por Ling apesar de todas as dificuldades e, graças a esse amor, sua vida vai correr um grande perigo.

Chen Ling é o nosso Marte, o deus da guerra. Com uma personalidade forte, um carisma único e um que de misterioso, Ling arranca suspiros por onde quer que passe. É muito protetor e forte, torna seus problemas um escudo e até conhecer Qi Luo nunca havia se permitido apaixonar.

Da Ye é o melhor amigo de Ling, tímido, inteligente, meigo e tranquilo ele é apaixonado por Qi Luo desde o colegial. Apesar de não ser corajoso o suficiente para se aproximar dela ou protegê-la. Para nossa alegria no drama, a friendzone dele dura pouco, já que ele acaba apaixonado pela Qing Mei.
Qing Mei se torna a melhor amiga de Qi Luo, mesmo apesar de odiá-la no começo acaba percebendo que Ling realmente se apaixonou por ela e por gostar dele começa a apoiá-la. Da Ye dá uma forcinha nisso. É geniosa, intensa e protetora.
Tong Dao apesar de eu não tê-lo citado na resenha, propositadamente, posso adiantar que Tong Dao é o antagonista principal de Mars, ele atormenta Ling e Qi Luo o drama todo! É totalmente psicopata e qualquer coisa que eu possa dizer dele será um spoiler.

Onde encontrar: Why Why Dramas Fansub (necessário cadastro no site)


Informações:
Título Original: MARS~ただ, 君を愛してる~ 
(Mars, tada kimi wo aishiteru)
Título Mundial: Mars, but I love you
País de Origem: Japão
Gênero: Romance, Drama
Ano de Lançamento: 2016
Episódios: 10 + filme
Nota: ****
Elenco: Taisuke Fujigaya, Masataka Kubota, Marie Iitoyo e Hirona Yamazaki

E eis que esse ano somos presenteados com o remake Japonês de Mars, mas ao contrário de sua versão original, essa foi condensada em dez episódios e terá seu desfecho em um filme lançado dia 18 deste mês. Então, vocês podem imaginar a minha ansiedade com isso.
Na trama japonesa, assim como na taiwanesa, Asou Kira é uma jovem artista que estuda em um colégio (e não na faculdade) onde Kashino Rei é o school idol. É a partir daí que começam as diferenças, a personalidade de ambos os personagens sofreu variação do original para o remake, na versão japonesa Kira é um pouco mais ativa, fala mais, tem uma personalidade mais aberta. Rei, apesar de parecer muito com Ling, é um pouco menos agressivo (impressão minha) e tem um temperamento mais suave. 
Outra diferença gritante é no que concerne a Tong Dao que na versão japonesa tomou o lugar de Kirishima Makyo, um garoto recém saído de um hospital psiquiátrico que era melhor amigo de Sei, o irmão gêmeo de Rei, que, por sinal, não se parece em nada com ele nessa versão. Confesso que eu fiquei bizarramente chocada com essa mudança brusca de roteiro, na versão japonesa ele me assustou bem mais que na original! Sem contar que tem aquela pegada meio yaoi nessa versão, muito bizarro. 
Na versão japonesa a história não é tão bem desenvolvida quanto a Taiwanesa, senti falta de muitos detalhes e cenas que, mesmo sabendo que ainda há o filme, não acredito que ele vá conseguir suprir, embora eu ainda esteja louca para ver. O drama cobre mais a parte de Rei, acredito que o filme resolverá o problema de Kira, que é creio eu o mesmo que de Qi Luo, ainda que possivelmente em uma situação diferente. A certeza é que Makyo é o antagonista principal, não rolou o melhor amigo de Rei, embora ele tenha um que não tem basicamente significancia na história e, mesmo que você ache que vai rolar um triângulo amoroso entre os três Makyo, Kira e Rei, os dois últimos episódios do dorama vão deixar você de queixo no chão.
No quesito beijos, a versão taiwanesa é superior de longe. Nesse remake você só vê aqueles selinhos de j-drama mesmo. Eu mantive opiniões bem distintas acerca das duas versões, mas continuo achando a original melhor, não apenas por ser original, mas por mostrar a história de maneira mais completa e com uma aura emocional única. O que resta agora é esperar pelo filme e ver se o desfecho vai ser melhor que o original ou pelo menos um pouco menos corrido.

Onde encontrar: Kingdom Funsub (Drama e filme. Necessário cadastro no site)

10 comentários:

  1. Acabei agorinha a versão japonesa, correndo pra ver a tw!!! *----*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A versão Taiwanesa é muito superior, Sandi. Pode ter certeza que você vai amar! Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Excluir
    2. Alguém poderia me informar onde posso assistir a versão Taiwanesa, estou louca atrás dessa versão, por favoor hahhaa <3

      Excluir
    3. oi, Sunny, respondi essa pergunta lá embaixo. Esse drama tem no Why why funsub completo pra download. ttp://whywhydramasfansub.com.br/viewtopic.php?f=8&t=32
      Obrigadinha pelo coment! Volte sempre <3

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi, Matheus! Eu não assisti ele online não, porque não consegui encontrar em nenhum lugar. Baixei ele todo no Foda-se os direitos autorais, mas não sei se ainda está disponível lá. Mas você acha ele completo no Why Why dramas para baixar. É só se registrar e comentar a postagem do dorama que os links são liberados!
      http://whywhydramasfansub.com.br/viewtopic.php?f=8&t=32

      Excluir
  3. Tô assistindo esse dorama nesse exato momento! Mas a versão japonesa, porque não sabia que tinha outra melhor! Esse drama não tem os atores maais tocantes, mas os assuntos que foram retratados foram muuito diferentes, realmente é algo que você não espera! Quero assistir a original, mas não tenho registro no WhyWhy u.u vou rezar pra achar num outro site, porque seu blog me animou demais kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriella (minha xará kkkk). Sim, a versão Taiwanesa é muito superior! Eu gostei principalmente por causa do plot que é bem singular e não está no script de todos os dramas rs. A interação do casal é muito melhor, tanto é que eles namoraram de verdade depois do drama. Pode assistir sem medo. O blog Foda-se os direitos autorais disponibilizou, só não sei se os links ainda tão válidos, mas dá uma olhada lá http://fodaseosdireitos.blogspot.com.br/2013/11/drama-mars-legendado.html
      recomendo fazer registro no Why Why se estiverem abertos, é muito bom lá! Obrigada pelo comentário e volte sempre!

      Excluir
  4. Acho que você não sabia, mas esses doramas foram inspirados no mangá de 1996 da Souryo Fuyumi. Pelo que li da sua resenha, tanto a versão tailandesa quanto a japonesa mudam alguns detalhes em relação à obra original. Você deveria procurar o mangá para ler também, já que você gostou tanto da história! Não acho que vai se arrepender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu fiz as pesquisas sobre o dorama vi essa informação em algumas páginas. Entretanto, na época eu não sabia ler mangá ainda. Comecei a ler esse ano com Kuzu no Honkai. Quando tiver um tempo vou dar uma procurada se não for muito grande. Obrigada pelo coment, volte sempre!

      Excluir