domingo, 19 de maio de 2019

[Filme] Anesthesia | Sensei Kunshu | Anoko no Toriko

Ano: 2015
Direção  e Roteiro: Tim Blake Nelson
Gêneros: Drama, Suspense, Filosofia
Elenco: Corey Stoll
Glenn Close
Gretchen Mol
Kristen Stewart
Sam Waterston

Sinopse: Walter Zarrow (Sam Waterston) é um amado professor de filosofia. Após seu filho revelar uma temível notícia, ele decide que é hora de aposentar-se e passar mais tempo com sua esposa. O que ele não sabe, é que sua aposentadoria afetará diversas pessoas ao seu redor: uma estudante problemática, um marido infiel e um homem lutando contra o vício das drogas. 

Eu assisti AQUI
Eu quis assistir Anesthesia depois de ver essa cena no Youtube aleatoriamente enquanto navegava. Gente, não há como exprimir o quanto me identifiquei com essa personagem e seu pensamento acerca do mundo e da sociedade. Procurando o filme para ver, demorei até encontrar um legendado, é um filme curto (1h 30min) e, basicamente, fala sobre pessoas que tentam encontrar um sentido em existir nessa terra numa sociedade cada vez mais robotizada e desumanizada.
Um professor de filosofia chamado Walter tomou a decisão de se aposentar, ele tem um casamento sólido com sua esposa, Marcia, a quem ama incondicionalmente e seu filho está passando por um problema com a própria esposa que pode ter câncer. Os netos dele, enquanto isso, estão tentando se descobrir enquanto experimentam drogas, debatem a relação familiar e desvendam as relações sexuais em busca de um propósito além da satisfação. Uma das orientandas de Walter, Sophie, passa por problemas de socialização e aceitação, ela usa um modelador de cabelo para queimar o próprio corpo em busca de uma fuga da sua realidade, sentindo-se cansada da sociedade mecanizada e vazia que a cerca e odiando-se por sua incapacidade de mesclar-se a ela. Paralelo a isso acompanhamos uma mulher e suas duas filhas na esperada do marido voltar para casa, ela tem problemas com álcool que causa raiva na filha mais velha, pois sabe que a mãe se embebeda porque o pai não está em casa, o marido dela, Sam, está com a amante na mesma cidade e mentiu estar na China, mesmo sabendo que a esposa já passou uma temporada em Pequim. Jeoffrey está na luta para salvar seu melhor amigo Joe do vício em drogas, mas este se recusa a deixar a vida vazia que leva. 
Pessoas tentando entender a razão da existência, buscando um motivo para continuar vivos e sobreviver num mundo que se torna cada dia mais sombrio e vazio cheio de gente sem empatia conversando com telas presas na sua ilusão de interação e pseudo-existência. Um retrato das angústias que afligem a maioria das pessoas no mundo moderno, filme sensível e maravilhoso. O final, então, toda aquela metáfora de finalmente "não sentir nada" foi espetacular. Diálogos inteligentes e bem articulados, personagens vívidos que representam a sociedade deprimida na qual vivemos, simplesmente fantástico. Mais que recomendo pra todo mundo, vale muito a pena!
Título Original: センセイ君主
Direção: Sho Tsukikawa
Roteiro: Erika Yoshida
Ano: 2018
Gênero: Comédia, Escolar, Romance
Elenco: Ryoma Takeuchi
Minami Hamabe
Taiki Sato
Rina Kawaei
Baseado na série de mangá de Momoko Koda
Onde achar: Mahal Dramas Fansub
Sinopse: Ayuha Samarun (Minami Hamabe) é uma estudante do ensino médio. Ela é constantemente rejeitada pelas pessoas por quem declara seu amor. Um dia, ela tem problemas em um restaurante. Um homem no restaurante, Yoshitaka Hiromitsu (Ryoma Takeuchi), ajuda ela com seu problema. No dia seguinte, ela descobre que Yoshitaka Hiromitsu vai ser seu professor de matemática na sua escola e na sua sala de aula. Samarun agora acredita que Yoshitaka Hiromitsu é sua alma gêmea. Ela acaba se apaixonando loucamente pelo professor e vai fazer de tudo para conquistar o seu coração.
Esse filme tem a mesma pegada de Sensei, já resenhado por aqui, mas o foco aqui não é o drama, Sensei Kunshu é mais focado na comédia. Aqui acompanhamos Samarun, uma colegial que está em uma busca muito desesperada para encontraro primeiro amor. Ela quer um namorado mais do que tudo porque é a única que ainda não viveu as emoções de um encontro. Quando recebe seu oitavo fora, ela acaba indo afogar as mágoas como costuma fazer: comendo montes de comida. Acontece que nesse dia ela come demais e descobre que nao tem dinheiro para pagar, então um jovem adianta-se e paga a comida dela junto da sua. 
Esse jovem é Hiromitsu, um brilhante matemático que, no dia seguinte, aparece como professor responsável pela turma de Sumarun. Logo no início ela coloca na cabeça que ele é seu homem ideal, até conhecer a personalidade fria dele.  Então, inicia-se um jogo de determinação para tirar dele a última palavra, até que ela perceba que está apaixonada por seu professor. Logicamente ele a recusa, mas incapaz de desistir Samarun o desafia dizendo que vai fazer com que ele se apaixone por ela. De espírito otimista e sempre com astral alto, essa guerra pelo coração do professor vai ser disputada por Kotake, melhor amigo apaixonado secretamente por Sumarun e Shuka, a amiga de infância de Hiromitsu que está determinada a levá-lo de volta para a França.

O filme é muito engraçado e perfeito para quem procura um programa mais leve, é bem estilo aqueles filmes bobinhos como Heroine Shikkaku, mas não tem como não se apaixonar, gente, é muito fofo. A Minami Hanabe entrega uma Sumarun sonhadora e hilária com caras e bocas que evocam tanto a Kotoko de Itazura na Kiss quanto a própria Heroine Shikkaku (que eu esqueci o nome agora), mas ela vai além nos trazendo uma comédia mais "limpa" sem muito exagero o que deixa a coisa mais natural. Ryoma Takeuchi que eu não conhecia, consegue fazer um bom papel no professor meio "perdido" entre ir atrás do que abandonou e abraçar a carreira que assumiu. Uma excelente escolha para quem quer dar boas risadas e curtir um bom colegial.



Original: あのコの、トリコ。
Direção:  Ryo Miyawaki
Roteiro: Taeko Asano
Ano: 2018
Gênero: Romance
Elenco: Ryo Yoshizawa  Suzuki Yori
Sugino Yosuke  Tojo Subaru
Yuko Araki (I)  Tachibana Shizuku
Ohata Shieri  Saki
Baseado no mangá "Anoko no Toriko" de Shiraishi Yuki.
Onde achar: Movie Asian Fansub

Sinopse: Três amigos de infância fazem uma promessa: se tornarem estrelas quando crescerem. Separados, cada um segui o seu caminho. Agora, Suzuki Yori é apenas um estudante do ensino médio que usa óculos. Ele decide perseguir seu sonho e ainda nutre sentimentos pela sua amiga Tachibana Shizuku, que se tornou uma modelo. Já Tojo Subaru é um popular ator que também gosta de Shizuku. Os três acaba se reencontrando na escola.

O sonho de Shizuko sempre foi ser uma atriz famosa. E o sonho de Yori era igualmente ser ator, mas antes ele queria falar em um volume que as outras pessoas entendessem, mas, sobretudo, ver Shizuko feliz. A terceira parcela dessa soma era Subaru, o garoto bonito que tinha certeza não apenas que seria ator, mas que teria sucesso.

Conforme crescem, cada um segue seu próprio caminho, Subaru se torna um idol, Shizuko continua perseguindo seu sonho através da carreira de modelo e Yori esqueceu completamente seu sonho, focando apenas em sobreviver até o dia que vê sua melhor amiga em uma revista e decide ir atrás dela para se provar e ficar perto dela novamente. Quando o agende de Shizuko se demite, ela indica Yori como seu novo agente e vendo nisso a oportunidade de estar ao lado dela ele aceita.

A partir daí ele passa a dar tudo de si para que ela consiga alcançar seu sonho de se tornar uma atriz, coisa que acaba lhe revelando igualmente como ator, mas quando Subaru aparece de repente disposto a tirá-la dele, Yori vai precisar de mais que coragem para assumir seu sonho e não perder aquela que ama.

Se houve algo que não gostei nesse filme foi a falta de atitude da Shizuko, os dois caras estão lá, decidindo com quem ela vai ficar e ela não faz nada. Deixa eles falarem por ela como se não tivesse qualquer escolha, isso me irritou pra caramba, o modo como ela era passiva a maior parte do tempo quando o assunto era seu coração. Juro, houve momentos que eu queria dar na cara dela. Ryo Yoshizawa (Marmalade Boy, Bleach) é um ator maravilhoso, entrega para nós um Yori em busca da sua confiança que é doce e faz tudo ao seu alcance pela mulher que ama, acreditando nela acima de qualquer coisa. 

Deixo aberto para vocês tirarem suas conclusões, particularmente esperava um pouco mais.




Nenhum comentário:

Postar um comentário