domingo, 11 de janeiro de 2015

Laços do Espírito - Academia de Vampiros #5 Richelle Mead

Informações:

Título Original: Spirit Bound
Título no Brasil: Laços do Espírito
Série: Academia de Vampiros #5
Autor: Richelle Mead
Gênero: Fantasia, Romance, Ficção
Ano de Lançamento (Original): 18 de Maio de 2010
Ano de Lançamento (No Brasil): 27 de Janeiro de 2012
País de Origem: EUA
Editoras: Contraponto (Portugal)
                  Razorbill (EUA)
                  Agir (Brasil)

Sinopse: Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera?

Enredo: Depois de quase ter sido morta por Dimitri, Rose conseguiu voltar a escola e, ainda mais, foi aceita de volta às aulas e estava prestes a se formar oficialmente guardiã. Dimitri, como era esperado, não parou de persegui-la e agora estava disposto não somente a encontrá-la, como determinado a matá-la também, Mas Rose também estava determinada. Queria descobrir qual a maneira de trazer um strigoi de volta à vida e, mais uma vez, ela coloca a vida e o futuro de seus amigos em risco graças a sua obsessão sem limites. Assim, Ela, Lissa e Ed viajaram até o Canadá para invadir a prisão de segurança máxima Tarasov e libertar Victor Dashkov, na tentativa de encontrar o irmão dele, Robert Doru que supostamente trouxera um strigoi de volta ao seu estado anterior. Mas a solução não se mostra tão fácil quando Dimitri os ataca e Rose fica entre deixá-lo viver mais um pouco e buscar a cura ou cumprir a promessa que fizera a si mesma caso se encontrassem de novo e matá-lo. (Adivinhem só?). Por mais surpreendente que pareça, elas conseguem retornar a escola inteiras e Rose é afastada de Lissa e sofre as punições rígidas dos guardiões, mas quando a vida de Lissa corre perigo ao ser sequestrada por Dimitri, algo incrível acontece, Rose fica á frente das linhas de resgate e se vê na missão decisiva de matar Dimitri de uma vez quando Lissa o transforma novamente em dampiro. O choque não traz boas coisas, todos ficam apreensivos sobre a verdadeira natureza de Dimitri e o trancam em uma cela, as decisões na corte estão em polvorosa e segredos sobre a familia de Lissa assim como o futuro de Rose estão prestes a mudar quando a Rainha Tatiana é misteriosamente assassinada e Rose presa como a responsável.

O que eu achei: Laços do Espírito, como os outros, segue o mesmo padrão, só somos acrescidos de situações novas e descobertas novas. As coisas com Dimitri não saem bem como a gente espera e as atitudes de Rose se tornam mais e mais insuportáveis e maçantes, ao ponto de, no fim da saga, a gente começar a sentir raiva dela. Uma coisa que eu nunca achei que seria possível quando comecei a ler a saga. O cerco finalmente se fechou e a gente fica meio embasbacado com os acontecimentos e revelações, É tudo muito rápido e brusco, e não tenho ideia de quem pode estar por trás disso. O livro em si é como os outros, incrível. 

O próximo livro, O Último Sacrifício, provavelmente demore um pouco a ser lido, o que vai me custar uma semana toda para terminar provavelmente por ser o maior deles... E isso limita para 5 a miinha leitura de Janeiro, o que não é nada bom... Mas vamos ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário