domingo, 31 de janeiro de 2016

Extraordinário - R.J.Palacio

Informações:

Título Original: Wonder
Autor: Raquel J. Palacio
País de Origem: EUA
Lançamento: 2012
Gênero: Superação, comédia, familiar, bullying
Páginas: 207


Sinopse: O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

O que eu achei: Gente, esse livro é muito fofo! Eu não chorei propriamente com ele, mas me tocou muito algumas partes. Minha irmã comprou esse ano e eu só me interessei de fato a ler depois da resenha do Bruno do Minha Estante, sigo o vlog dele e curto muito os vídeos que ele posta, ainda estou atrás de Projeto Rose que ele resenhou e me chamou muito a atenção. 
Mas voltando ao livro, Extraordinário conta a história de Auggie, um garotinho de dez anos que nasceu com uma sindrome rara que causou uma anomalia na sua face que é disforme, ele cresceu passando por diversas cirurgias, ele mora com os pais e a irma, Olivia, a quem chamam de Via (muito original, por sinal!), o livro inicia com um debate entre Auggie e os pais sobre a possibilidade de ele ir à escola próxima à sua casa, o menino se recusa terminantemente já tendo uma ideia do que vai acontecer caso vá lá, ele tem medo do que as outras crianças podem fazer com ele, mas a mãe acaba convencendo-o a fazer uma visita antes de as aulas começarem e ele aceita. Na visita ele conhece Jack, Julian e Charlotte, três alunos que estarão na mesma classe que ele durante o ano, de cara ele gosta de Jack e Charlotte, mas nota que Julian é um garoto cruel. Auggie é muito inteligente apesar do que pensam e foi aceito na escola pelo seu desempenho brilhante no teste de admissão que ele fez sem saber.
Por fim, ele decide ir à escola e já nota de cara a apreensão dos alunos com relação à sua aparência, apesar de saber o que falam ou pensam ao seu respeito o garoto garante que já está acostumado àquilo, e quase nos convence disso com o passar das páginas, mas no fundo nós sabemos que aquilo o magoa um pouco, ele é tratado como uma aberração e chegam até a praticar bullying indireto com ele na escola, mas mesmo assim ele não se deixa abater e por mais magoado que esteja ele se mantem firme e não denuncia seus algozes. Sempre gentil e cordial, Auggie só quer ser visto como o que ele é: um garoto normal. Assim ele conhece Summer, uma garota linda que sentou com ele no almoço só porque quis conhecê-lo melhor, os dois se tornam amigos imediatamente e Auggie passa a confiar nela com o passar do tempo, o livro dela é um dos mais fofos.
Extraordinário é dividido em partes, temos um vislumbre de Via contando como é a vida com Auggie e como ela se sente a respeito do irmão, na fase adolescente, apesar de amá-lo profundamente as transições tem sido difíceis para ela e em determinado momento magoar o pequeno Auggie acaba acontecendo inevitavelmente. Conhecemos um pouco mais de Jack e de quando ele foi pedido para ser amigo de Auggie, sua relação com ele e os verdadeiros sentimentos dele pelo menino. Justin é o namorado de Via, o livro dele é o pior de ler, dá muita agonia, ele é um cara legal, mas a parte dele não tem diálogos separados, letras maiúsculas são inexistentes e a pontuação é péssima, enfim, me deu muita agonia de ler. Temos também o capítulo da Miranda e da Summer, podemos ver como Auggie mudou a vida deles cada um ao seu modo e é realmente muito fofo e tocante descobrir isso.
Quando lemos extraordinário somos levados a pensar sobre não apenas estética, mas sobre gentileza, lealdade, compreensão, amizade e sobre coragem, coisas que parecem cada dia mais esquecidas na sociedade em que vivemos, acompanhar o crescimento de Auggie e das pessoas ao seu redor é algo realmente bonito de ver e nos emociona, o livro tem ensinamentos muito profundos e é uma história não apenas de superação e aceitação, mas sobre o que é realmente importante na vida. Valeu muito a pena ler Extraordinário! Eu recomendo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário