sábado, 12 de maio de 2018

[Dorama] Blood (QUE PORRA DE FINAL FOI ESSE?!) Spoiler alert! TEM SPOILER, AVISEI!

Titulo: 블러드 / Beulleodeu
Gênero: Médico, fantasia, romance
Episódios: 20
Ano: 2015
Criador: Park Jae-bum
Direção: Ki Min-soo, Lee Jae-hoon
País: Coréia do Sul
Elenco: Ahn Jae Hyun como Park Ji Sang
Koo Hye Sun como Yoo Ri Ta
Jung Hae-in como Joo Hyun-woo
Ji Jin Hee como Lee Jae Wook

Sinopse: Park Ji Sang ( Ahn Jae Hyun ) é um médico especializado em cirurgia "hepato-pancreo-biliar" no melhor hospital de pesquisas de câncer no país. Ele também é um vampiro. Apesar de parecer frio e insensível, Ji Sang tem um coração suave e uma dor interior, pois anseia pela proximidade com os humanos. Ele acredita fortemente na santidade da vida humana, e suprime a sua sede de sangue para tratar pacientes com doenças terminais e salvar vidas. 

Entre seus colegas, Yoo Ri Ta ( Koo Hye Sun ), uma médica que entrou na faculdade com 17 anos e é também sobrinha do presidente do grupo Chaebol que é dono do hospital. Ri Ta é altamente capaz, mas altiva e orgulhosa, Ji Sang se apaixona por ela. 

Ele também é atraído para um conflito entre o bem e o mal quando encontra Lee Jae Wook ( Ji Jin Hee ), um chefe do hospital, duas caras, que ganha a confiança de todos com o seu comportamento gentil, mas interiormente abriga uma ambição perigosa pelo poder e um talento para crueldade.


Só passei aqui para desabafar minha frustração com essas 20 horas perdidas da minha vida. Obrigada.

Quando comecei a assistir Blood eu tinha dois intuitos: o primeiro era tirar a péssima impressão que eu tinha com a atriz Koo Hye Sun do Boys Over Flowers, sério, eu queria ver se ela era uma boa atriz num papel ruim ou se eu só não ia com a cara dela mesmo. Segundo eu queria ver o drama em que ela conheceu o marido dela. O primeiro intuito foi alcançado, ela é uma boa atriz que teve um papel ruim. O segundo intuito também, eles tiveram uma química boa no dorama. 

Logo no primeiro capítulo somos tragados pela mitologia coreana dos vampiros que eu acho muito interessante, eles tem uma própria lenda sobre esses seres com particularidades que outros vampiros não têm, sem contar nas maravilhosas sequências de ação logo de cara que nos deixam mais que empolgados para descobrir mais a respeito do médico vampiro que, por mais irônico que pareça, não é de um todo estranho desde o Dr. Carlisle.

A trama gira em torno de Park Ji Sang, um médico mundialmente conhecido e o melhor em cirurgia "hepato-pancreo-biliar" (e não me perguntem mesmo o que é isso), o drama conta a atual situação dele, um médico militar trabalhando na Kochenia que é um país fictício e mostra em seguida um flashback do que houve com seus pais e sua vida reclusa com a mãe até o assassinato dela. Desde então, Ji Sang se une a um inteligentíssimo médico e bioquímico chamado Joo Hyun-woo que se torna seu parceiro na busca pelo soro que será capaz de torná-lo humano finalmente. Em uma de suas andanças após um incidente, na adolescência, Ji Sang encontra uma garotinha perdida e ferida prestes a ser devorada por cachorros selvagens. Ele salva a garota e vai embora.

Enquanto busca por pistas para não apenas sua origem, mas para os assassinos dos seus pais, ele é direcionado para a Coréia do Sul e parte para lá sendo contratado pelo Taemin um dos maiores hospitais do país. Lá ele conhece a doutora Yoo Ri Ta, uma mulher arrogante e geniosa, sobrinha do diretor do hospital, logo de cara os dois não se dão bem, a postura de Ji Sang é fria e imparcial enquanto não apenas a doutora Yoo, mas os demais, são empáticos com os pacientes. O diretor recém chegado, Lee Jae Wook, também é um desafeto, não apenas por parte da doutora, mas do próprio Ji Sang que começa a desconfiar da sua "gentileza".

Conforme a convivência dos dois no hospital vai se dando, segredos vão vindo à tona como a verdadeira identidade de Ri Ta e, sobretudo o segredo de que Ji Sang não é humano como todos pensam e ela é uma das primeiras a desconfiar disso. As coisas passam a se complicar ainda mais quando o remédio que Ji Sang toma para controlar sua sede de sangue para de fazer efeito e sua lista de cirurgias está cada vez mais longa. Além disso, o assassino dos seus pais estão colocando todos à sua volta em risco, como ele conseguirá salvar a si mesmo e seus pacientes de um monstro que é igual a si mesmo?

Depois do primeiro capítulo a coisa começa a desandar um pouco, começando não só pelo presidente do hospital, o tio de Ri Ta, mas o diretor FDP que a gente sabe de cara que não presta. Nesse caso em específico, os vampiros de Blood são infectados com um vírus contagioso pelo contato do sangue deles com o de um humano normal. O drama é mais uma guerra científica que qualquer outra coisa, apesar de parecer, eles não parecem ser super velocidade ou super força como estamos acostumados, mas apenas são uma versão melhorada do ser humano fisicamente falando.  A coisa é que, apesar de ambos serem inteligentes o bastante, a guerrinha de gato e rato de Ji Sang com Jae Wook é cansativa e frustrante de acompanhar, enquanto o primeiro tenta seguir o caminho moralmente aceito o segundo atira para todos os lados pouco se lixando com as consequências e dá raiva ver que muitas vezes o Ji Sang simplesmente se deixa levar por ele.

O nível de burrice que o protagonista chega em algumas situações é desesperador e frustrante como aconteceu no episódio da morte do Hyun Woo que, vou dizer, eu fiquei com tanta raiva que mal consigo colocar em palavras! Gente, que é isso? Até que o dorama tem seus pontos positivos como as discussões muito válidas que ele levanta a respeito da luta ciência x religião, das convicções do que é viver e do modo como lidamos com a morte. Além de fazer uma reflexão sobre a natureza do ser humano em si, coisa que já vimos em outras obras, mas que é sempre uma reflexão muito válida. Porém, tudo isso se perde com a montanha de acontecimentos catastróficos que se sucedem e colocam ladeira a baixo qualquer esperança de um final descente para a história.

E aí nós chegamos ao final. Ah, amiguinhos, eu tava tão furiosa com o final dessa bagaça que nem consegui expressar minha raiva, só fiquei quieta com dor de cabeça! O Hyun Woo finalmente descobriu uma maneira de salvar todos os pacientes que foram cobaias do infame do Jae Wook, okay, a gente já tinha uma ideia mais ou menos nessa altura de que o motivo de ele ter ficado todo melancólico daquele jeito era porque o Ji Sang ia ter que morrer para isso acontecer, aí o diretor é desmascarado e resolve tocar o terror, o último episódio já vai quase na metade e você está com a raiva causando uma úlcera no estômago a essa altura, então o Ji Sang morre, simplesmente. Certo, até aí nada do que a gente não tivesse previsto. Não conta o que acontece com os pacientes e nem mostra se o diretor fdp morreu tudo fica subtendido e, bem na última cena, o Ji Sang ressurge dos mortos sem qualquer explicação. NADA. De onde ele veio? COMO? POR QUÊ?

Além de ficar cheio de furos, esse final foi muita sacanagem. Não adianta dizer que ele era uma espécie única e uma mutação do vírus, pessoal, ele morreu, simples assim. Se algo realmente mudou por que não mostraram pra gente como aconteceu? Foi mais ou menos como no final de Rooftop Prince, a diferença é que nesse último a gente pôde tirar uma conclusão lógica da coisa toda, Blood simplesmente joga as coisas na nossa cara e pede pra gente aceitar. Foi frustrante para dizer o mínimo. Não convence, não encaixa. Não satisfaz. Eu realmente odiei tanto quanto o final merda de Black Knight e Black.

24 comentários:

  1. Olá... acabei de assistir Blood e procurei uma explicação para "aquele" final e acabei encontrando seu blog... tambem fiquei de cara... a morte do Wyun Woo foi tipo... que mer** foi essa...
    Quando ele morre vendo o nascer do sol eu chorei pacas...
    Daí aparece a médica lá na Kochenia levando a bonequinha pra menina, quando ela foi atacada pelos outros vampiros achei que ela tinha se contaminado devido ao contado com o sangue do nosso vampirinho... e daí quem aparece para salvar a mocinha??? Quê??? Tô frustrada!
    Pelo episódio 10 eu dou nota 8!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Analu! Pois é, alguns roteiristas coreanos estão querendo dar uma de Lewis Carrol só que sem a genialidade. Não acreditei que desperdicei vinte horas do meu tempo com isso, juro. Ele teve a sorte de ganhar meu 7. Por isso que agora sempre pego spoiler do final pra ver se vale meu tempo.
      Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Excluir
  2. Final horrivel, pra n dizer coisa pior.. Tudo bem que falaram durante o ep q ele poderia viver sen coração.. MAS ele salvou todo mundo (n mostrou) melhorou e a NAMORADA dele n sabia? Ela descobre então quando do nda ele cai do céu e salva ela? que coisa nda a ver 😒

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Mari. Podríssimo. Tem vezes que parece que esses roteiristas coreanos fumam uma na hora de escrever, por que, né? Achei uma bela porcaria e fiquei furiosíssima nesse final.
      Obrigada pela visitinha ^^

      Excluir
  3. O cara podia viver até sem coração e morreu por levar uma estacada nele?????? Como assim? E o diretor, aplicaram o veneno e em vez de morrer ele envelheceu. Pensei que pudesse ser a vacina pra curar os infectados que foi feita de outra forma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Lógica mandou lembranças! Parece que faltou verba para o final do drama e improvisaram. Não curti, realmente. Nas super curti seu comentário! Obrigada pela visita!

      Excluir
  4. O que eu consegui entender do final foi q eles deixaram alternativo. Temos duas hipotese: o professor escuta o pedido dele é deixa ele morrer( a primeira cena) ou o professor escuta o pedido dela e salva ele ( no caso seria a cena em q ele salva ela dos vampiros) acho q a decisão fica por nossa conta, com isso podemos tirar a base pra como os paciente ficaram. E sobre o diretor da pra concluir q ele mlrreu pq no passado o amigo do prof a tinha comentando que caso ele conseguisse se transforma em humano ele morreria em no máximo dois dias, pois as células dele iria envelhecer de uma só vez. Foi a explicação mais logica que eu achei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até que faz sentido, mas ainda assim ficam muitas pontas soltas e, na boa, final aberto é uma droga, a gente não assiste pra imaginar, a gente quer ver. Pelo menos eu quero. Gosto dos redondinhos e bonitinhos que são a maior fofura. Ainda assim, obrigada pela luz no túnel e pela visitinha! :)

      Excluir
    2. talvez eles tenham até desistido de salvar os outros pacientes e por isso não mostrou, sei lá, é tudo muito louco e embaralhado... eu hein.

      Excluir
    3. Não me surpreenderia, mesmo assim odiei o final aberto. Não explicou nada e ficaram um monte de lacunas que poderiam ser explicadas. Acho que perdeu a audiência e eles terminaram às pressas, só pode.

      Excluir
    4. Eu tenho hipóteses parecidas, tenho pra mim que o diretor é colocado como o demônio e no próprio dorama fala isso e o Park Ji Sang como um anjo que salva a Chae Yeon,então qual seria o motivo dela ir sozinha pra Kochenia? E o Park Jin Sang não teria morrido com o golpe e sim pelo seu sangue decomposto para salvar os pacientes,o que pode ter dado errado por ainda existir infectados. Contudo Blood segundo meu ponto de vista traz a mensagem de que sempre haverá o mal mas também terá o bem pra combate-lo até nas falas dos personagens para o Lee "mesmo se você me matar teram outros..." e assim vai. Ou pode ser que Yoo Rita tenha morrido com o ataque dos "vampiros" e encontrado Park Jin Sang no outro mundo na cena final. E é isso.

      Excluir
    5. Tenho pra mim que colocaram o diretor Lee como o demônio e o Park Ji Sang como um anjo que salva a Chae Yeon, Se não por qual motivo ela iria sozinha pra Kochenia, e o Park Ji Sang não teria morrido pelo golpe mas por causa da decomposição do seu sangue pra tentar salvar os pacientes o que pode ter dado errado por ainda terem infectados e pra mim a mensagem de Blood é que sempre terá o mal mas terá o bem para combate-lo , e pode ser que a Yoo Rita tenha morrido e encontrado o Park Ji Sang no outro mundo na cena final essas são as minhas duas hipóteses.

      Excluir
  5. Mas lógico que eu ia parar aqui né?
    Acho que todas as pessoas do mundo que assistiram esse Kdrmaa foram pro google e digitaram "Kdrama blood que p**** de final foi esse" e chegaram aqui ahuhauha

    Sério ... sei nem comentar hauhauh
    Td bem que morri de vergonha alheia em alguns momentos pela soronguice dos personagens aqui e ali, umas idiotices que podiam ter evitado, enfim ... quando acabou não acreditei .. achei que meu vídeo estava incompleto .. mas não ...

    Aff ...

    Lado bom: ter descoberto seu blog
    Tô fuçando em tudo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pior que há quem goste, que fazer né?

      Fiquei como você, tanta coisa podia ter sido melhor. Vontade de viajar pra Coréia e trocar ideia com os roteiristas por que, né? kkkkkk não fosse as meninas do fansub pelo qual assisti colocarem um lindo "é, o final foi esse" eu teria ido na net feito uma trouxa buscar explicações de falta de verba pra ter esse final mó merda. Te entendo, Lari!

      Super obrigada pela visitinha! Sinta-se em casa e volte quando quiser! Uma fofa você, prazer enorme tê-la no meu cantinho!

      Excluir
    2. Tenho um aplicativo que acompanha séries e fui correndo nos comentários e uma galera tava tipo "Meu kdrama favorito da vida" "melhor que existe" e bla bla bla ...
      Só tenho vontade de responder com aquele meme do John Travolta em todos hauhauhahhauhau (https://giphy.com/gifs/nba-20k1punZ5bpmM)

      Obrigada pelo atenção e carinho ... tô lendo os posts aos poucos!
      Beijo!

      Excluir
    3. É o Banco de Séries? Se for, me adiciona lá! Eu já vi esse tipo de comentários em dramas com finais piores, sempre vai ter alguém pra gostar né? kkkkkk vai entender! Mas super te entendo!

      Imagina, flor, eu que super te agradeço a visita e os doces comentários. Sinta-se em casa. Super beijão e muito obrigada :D

      Excluir
    4. Não conheço esse app ... vou baixar pra fuçar um pouco (a louca dos aplicativos hahaha). Eu uso o TV Time :)

      Então .. várias séries ruins galera ama de paixão (Mischievous Kiss, Boys Over Flowers, e por aí vai) .. bom né ... gosto pra tudo, faz parte.

      Beeijo :)

      Excluir
    5. Ele só não é mais legal porque demoram a vida pra por as séries asiáticas, aí uso o mydramalist pra controlar as que não tem lá. Não conhecia esse TV time, vou dar uma olhada.

      Olha, eu gosto de Itazura na Kiss, mas a versão original, a japonesa. Ainda vou ver as demais, só vi a coreana e nem consegui terminar porque era horrível! BOF eu também acho bem podre comparado a japonesa. E sim, há gosto pra tudo mesmo, por isso eu acho ótimo poder vir aqui e xingar bem muito kkkkkk
      super feliz de te conhecer, Lari, você é um amor! Obrigada pelos comentários!

      Excluir
    6. Experimente esse TV time .. nunca tive dificuldade em adicionar séries coreanas, pelo contrário, minha lista para assistir está imensa... e tem até uns japoneses no meio.

      Nunca vi nenhuma drama japonês .. tentei ver a versão original de Moonlovers mas não consegui ... o coreano é peeeeeeeeeeerfeito. Já viu??
      Amo de paixão: "Moonlovers - Scarlet Heart Ryeo" e "Goblin". Mas "Oh My venus" e "Weightlifting fairy Kim bok Joo" são queridinhas também viu!

      Já viu esses?

      Vou anotar esse que você falou :)

      Excluir
    7. KKKKKKKKKKK te entendo, amiga. A minha eu nem comento. Mas assisto de tudo um pouco, taiwanesa, chinesa, japonesa, coreana, tailandesa, ainda não me arrisquei nas indianas, mas até novela russa já me arrisquei a começar kkkk

      A versão original de Moon Lovers é chinesa, docinho. E eu já vi por indicação de uma amiga, inclusive, tem resenha das duas temporadas aqui. A versão Coreana eu não vi por razões de enredo, eles mudaram muita coisa da versão original e não me agradou, então optei por não ver. Um drama japonês que super indico já que você não tem costume de ver é The Memorandum of Kyoko Okitegami é muito legal e também Yamato Nadeshiko Shichi Henge, aqui no blog tem muita indicação de drama de todas essas nacionalidades que falei.

      De drama coreano histórico, meu favorito é The Moon That Embraces The Sun, perfeito. Goblin eu já assisti e fiquei putíssima com o final. Oh My Venus também amei e fiquei chateada com o final kkkk, esse Kim Bok Joo eu comecei a ver, mas acabei parando no segundo episódio, pessoal indica e tals, mas eu achei o protagonista tão idiota. Vou dar uma chance depois quando a minha paciência melhorar kkkkk

      Ah, veja essas versões japonesas sim, você vai amar! Milhões de vezes melhores que as coreanas.

      Excluir
    8. Essas listas só aumentam .. eu não qual cresce mais a de dramas ou livros ... tô perdida! uahauah

      Muuuuuito obrigada pelas indicações ... estão as duas anotadas aqui e assim que tiver oportunidade vou assistir e te falo. Vou procurar aqui no blog as resenhas que falou :)

      Aaah Kim Bok Joo a protagonista é idiota mesmo .. mas é bonitinho no geral sabe .. bem levinho. Dei umas risadas.
      Mas não vi muitos Kdramas para falar não ... uns 20 no máximo.

      E vou dar chance pro Moonlovers original sim! ;)

      Excluir
  6. Sim kkkkkk no meu caso as duas tão bem abarrotadas! Queria conseguir ficar uns três meses sem precisar dormir pra dar conta!

    Imagina! Espero mesmo que goste tanto quanto eu, são maravilhosos. Só clicar no marcador dorama que aparece acho. Vou ver se ajeito uma página para organizar as resenhas de dramas e livros pra facilitar.

    Vou dar uma chance a ele depois. Quem sabe, né? kkkk Eu vi uma boa quantidade, não tantos, mas uma boa. Tento variar sempre entre as nacionalidades.

    Olhe, mas dê a chance já sabendo o que te espera visse kkkkkkk negócio ali é brabo!

    ResponderExcluir
  7. Mano acabei de assistir,eu amei a a história até certo ponto,mas...PQP,na morte do Hyun woo eu já comecei a chorar, e não parei até o último capítulo,do nada de repente infectados aparecem e eu pensei " é Ri ta se fu*** " mas daí do nada também o Park aparece, eu fiquei muito frustrada e ainda estou chorando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não chorei não, acho que em momento nenhum. Em determinado ponto da história eu estava tão possessa que tava mais xingando que qualquer outra coisa kkkk. Um ótimo exemplo de drama com ideia muito boa e mal desenvolvida.

      Excluir