domingo, 20 de maio de 2018

[Música] BTS (방탄소년단) – LOVE YOURSELF 轉 'TEAR'

Lançamento: 18.05.2018
Track List:
01. Intro: Singularity (Ft. V (BTS))
02. FAKE LOVE *Title
03. 전하지 못한 진심 (The Truth Untold) (Ft. Steve Aoki)
04. 134340
05. 낙원 (Paradise)
06. Love Maze
07. Magic Shop
08. Airplane Pt. 2
09. Anpanman
10. So What
11. Outro: Tear

Quem apareceu com cd novo também foi o BTS, confesso que meu interesse pela banda diminuiu drasticamente desde o lançamento de DNA, o sentimento que eu tenho é que, desde que eles mudaram de "conceito" eles estão atirando para todos os lados em busca da nova identidade e a gente fica naquela oscilação entre redescobrir quem eles são e a saudade dos meninos "a prova de balas" de antes, cheios de energia e carisma. Agora, quando eu olho pra banda, eu só vejo jovens lutando para serem adultos e explorando uma sensualidade que já pertencia a eles naturalmente.

O Álbum Tear tem uma pegada parecida com o Wings, contudo pra mim faltou mais energia. O Wings era um album mais intimista de certa forma, cada música representava um membro e, ao mesmo tempo englobava todos eles, o que foi totalmente cortado com o lançamento de "her" que, quando ouvi pela primeira vez, quase tive a impressão de ser o Got7 em parceria com o Day6. Pra ser bem sincera, a última música que eles lançaram e me fez vibrar e viciar de verdade, excluindo Not Today, foi Come back home, nem mesmo Mic Drop me impactou tanto apesar de ter gostado muito da música.

A série Love Yourself, para mim, é uma versão inferior a série The Clan do Monsta X, enquanto esta última mostra a identidade da banda desde o seu debut, aquela primeira fica pairando no ar entre a busca de uma identidade nova e o resgate do cerne inicial da banda. O álbum é calmo demais, não senti energia, parece mais uma coisa um pouco vacilante entre o pop e o R&B flertando com o Soul e outros estilos (certo, eu não sou nenhuma especialista em música), mas não senti aquela energia de Not Today, de BST ou mesmo de We are Bulletproof, não consegui reconhecer o BTS nessa série, entende? Mas essa é uma opinião minha. Tanto essa banda como o EXO ha muito não estão nas prioridades das minhas playlists.


Nenhum comentário:

Postar um comentário