sábado, 3 de novembro de 2018

[Dorama] Hikari to tomo ni

Título Original: 光とともに... 〜自閉症児を抱えて〜 Hikari to Tomo ni... ~Jiheishou-ji wo kakaete~ Com a Luz - Abraçando o Autismo
Ano: 2004
Episódios: 11
Direção: Sato Toya, Sakuma Noriyoshi
Roteiro: Mizuhashi Fumie
Baseado no mangá de Keiko Tobe

Sinopse: Sachiko (Shinohara Ryoko) está casada há quatro anos e mal pode esperar pelo nascimento de seu primeiro filho, Hikaru. Porém, após o nascimento, Sachiko percebe algo de estranho no comportamento da criança e Hikaru é diagnosticado com autismo. Com a ajuda da professora Rio (Kobayashi Satomi), Sachiko irá aprender sobre a condição de seu filho ao mesmo tempo em que enfrenta as dificuldades que surgem pelo caminho.

Era pra eu ter feito esses posts há muito tempo, mas ando tão atolada de coisa para fazer que acabei procrastinando para dar atenção às outras coisas, sem contar que esse é o mês do nano, né? Aí já viu.

Eu tive o privilégio de ser a revisora das legendas desse drama. Não sei se já contei pra vocês, mas eu me candidatei como revisora do Banzai Dramas para ajudar uma amiga que é tradutora das legendas de lá. Esse foi o primeiro dorama que eu revisei e fiquei muito feliz mesmo porque a história é linda e fala sobre um tema muito interessante que é o autismo. Foi baseado num mangá de sucesso no Japão escrito por Keiko Tobe e vencedor de vários prêmios.

Conta sobre a história de Sachiko, uma jovem mulher que tem seu primeiro filho e descobre que a criança tem um autismo severo. Inicialmente, sem qualquer apoio do marido ou da família, ela é inclusive culpada pela doença do menino (o que é um absurdo, mas é verdade). Assim, o dorama desenvolve a luta dela não apenas para entender o distúrbio do filho, mas para garantir seus direitos. Para isso ela conta com a ajuda de Rio, uma professora de fundamental que conhece bem o trabalho com crianças portadoras de necessidades especiais.

Com ela, Sachiko aprende mais sobre o autismo de Hikaru e como lidar com ele. Além de lutar para que ele frequente uma escola comum junto com outras crianças. Porém, quando a professora Rio decide sair da escola, uma nova luta de emoções é travada para manter o desenvolvimento de Hikaru em progresso. O que Sachiko pode fazer para dissuadir a doce professora a ficar? Quem ficará no lugar dela?

Achei o drama muito bonito, cada capítulo que eu revisava ficava na torcida pelo Hikaru e percebia como era difícil lidar com um autista. A história ainda se desenrola em subtramas que envolvem uma vizinha do mesmo prédio de Sachiko que tem uma filha na mesma escola que Hikaru, cujo marido é intolerante e não liga para nada que não seja as notas excelentes que a filha tem que tirar. O professor Sakura que trabalha na mesma escola da professora Rio e tem uma queda séria por ela (que não lhe dá nenhuma bola porque tem problemas para se relacionar) e uma família com uma menina autista que não sabe lidar até conhecer a história de Sachiko e apostar na menininha que antes era incompreendida.

Porém, achei o final desse drama muito sacana. Além de ser aberto, dá a entender que todo o progresso que o Hikaru teve durante o drama inteiro vai ser perdido e isso me deixou muito chateada. Não sei se no mangá acontece o mesmo, mas foi muito ruim a sensação que o final me deixou. Ainda assim recomendo muito esse dorama para quem quer conhecer um pouco mais do autismo e, sobretudo, para quem é professor porque mostra uma pedagogia toda especial voltada para essas crianças. O drama está sendo finalizado (encode e upload) para ser disponibilizado no Banzai Dramas, então só aguardar um pouquinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário