terça-feira, 17 de junho de 2014

Entenda a Letra: Until Is Gone - Linkin Park


Aproveitando que falei do LP, vamos trazer no entenda a letra a minha eleita do novo álbum deles. Eu posso não ter compreendido a fundo o sentido dela, mas foi a minha preferida em todo álbum, fala de uma verdade que é vivenciada por nós todos os dias.


Até Perder

Um incêndio precisa de um espaço para queimar
Um sopro para brilhar
Eu ouvi isso sendo falado mil vezes
Mas agora eu sei

Que você não sabe o que tem
Oh você não sabe o que tem
Não, você não sabe o que tem
Até perder
Até perder
Até perder
Isso pode ser interpretado de várias maneiras diferentes, o incêndio pode ser uma metáfora para oportunidade você não pode "acontecer" se não tiver espaço, mas para ter espaço você precisa agarrar as oportunidades ou mesmo criá-las, o sopro pra brilhar uma metáfora para perseverança, é o tipo de conselho que a gente escuta com tanta frequência quanto o "bom dia" o que justificaria o verso seguinte, e também o refrão. A gente tem uma vida maravilhosa se sabe apreciar as coisas que realmente importam. Mas no fim de tudo a gente deixa essas coisas passarem, a gente "passa batido" pela vida e só aprende a dar valor as coisas que temos quando as perdemos. Como eu disse, é uma realidade da nossa vida hoje.

Eu achei que tinha te mantido são e salvo
Achei que tinha feito você ficar forte
Mas algo me fez perceber
Que estava errado

Porque descobrir o que você tem algumas vezes
É descobrir sozinho
E eu finalmente consigo ver sua luz
Quando eu o solto
Novamente, essa primeira estrofe pode ser uma metáfora para superproteção. Às vezes a gente superprotege ou é superprotegido achando que isso nos faz bem, mas a gente esquece que não pode abrigar num refúgio e nem se abrigar pra sempre, uma hora a gente fica sozinho e ai? Ai nos leva a segunda estrofe que muitas vezes nós precisamos olhar para nós mesmos, de maneira honesta,  para nos enxergar e ver as possibilidades, ao que parece, esse penultimo verso da segunda estrofe exemplifica isso, você só pode ver o potencial e a luz de alguém brilhar quando você permite que ela se arrisque, que ela sofra tentando, que ela aprenda. Você não pode fazer a luz de alguém brilhar sem deixar livre.

Porque você não sabe o que tem
Até perder
Até perder
Até perder

Até perder
Até perder
Até perder
Até perder
Até perder

Porque você não sabe o que tem
Oh você não sabe o que tem
Não, você não sabe o que tem
É a batalha que vai ter que lutar
Não, você não sabe o que tem
Até perder
Até perder
Até perder
Nesse último trecho eu só quero destacar de diferente esse verso: "é a batalha que vai ter que lutar" é quando, depois de tudo que foi falado lá em cima, o superprotegido encara que ele precisa andar com as próprias pernas e o protetor que se ele quer resultados precisa deixar ir. É o desfecho de uma mesma ideia: Você precisa lutar suas próprias batalhas sozinho. Segurar a espada e não ter medo de ir, morrer de dor, mas mesmo assim vencer. Mas que tudo que você fizer terá uma consequência  e você precisa estar preparado para enfrenta-las.

AGORA DIGA SE ESSA LETRA NÃO É O CÚMULO DO FODA?!


Nenhum comentário:

Postar um comentário