domingo, 5 de fevereiro de 2017

Hotel King


Título Original: 호텔킹
Gênero: Drama, Romance
Escrito por: Jo Eun-jung
Direção: Kim Dae-jin, Jang Joon-ho
Ano: 2014
País: Coréia do Sul
Episódios: 32
Elenco: Lee Dong-wook
Lee Da-hae
Im Seulong
Wang Ji-hye
Lee Deok-hwa
Kim Hae-sook
Jin Tae-hyun
Sinopse: Cha Jae Wan carrega uma bagagem emocional depois de ter sido abandonado pelo pai quando criança, mas cresce para se tornar o gestor de sucesso do Hotel Ciel, o único hotel de luxo de 7 estrelas na Coréia. Ah Mo Ne é a filha do dono do hotel, viveu uma vida de privilégio e conforto, mas agora ela precisa salvar o hotel de sua família de uma crise súbita. Sun Woo Hyun é um empregado do hotel e enfrenta Jae Wan para salvar o hotel e concorre pelo coração de Mo Ne enquanto Song Chae Kyung, o gerente do restaurante do hotel, e a ex-namorada de Jae Wan complica as coisas. Será que Jae Wan e Mo Ne ganharão a batalha pelo seu amado hotel e seus sentimentos pessoais? (Fonte: Kingdon Fansub)

Está eleito um dos doramas mais massantes e frustrantes que já assisti! 
A vontade de vê-lo veio por uns MVs que eu assisti no youtube, o casal principal parecia tão legal e fofo, sem contar que o Lee Dong Wook foi o maior propulsor, depois da magnífica interpretação dele em Goblin eu fiquei caidinha. Mas, foram as 32 horas mais frustrantes da minha pequena experiência doramática.
O enredo se trata de Cha Jae Wan, o gerente geral do maior hotel da Coréia, o Ciel. Frio e impassível, ele esconde as marcas da sua dura infância, enganado pelo pai que o abandonou, ele cresceu nos frios subúrbios de Nova Iorque pedindo esmolas para uma gangue de bandidos e a única coisa que isso lhe trouxe de boa foi seu irmão Ji Huan que ele acreditava ter sido adotado por uma boa família. Desde sempre, ele também carrega consigo a culpa de um assassinato, quando para proteger o irmão ele atirou no "chefe" que havia batido no menino até ele não se mexer mais.
Um homem chamado Lee Jun Goo o "salvou" alegando saber quem era o pai dele e que faria dele o dono de tudo que o cruel pai havia tirado dele. Assim, todos os esquemas são armados para que ele se torne o gerente geral do Ciel, de volta à Coréia com o plano de desmascarar seu pai e assumir o seu lugar. Mas quando o presidente aparentemente comete suicídio, as coisas desandam para os seus planos uma vez que a filha dele, Ah Mo Ne vem para a Coréia ocupar o lugar do pai e, sobretudo, desmascarar sua morte.
Para Jae Wan, ela é sua irmã mais nova e quando Lee Jun Goo começa a pressioná-la e ameaçá-la, apesar de dever ficar ao lado dele, Jae Wan sente a necessidade de protegê-la e inevitavelmente acaba se apaixonando por ela contrariando todas as suas vontades. Quando, então, no intuito de protegê-la de Lee Jun Goo acaba descobrindo os podres do odioso "salvador" de sua vida, um esquema armado mostra que ele não é irmão de Mo Ne e as primeiras mentiras do velho começam a ser expostas fazendo Jae Wan odiá-lo ainda mais.
Ah Mo Ne está convicta de que Jae Wan é o assassino do seu pai e começa a bagunçar o hotel em busca da verdade batendo de frente com Cha Jae Wan e Lee Jun Goo e pondo a vida de outras pessoas em risco indiretamente. Porém, ela não consegue evitar se apaixonar pelo gerente frio e impassível que aos poucos vai mostrando uma personalidade doce e protetora para ela, quando mais Mo Ne descobre sobre ele, mais sente a necessidade de amá-lo, mas o que fazer quando o pai do homem que ama é o seu maior inimigo?
Segredos vão sendo revelados, monstros desmascarados, o maior hotel do país entra em colapso imerso em corrupção e mistérios, as peças do quebra cabeça começam a se juntar quando Cha Jae Wan e Ah Mo Ne lutam para descobrir a verdade por trás das pessoas que um dia confiaram e, sobretudo, a verdade sobre si mesmos.
É a primeira vez que eu vejo um drama coreano tão longo, a média é geralmente 16 episódios, no máximo 20. Nunca havia pensado que fariam um drama com 32 episódios, só vi assim os chineses que chegam até a 40 episódios. Mas confesso que o clima novela mexicana me fez detestar esse dorama profundamente, há sim algumas coisas que se salvam, mas a maior parte do tempo você se sente profundamente frustrado com o desenrolar dos fatos. Por um lado podemos entender Cha Jae Wan, ele cresceu cercado de mentiras, vítima de um sádico psicopata que só queria explorá-lo, Criado para ser o gerente perfeito, o criado perfeito, sem sentimentos ou vontades, mas apenas sujeito à vontade de seu "dono".
Ah Mo Ne começou o drama como uma garotinha mimada que me fez detestá-la, só pisava na bola e não parava para analisar as coisas, causando problemas para si mesma, inclusive, uma vez que ela é a dona do hotel. Mais pra frente, mesmo quando ela se endireitou, ainda fiquei com um pé atrás com ela, embora tenha ganhado parte da minha simpatia. A relação dela com o Jae Wan é atrapalhada por todos os lados pelo escroto do velho, a antipática presidente Kyun ou mesmo pelas inúmeras tramóias que envolvem a presidência do hotel, isso sem contar nos obstáculos que eles mesmos colocam.
Os antagonistas Lee Jun Goo e Baek Myeo Yeon são aqueles tipos de personagem criados à moda asiática, você vai odiá-los até o fim independente de um deles se retratar ou não, vai torcer para que eles se ferrem e ponto. Nesse quesito, a bruxa velha me satisfez, ela realmente pagou o preço ainda que Cha Jae Wan tenha sido bem bonzinho com ela, o que dá pra entender, mas o velho foi uma decepção. Eu estava torcendo pro velho escroto morrer dolorosamente ou apodrecer na cadeia, e eu ia gostar bem mais dessa última, ele perdeu a família, o dinheiro, a posição, mas ainda assim não pagou metade do preço que devia, e no final Jae Wan ainda me decepcionou quando tentou salvá-lo. Sério, fiquei possessa.
O final do drama é irritante. Tem aquelas lacunas de tempo típicas de dramas coreanos, é quase quarenta e cinco minutos de enrolação pura no último episódios pra que as coisas realmente se acertem e o final é insosso como só ele. Foi meio decepcionante. No geral, minha nota é um 7,0 sendo bem razoável e pararei por aqui, não vou comentar mais sobre as personagens principais porque eu realmente não indicaria esse drama pra ninguém. Ainda assim, quem se interessar, ele está grátis na VIKI e para download no Why Why Dramas Fansub

Nenhum comentário:

Postar um comentário