segunda-feira, 18 de junho de 2018

[Anime] Charlotte

Título Original: シャーロット (RR Shārotto)
Criador: Jun Maeda
Direção: Yoshiyuki Asai
Gênero: Comédia dramática, sobrenatural
Episódios: 13

Sinopse: Num mundo alternativo, uma pequena percentagem de crianças são capazes de manifestar seus superpoderes ao atingir a puberdade. A história é ambientada na Academia Hoshinoumi e acompanha os membros do conselho estudantil, que ajudam os outros alunos com problemas decorrentes das suas habilidades. Yuu Otosaka utiliza seu poder sem ter conhecimento deles, vivendo seu cotidiano normalmente. No entanto, depois que ele conhece uma garota misteriosa chamada Nao Tomori, o destino do usuários especiais com poderes poderá ser exposto.

Quando comecei a assistir Charlotte pensei que ia dropar o anime no primeiro episódio porque eu simplesmente não gostei. Tanto é que parei de ver e fui assistir Erased. 

A trama segue Otosaka Yu, um adolescente de quinze anos que tem o poder de possuir outras pessoas por um curto período de tempo. Ele usa seu poder para trapacear nas provas e para causar discórdia entre pessoas que praticam atos ruins, isso até ser descoberto por Nao Tomori, a presidente do conselho estudantil de uma escola especializada em adolescentes que tem habilidades especiais. Ela explica a Yu que seu poder só dura o período da sua puberdade e, então, desaparecem, e o adverte que se ele continuar utilizando-os de forma errônea será capturado por cientistas e virará rato de laboratório como aconteceu com o irmão mais velho dela.

Assim, Yu e a irmã mais nova vão para um condomínio especial que fica próximo da nova escola onde ele terá que estudar e não apenas isso, mas fazer parte do conselho estudantil e ajudar a capturar pessoas que tem habilidades e instruí-las a não usar. Contudo, conforme a história avança, pedaços do passado de Yu vão se desenrolando e ele acaba se vendo preso em lembranças de um período sombrio da sua vida. Com a morte de Yumi em um acidente envolvendo o poder dela que despertara da pior maneira possível, Yu acaba conhecendo seu irmão mais velho do qual não tem qualquer lembrança.

Esse encontro lhe dá não apenas a possibilidade de salvar sua irmã Yumi como de descobrir seu verdadeiro poder que é, na verdade, roubar o poder de outras pessoas transformando-as em humanos normais. Mais ou menos como a vampira, a diferença é que Yu se apropria do poder da pessoa e ela fica sem. Assim, uma nova história é escrita, mas a descoberta desse poder pode acarretar em um futuro ainda mais sombrio do que Yu ou qualquer um de seus amigos poderia imaginar.

O começo do anime realmente desestimula, mas conforme os capítulos vão avançando me vi presa na trama a coisa é que nos três últimos capítulos tudo começa a desandar, talvez porque o mangá não está finalizado então eles meio que improvisaram a coisa toda, mas a sensação que dá no último episódio é que eles resumiram 10 episódios a mais em um só, ficou muito desesperançado o negócio todo, e a magia que foi construída a partir do segundo episódio meio que desapareceu.

Então, minha nota pro anime acabou sendo de 5,5 de 10. Sério, magoou mesmo, pricipalmente a morte de um personagem no penúltimo episódio que eu achei muito desnecessária. Porém, se tem uma coisa que é realmente 10 nesse anime é a trilha sonora secundária da banda ZHIEND criada para a série. Meio que como aconteceu com o Egoist criado para o Guilty Crown, o ZHIEND cuja vocalista e compositora é cega, faz muito sucesso no japão e fora dele e a Nao aprendeu a gostar por causa do seu irmão. Achei o CD inteiro da banda no youtube, tem a versão em inglês e em japonês, ouvi a versão japonesa e gostei muito, recomendo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário