quinta-feira, 19 de setembro de 2019

[Drama] Abyss

Original: 어비스 (RR: eobiseu)
Escritor: Moon Soo-Yun
Episódios: 16
Ano: 2019

Sinopse: Cha Min ( An Se-Ha ) é o sucessor de uma empresa de cosméticos. Ele é inteligente, humilde e tem um bom coração. Ele também é pouco atraente. Cha Min entra em um acidente depois que descobre que sua noiva, Hee Jin, o traiu e morre. É assim que ele recebe o abismo misterioso de um par de alienígenas e volta à vida com uma aparência diferente. Cha Min ( Ahn Hyo-Seop ) agora tem uma aparência bonita.
Ko Se-Yeon ( Kim Sa-Rang ) é uma bela promotora e é boa em seu trabalho. Ela é atacada por um assassino em série e morre. Devido ao Abyss misterioso, concedido a Cha Min, Ko Se-Yeon é revivida, mas agora ela tem uma aparência comum. A misteriosa Abyss revive pessoas mortas, mas elas ganham uma aparência de acordo com suas almas. Juntos, Se Yeon e Cha Min vão usar todas as suas habilidades para descobrir a verdade sobre o assassino de Se Yeon e provar a inocência de Min.

Abyss conta a história de Cha Min, o rico herdeiro de uma grande empresa de cosméticos que está noivo de Hae Jin, uma garota que foi apresentada por sua melhor amiga, Go Se Yeon por quem ele é apaixonado desde criança. Apesar de ser um homem doce, de bom coração e generoso, Cha Min não é fisicamente "lindo", por isso seus sentimentos por Se Yeon, linda, disputada e alta, não são correspondidos. Ao contrário dele, a beleza fez de Se Yeon uma mulher arrogante e metida que não se importa muito com os sentimentos dos outros. Ela é uma promotora bem sucedida que está no rastro de um serial killer que se esconde sob a fachada de um cirurgião.

Quando Hae Jin desaparece dias antes do casamento deixando para Cha Min nada além de dúvidas, ele acaba descobrindo que ela não gostava dele de verdade, que fora embora porque seria incapaz de amá-lo com a aparência que ele tinha, além de ter mentido para ele durante todo aquele tempo. Arrasado, Min decide se matar, mas se arrepende no último minuto só que acaba sendo atingido por um par de aliens que sem querer bate nele e o arremessa longe, matando-o. Ele acaba sendo revivido por uma pedra mágica chamada Abyss (abismo) que é dada a ele de presente sob a advertência de ser usada apenas se numa extrema necessidade. Os aliens lhe dizem que a pedra tem o poder de ressuscitar uma pessoa contudo, sua aparência muda de acordo com a sua alma (isso varia, algumas pessoas tem uma alma semelhante a sua aparência física então não mudam) e, como Cha Min era uma pessoa bonita por dentro, ele revive como um belissimo homem.

Contudo, ele é dado por desaparecido e sua mãe está com os nervos à flor da pele na procura dele. Mas Min não pode reaparecer porque ele foi acusado de ter assassinado Se Yeon que foi vítima do assassino em série Oh Yeon Cheol. Por ser apaixonado pela promotora desde sempre, ele é incapaz de aceitar sua morte, e quando vai visitá-la acaba descobrindo o poder do abyss ao ressuscitar  Se Yeon com a aparência de sua alma, uma mulher comum, baixinha e bonitinha. Por sorte, ela acaba se parecendo com a ex-promotora e agora advogada Lee Mi Do, o que lhe dá acesso não só a um apartamento, mas ao detetive Park responsável pela investigação do serial killer que lhe matou.

Enquanto investigam, tramas paralelas se conectam e por acidente Cha Min acaba ressuscitando Oh Yeon Cheol o que lhe confere uma série de problemas, tanto para ele quanto para Se Yeon, além disso, o promotor Seo Ji Uk, amigo de Se Yeon, é cúmplice do assassino o que complica ainda mais as coisas e facilita suas fugas. Agora, Cha Min vai precisar de ainda mais esperteza e ajuda para provar que não é um assassino e para proteger Se Yeon e sua ex-noiva Hae Jin, que era refém do serial killer, de caírem nas mãos dele e do seu cúmplice.

Te dizer que assisti esse drama por causa da Park Bo Young, gosto muito do trabalho dela e, em geral, ela sempre tem uma química maravilhosa com todos os atores que contracena, aqui não foi diferente ela deu um banho de atuação. Contudo, a história não me impressionou muito, tinha horas que a situação intelectual dos personagens era de um jeito que eu tinha vontade de socar o PC, principalmente o Cha Min que era o rei das decisões idiotas. A Hae Jin também me tirava do sério e me irritava o modo como o roteiro parecia facilitar para que Oh Yeon Cheol conseguisse o que queria. Era frustrante. Muitas coisas não são explicadas sobre o abyss ou sobre os aliens que deram a pedra a Cha Min. O final do drama é feliz, mas além de deixar essas lacunas usaram aquele recurso desnecessário de separar o casal nos 42 do segundo tempo para fazer ele voltar depois com uma explicação que beira o ridículo e isso não é um spoiler porque não to contando o que e como acontece. Não digo que é uma perda de tempo, sabe? Me diverti em algumas partes e tals, mas não é um drama que eu veria de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário