sexta-feira, 12 de julho de 2019

[Dorama] Angel's Last Mission: Love (POR QUÊ?!) ALERTA SPOILER!

Original: 단, 하나의 사랑 RR: Dan, Hanaui Sarang lit. único amor de Dan
Título de Lançamento Mundial: Angel's Last Mission: Love
Ano: 2019
Episódios: 32 (de 30min)
Direção: Lee Jung-Sub
Roteiro: Choi Yoon-Kyo
Elenco: 
Shin Hye-sun
Kim Myung-soo (L)
Lee Dong-gun
Kim Bo-mi
Do Ji-won
Kim In-kwon

Sinopse: Dan é um anjo. Ele também é um encrenqueiro e também otimista. Yeon-Seo é uma bailarina que não acredita no amor. Dan então recebe uma missão. Se ele conseguir fazê-la se apaixonar, ele pode voltar para o céu. Sua missão é encontrar o verdadeiro amor para Yeon-Seo, mas Dan logo se apaixona por ela.

Onde Encontrar: Dramafansubs e Kingdom Fansub

O QUE DIABOS HÁ DE ERRADO COM ESSES ROTEIRISTAS COREANOS?!

Angel's Last Mission tinha tudo para ser o drama do ano, o roteiro era instigante, engraçado na medida certa e fofo, tinha um elenco competente e nos deixava mais apaixonado a cada novo capítulo lançado, mesmo eu que odeio acompanhar dramas em andamento me rendi a ele desde o teaser de lançamento e esperei com avidez os primeiros episódios, mas o final do drama destruiu todo o processo de perfeição! 

Quando chegou ali pelo episódio 26 eu já fui pesquisar se a roteirista desse drama era a mesma de Goblin porque, se fosse, eu ia desistir logo antes de me decepcionar com o final, contudo, mesmo o pequeno fio de esperança renovado não foi suficiente para sustentar minha expectativa de um final feliz e a maldição de Goblin se repete aqui, temos um enredo incrível estragado por um final que tem cara de feliz e não é. Por isso, essa resenha vai ter spoiler adoidado to avisando logo, vou descarregar minhas frustrações porque preciso para não morrer. 

A trama segue Yeon Seo (Shin Hye-sun) uma bailarina cética quanto ao amor que perdeu os pais quando era criança e, desde então, cresceu atendida pelo senhor Jo que antes era motorista da família e se devotou a ela durante toda a vida, apoiando-a e defendendo-a. Yeon Seo ficou cega após um "acidente" no palco e, junto com tudo que já havia acontecido na sua vida até então, ela se tornou uma mulher fria, com péssimo gênio, mimada e egoísta que não se importa com nada nem com ninguém à sua volta, o que na verdade era apenas uma proteção pelo seu medo de se apegar novamente com alguém e ter essa pessoa tirada de você.

Dan (L) é um anjo em treinamento que vive arrumando confusão por salvar animais indefesos e interferir na vida de mortais que sofrem algum tipo de injustiça e intimidação o que lhe rende sempre broncas de Hu, seu supervisor. Um dia, ao ver Yeon Seo se defendendo de dois caras agressivos ele fica surpreso com a destreza e a força dela, que mesmo cega não se deixa intimidar. Para sua surpresa, entretanto, ela consegue senti-lo e ele não entende como é possível uma vez que os mortais não podem ver ou notar a presença dos anjos.

Quando a vida de Yeon Seo fica por um fio graças à armação da única família que lhe resta - dois tios e duas primas a quem ela odeia - ela roga pela sua vida e Dan fica chocado por ouvi-la com tanta nitidez. Sem saber o que fazer, ele decide salvar a vida dela e isso lhe rende uma punição dos céus, por ter interferido na vida dela, ele tem cem dias como humano para fazer a mimada e insuportável Yeon Seo acreditar no amor. Como o senhor Jo, que dirigia o carro no momento do acidente, morreu, ela recebeu os olhos dele e voltou a enxergar, mas acabou com uma limitação no seu andar causada por trauma psicológico.

Dan, forçado a se aproximar dela, acaba se candidatando a vaga que pertencia ao senhor Jo como secretário de Yeon Seo, mas no início a convivência dos dois é caótica pelo mau gênio dela. Ele acaba enfrentando-a, algo que a surpreende uma vez que ela não está acostumada a ser contrariada. Mas aos poucos, Dan acaba se tornando o braço direito e a única pessoa, fora a senhora Jung, em quem a bailarina confia. Na Fantasia, empresa de balé que pertenceu aos pais de Yeon Seo e agora é administrado pela gananciosa tia dela desde que ela ficara cega, aparece um misterioso e exigente diretor de balé que se vê obcecado em fazer Yeon Seo dançar outra vez, o que desperta a tristeza de Geum Ni Na, a prima da bailarina que se tornara a prima da Fantasia desde que a outra ficara cega (e antes disso era apenas a substituta de Yeon Seo no teatro) e de sua irmã Geum Ru Na que quer que a sua irmã continue encabeçando o corpo de balé da companhia.

Ajudada por Dan a recuperar sua autonomia no andar, Yeon Seo decide após muito custo voltar a dançar e destronar a tia gananciosa do poder da companhia dos seus pais. Mas para isso precisa não apenas provar que pode recuperar seus movimentos como tem de atestar sua sanidade diante de todo mundo, coisa que sua tia, em complô com a Ru Na está disposta a não permitir. Dan acaba descobrindo os planos delas em destruir a vida de Yeon Seo e se dispõe a protegê-la, mas quanto mais a proximidade e a preocupação dele aumenta, mais os sentimentos se veem bagunçados, especialmente quando Kang Woo, o diretor de balé, se mostra interessado na bailarina.

Ao contrário de todas as suas expectativas e vontades, Yeon Seo começa a olhar Dan de outro modo, mesmo que o anjo se empenhe em esconder seus sentimentos por saber não apenas que sua estada na terra tem prazo de validade, mas pela certeza de que é impossível um anjo e uma mortal se amarem. Contudo, conforme ele descobre a força dos sentimentos pela bailarina e se questiona acerca da existência e do sentido do amor, começa a se rebelar contra o paraíso e lutar pelo amor de Yeon Seo. Além disso, precisa lidar com as estranhas lembranças que se assomam como pesadelos na sua mente, assim, ele parte para buscar respostas sobre quem ele é e sobre a razão dos pesadelos e acaba descobrindo que, antes de se tornar um anjo, ele era um garotinho humano com uma vida sofrida que conheceu Yeon Seo antes de ela se mudar para a Rússia onde passou boa parte da vida estudando balé.

Na ausência de Dan, Kang Woo faz de tudo para se aproximar da bailarina sem qualquer sucesso, ele tenta mesmo contar a verdade sobre sua identidade e a razão pela qual é obcecado por ela, mas nunca tem a oportunidade. Dan acaba descobrindo sobre o passado do diretor e sabendo dos sentimentos de Yeon Seo e tendo certeza dos próprios, manda ele ficar longe dela e se decide a lutar para encontrar uma forma de se tornar humano, mas acaba descobrindo que, para isso acontecer, Yeon Seo precisa morrer (goblin, oi?) mais ainda, precisa dar a vida por ele. Recusando-se a aceitar aquele destino, ele começa não apenas a rezar para a divindade permitir que eles fiquem juntos, mas a pesquisar sobre formas de se tornar humano.

Os ataques à vida de Yeon Seo só pioram, Dan acaba contando a ela a verdade e os dois tem alguns desentendimentos, mas ela acaba aceitando a verdade sobre ele muito melhor do que se esperava e se empenha em descobrir todas as coisas envoltas no mistério do que ele é e nas formas que podem fazê-lo se tornar um humano. Ru Na, que Dan descobre estar possuída por um demônio, obcecada por tornar Ni Na a prima bailarina do Fantasia, se torna mais agressiva nos planos de matar Yeon Seo, a contagem regressiva do tempo de Dan se torna dolorosa e a certeza de que ele vai desaparecer por amá-la faz a bailarina recorrer a todos os métodos desesperados para não perdê-lo, mas a divindade não parece disposta a ceder um dos seus nem mesmo pelo amor verdadeiro.

Esse é um daqueles dramas que você não consegue parar de ver mesmo que queira, era um custo doloroso para minha ansiedade esperar até as quartas e quintas de cada semana para poder ver os episódios novos e, em determinado momento, comecei a duvidar que o rumo dos acontecimentos desencadeariam um final feliz. Tal como Goblin, a ideia do amor sacrificial e toda a mitologia do imortal vs. mortal me dava a certeza que ficaria frustrada com o final coisa que realmente aconteceu. Se prepara que lá vem SPOILER adoidado AGORA!

Ao contrário de Goblin cujo final, para quem entendeu a história, sabe que não foi nem um pouco feliz apesar de ele ter mascarado-se como tal, o problema com o final de Angel's Last Mission foi justamente a ambiguidade dos fatos, a falta de uma certeza sobre o fechamento da história. Quando é esfaqueada por Ru Na e completa a peça Giselle, Yeon Seo vai para o hospital e Dan se culpa por não ter conseguido protegê-la, ele sabe que vai desaparecer, pois seu prazo como humano acabou e deixa com Kang Woo o lenço que era sua marca de anjo, desaparecendo na frente dele. O quadro da bailarina se agrava e os médicos perdem a esperança que ela volte à vida, Dan é perdoado e recebe a chance de voltar ao paraíso, mas abdica disso querendo voltar para Yeon Seo, dando a ela seu último sopro de vida, assim ela acorda e a pena no lenço dele fica preta dando a entender que ele morreu. 

Como era de se esperar ela fica arrasada, imerge numa depressão semelhante ao do começo do drama com a diferença de que seu humor não estava tão insuportável. Ela tenta se fazer de forte e seguir em frente, mas passa a "alucinar" que vê Dan. O lenço dele, que ela guardava com ela, desaparece e então vemos que a divindade permitiu a Dan continuar ao lado de Yeon Seo mesmo que ela não soubesse disso e não pudesse vê-lo. Kang Woo decide voltar a Nova Iorque, Ru Na é condenada a prisão perpétua e Ni Na abandona o palco e se torna professora de balé. Nos minutos finais, no mesmo banco onde se encontraram a primeira vez, Yeon Seo volta a falar com Dan mesmo sem saber que ele estava ao lado dela, então, ele enxuga sua lágrima e ela sente. Quando ergue o rosto ela o vê e, em um primeiro momento, acha que está alucinando, mas então ela o toca e sente seu coração batendo, nesse momento o lenço no bolso dele, cuja pena estava prateada novamente, desaparece e ela o abraça.

Isso nos dá a entender que ele se tornou humano, ainda assim, visto que não sabemos se realmente só ela pode ver ele ou  outras pessoas também podem deixa essa ambiguidade pairando no ar. Isso me deixou muito chateada. Eu pensei muito por horas a respeito desse final, seria lógico imaginar que ele se tornou de fato humano, ainda que a divindade tenha se recusado a ouvi-lo diversas vezes, mas achei que o final poderia ter sido mais redondinho e fechado como realmente feliz. No momento que ele abnegasse da volta ao paraíso para ficar com ela e dado o fato que ela quase deu a vida para completar o espetáculo, a divindade podia simplesmente ter perdoado ele e dado a ele a humanidade para ficar com ela. Para mim faria muito mais sentido do que esse final ambíguo, ainda que eu admita que foi melhor que o de Goblin em vários aspectos.

Eu não gosto de finais abertos, não me serve de nada imaginar coisa, eu não quero imaginar, eu quero ver! Se fosse pra imaginar eu ia ler a sinopse e imaginar a história toda, não perdia meu tempo assistindo.Isso tem sido um problema muito frequente nos dramas coreanos e é quase uma unanimidade nos dramas chineses, finais abertos ou ruins. Recentemente tirei dois dramas chineses da minha lista por conta dos finais inconclusos ou ruins, agora parece que a Coréia decidiu imitar a China e apostar em ambos os finais isso se torna frustrante para mim enquanto expectadora. Mesmo tentando ver o final de Angel's Last Mission pelo possível lado bom, fiquei sim chateada e foi frustrante ver a história deles dois acabando dessa maneira quando poderia ter sido feita de uma forma realmente decente. O drama é realmente muito bom, as atuações foram impecáveis e a química dos dois atores principais foi maravilhosa. Me encantei com o enredo e, não fosse o final, teria sido perfeito.

PERSONAGENS CENTRAIS


Lee Yeon Seo (Shin Hye-sun) uma bailarina talentosa e reconhecida na Ásia e na Europa no começo do drama é absurdamente insuportável. Além de arrogante, Yeon Seo é intransigente, insensível e vive amargurada contaminado todos à sua volta. Contudo, toda essa fachada de herdeira mimada esconde uma garota frágil que quer se proteger da dor. 
Ela sabe que não pode confiar em ninguém além da sua secretária, a senhota Jung, e do senhor Jo que cuidou dela desde que era criança ao perder os pais, sempre acreditou nela e era quem mais lutava para ela conseguir o transplante de córnea que por alguma razão sempre dava errado no último momento, coisa que só tornava a bailarina mais descrente e amargurada.
Mesmo cega, ela continua apaixonada pela dança e ao encontrar Dan, que fura seu bloqueio contra o medo, ela passa a reaprender a vida e os sentimentos da sua maneira mais intensa, passando a confiar em si mesma sem se enaltecer e a se tornar generosa uma vez que começa a se preocupar com as outras pessoas. Apaixona-se por Dan sem mesmo saber que ele era o garotinho que ela conheceu quando criança e que fora sua primeira plateia quando seu sonho de se tornar bailarina ainda estava nos alicerces.

Kim Dan (L) quando criança, Dan viveu com um pai abusivo que batia nele sempre que chovia, ele acabou se tornando um anjo após morrer afogado. Fora ele a primeira plateia de Yeon Seo e igualmente seu primeiro amor. Ao se tornar um anjo, passou a defender e proteger todos aqueles que eram injustiçados e indefesos. Ao conhecer Yeon Seo passa a questionar a sua existência e a verdade sobre os sentimentos além do seu papel como uma criatura celestial, coisa que nunca tinha feito antes.
Dan é leal e luta pelas coisas que acredita, sem medir esforços. Procura sempre ir pelo lado certo e mesmo quando questiona seu criador ou se vê encurralado com a recusa às suas orações, não abandona sua crença e nem desiste de quem é. Ele aprende a amar em sua totalidade fazendo tudo ao seu alcance por Yeon Seo priorizando a felicidade dela sobre a sua própria.
Além de ser um dos elementos principais da comédia do drama, a evolução do personagem na trama é ainda mais linda de ver que a da própria Yeon Seo, impossível não se apaixonar pelo sorriso e pela doçura de Dan maravilhosamente interpretado por L que deu um banho de atuação e emoção.

Ji Kang Woo (Lee Dong-gun) é um exigente diretor de balé renomado que trabalhava em Nova Iorque e se muda para a Coréia com o intuito claro de trazer Yeon Seo de volta como prima bailarina do Fantasia. Para isso, ele enfrenta Ru Na e a tia de Yeon Seo se juntando, inclusive, a Dan para proteger a bailarina da maldade da família.
No passado, Kang Woo era um anjo encarregado de inspirar artistas, foi quando conheceu Seol Hee, uma bailarina coreana radicada nos EUA e se apaixonou por ela. Ele revelou sua identidade e pediu permissão a divindade para ficar com ela, chegando inclusive a se casar com ela. Seol Hee era identica a Yeon Seo. No dia de enfrentar sua punição por ter se voltado contra a divindade, ela recebeu a bala celestial por ele e morreu em seus braços, assim, Kang Woo se tornou humano, sem nunca morrer, vivendo em eterna dor.
Ele fica obcecado por Yeon Seo acreditando que o que sente por ela é genuino quando, na verdade, apenas está transportando para ela a imagem da sua amada morta. Por causa disso, Dan decide afastá-lo da bailarina.

Geum Ni Na (Kim Bo-mi) é prima de Yeon Seo e sua bailarina substituta. Apesar de ter estudado com Yeon Seo na Rússia desde criança, Ni Na sempre foi ofuscada pelo talento da prima coisa que sempre lhe frustrou, pois ela dava tudo de si na sua dança. Quando Yeon Seo ficou cega, Ni Na assumiu o posto de prima bailarina do Fantasia, mesmo que não se sentisse regozijada com a tragédia que abateu a prima.
Ela não é ruim. Mesmo sentindo inveja de Yeon Seo e por vezes desejando que ela não existisse, nunca pensou em fazer mal para a prima. É muito proxima da irmã mais velha, Ru Na, gerente do Fantasia que tem uma fixação anormal por ela.
Quando descobre que a sua irmã tentou matar Yeon Seo e que sua mãe chantageou um dos acionistas para não apenas boicotar todas as tentativas de transplante de córnea para a prima, como para fazê-la passar por louca na festa de aniversário da companhia, Ni Na se sente arrasada e procura ajudar Yeon Seo denunciando a irmã à polícia. Envergonhada pela postura da família, abandona os palcos e se aposenta como bailarina tornando-se professora.


A trilha sonora de Angel's Last Mission é maravilhosa, acho que a última vez que fiquei tão empolgada com uma OST foi com a de Goblin e deixo aqui Pray a melhor música da OST (equivalente a Round and Round de Goblin).





Nenhum comentário:

Postar um comentário