segunda-feira, 22 de julho de 2019

[Dorama] Hello Monster (I Remember You)

Original: 너를 기억해; rr: Neoreul Gieokhae lit. Eu me lembro de você
Direção: Noh Sang-hoon, Kim Jin-won
Roteiro: Kwon Ki-young
Ano: 2015
Episódios: 16
Gênero: Romance,Suspense, Mistério
Elenco: Seo In-guk
Jang Na-ra
Lee Chun-hee
Choi Won-young
Park Bo-gum

Sinopse: Quando um assassino em série ataca mulheres que têm uma aparência semelhante, a Equipe Especial de Investigação Criminal do departamento de polícia enfrenta dificuldades. Enquanto a detetive de elite Cha Ji An (Jang Nara) e seus colegas examinam a cena do crime mais recente, o misterioso Lee Hyun (Seo In Guk) aparece e instantaneamente determina a marca registrada do assassino. Hyun é um gênio em perfis criminais com formação em psicologia criminal que recebeu um e-mail anônimo que o fez vir dos Estados Unidos para investigar a cena do crime. O assassino parece estar mandando um recado pessoal a Hyun com as pistas que deixa no caminho, e Hyun se pergunta se esse assassino estaria relacionado ao “monstro” criminoso de sua infância que matou o seu pai e foi responsável pelo desaparecimento do seu irmão mais novo. Ji An conhece Hyun desde a infância e está em êxtase de ver seu amor de infância novamente, mas Hyun parece não se lembrar dela.

Como "nasce" um psicopata? Essa parece ser a pergunta que o drama Hello Monster tenta responder em seu argumento de dezesseis episódios. 

Lee Joong-min é uma espécie de profiler e psicólogo da polícia coreana, seu trabalho mais recente consiste em entrevistas com o jovem assassino em série Lee Joon-young, mas o garoto, visto por todos como um monstro e mestre em manipular a mente das pessoas, lhe dá um tanto de pistas falsas junto com verdades (bem estilo 10 mentiras e 1 verdade), e quando ele decide confundir a cabeça de Joon Young para que ele comece a desconfiar do seu próprio filho mais velho, o professor acaba decidindo encerrar de uma vez por todas os trabalhos com ele.

Lee Hyun é um garotinho doce e quieto que, desde a morte da mãe, tomou para si os deveres da casa, mantendo-a sempre limpa, cuidando para que seu pai não esqueça nada antes de sair para o trabalho e que nada falte para seu irmãozinho Min. Apesar de amar seu irmão mais novo, Hyun sabe que há algo errado nele, na maneira como ele vê o mundo, em especial por causa dos desenhos sombrios que o garotinho faz assinando com uma espécie de olho tão ou mais sinistro que a sua obra. Contudo, ao ser questionado pelo pai se fora ele o autor dos desenhos, ele aponta para o irmão e o homem começa a indagar que seu filho mais velho pode ser um monstro.

Em uma ida com o pai ao centro de investigação, acontece de Lee Hyun e Lee Joon Young se encontrarem, o psicopata fica obcecado com a criança e o instiga a lhe contar um segredo. O pai de Lee Hyun, após o encontro, decide trancar o filho em um quarto secreto na casa para impedi-lo de se tornar um monstro e machucar outras pessoas. Contudo, após fugir da prisão, Lee Joon Young invade a casa de Lee Hyun e mata seu pai, Min acaba fugindo e se escondendo dentro de um carro sendo, posteriormente, sequestrado pelo assassino sem que Hyun consiga impedi-lo.

Anos se passam, Lee Hyun, que foi criado por uma policial aluna do seu pai, vai para os EUA e se torna um profiler e doutor em psicologia criminal, até receber um email estranho que pode ser do seu irmão ou de alguém que sabe onde ele está. Um assassino em série de mulheres está colocando a equipe de detetives de Cha Ji An em maus bocados. O pai dela foi acusado de ser cúmplice na fuga de Lee Joon Young anos atrás e a menina cresceu com o stigma de ser filha de um criminoso. Ela conhecia Lee Hyun desde a infância graças a esse incidente, mas todas as suas tentativas de se tornar amiga do garoto foram frustradas por ele. Mas em seu reencontro, Hyun não se lembra dela. Fingindo se passar pelo novo líder de equipe ele rapidamente traça um perfil do assassino e, em seguida foge.

Quando um dos quadros de Min, assinado por ele, aparece na cena de crime de uma das mulheres assassinadas pelo serial killer, Lee Hyun, com a ajuda de Cha Ji An, embarca em uma perseguição contra o tempo para entrar no jogo e descobrir quem é Lee Joon Young e onde Min se escondeu. Nessa investigação, segredos sombrios do passado vem a tona e eles precisarão arriscar tudo para proteger aquilo que lhes é importante.

Eu gostei do drama, achei muito bem montado e as personagens realmente são envolventes. Tem uma certa carga cômica que encaixa bem na trama dando uma aliviada no tema pesado que ela aborda. Já vi outros dramas do gênero abordando assassinos psicopatas, a trama de Lee Joon Young lembra um pouco a do assassino de Tunnel. O cerne do drama, entretanto, é Min. Desde criança ele apresentava um comportamento estranho, ao ser criado por Lee Joon Young ele aflora como um psicopata e a pergunta que fica é: poderia ter sido diferente? Uma pessoa que nasce com a mente como a dele, caso tivesse sido criado pelo irmão, teria tomado um rumo diferente ou a natureza dele se sobressairia de toda a forma? 

Quando estava lendo Precisamos falar sobre Kevin essa influência da família, em especial da mãe, me fez questionar em muitos aspectos a tal "formação" do psicopata, até que ponto isso é inerente do ser humano e até que ponto é construído? Claro, eu não sou psicóloga, de modo que posso apenas levantar conjecturas a respeito, mas essa discussão é muito interessante porque, apesar de todos os atos cruéis dos psicopatas, percebemos que todos nós temos uma natureza cruel inerente, arraigada e em nosso cerne. Uma sede de sangue. Outra questão que o drama levanta é sobre o "direito" de tirar a vida, uma questão que apesar de não discutida com profundidade é mostrada com profundidade, de modo sutil, através de Cha Ji An, Lee Joon Young e mesmo Lee Hyun.

O final do drama é bom até certo ponto. Num cômputo geral, é feliz, mas algumas coisas me deixaram um pouco incomodada, ainda assim dei um 9,0 por um certo personagem ter sobrevivido. Algumas coisas ficam apenas subtendidas e isso me frustrou um pouco porque eu esperava algo mais fechadinho, mas de uma forma geral é satisfatório sim. Para quem curte suspense e mistério com uma pitada de comédia, sem dúvida é o drama certo.

Elenco Principal


Lee Hyun (Seo In-guk) é um profiler e psicólogo criminal que perdeu o pai para um assassino juvenil quando era criança. Ele tem uma personalidade sagaz e sua mente trabalha em uma velocidade anormal, fazendo dele um verdadeiro gênio em todas as áreas, não apenas na decifração de códigos complexos como na amplitude de detalhes. Durante parte da sua vida, acreditou que seu irmão, Min, estava morto por causa da mulher que o criou, mas ao voltar para a Coréia passou a ter a certeza que ele estava vivo. 
Não esperava, entretanto, encontrar novamente com Cha Ji An, uma stalker que o seguia por todos os lados quando era criança. Ele não se lembra dela a princípio porque, desde o que acontecera com a sua mãe, parte de suas memórias foi bloqueada e outra boa parte se distorceu depois que ele bateu a cabeça ao sair correndo atrás de Lee Joon Young quando ele sequestrou seu irmão, Min.
É um pouco taciturno, mas apesar da fachada, esconde uma pessoa sensível e justa.


Cha Ji An (Jang Na Ra) detetive de uma equipe de investigação de crimes graves, Ji An tenta sobreviver ao stigma que seu pai deixou quando morreu e que ela nunca superou ou acreditou ser verdade. Tem por objetivo pegar Lee Joon Young e provar a inocência de seu pai.
Desde criança é apaixonada por Lee Hyun, mas ele não a reconhece de cara. Ainda assim, se esforça para driblar a certa arrogância que ele tem e ser parceira dele embora no início ela não confie nele totalmente. Com o passar do tempo os dois se aproximam mais.

Jeong Sun-ho / Lee Min (Park Bo Gun) Min é o irmão mais novo de Lee Hyun embora quando os dois se reencontre Hyun não o reconheça. Ele fugiu quando viu o pai brigando com Lee Joon Young, escondendo-se dentro de um carro parado perto da sua casa. Ele acaba adormecendo e, qual não é sua surpresa quando o assassino entra no carro e mente dizendo que fora seu irmão que o entregara para ele. Assim, ele sequestra Min e o torna no monstro que acredita ele ter nascido para ser. Durante toda a vida, Min busca vingança de Hyun por abandoná-lo.

Lee Joon Young (DO/Choi Won-young) Joon Young não era uma criança desejada. Fruto de um estupro, ele foi odiado pela mãe desde que nasceu. Cresceu trancado em um quarto sem contato com ninguém na família, sua única comunicação eram os livros que lia e a garota que levava sua comida. 
Quando encontra Hyun pela primeira vez, surpreende-se quando o garoto não lhe chama de monstro, mas de alguém diferente, a partir daí, fica obcecado com ele. Na sua cabeça, Joon Young está salvando crianças que foram, de alguma forma, abusadas pelos pais seja por negligência ou maus tratos, ele matava os pais e acolhia as crianças como "filhos", uma forma de compensar a própria história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário