sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Úrsula - Serena Valentino

Título Original: Poor Unfortunate Soul: A Tale of the Sea Witch
Série: Vilões #3
Autor: Serena Valentino
Ano: 2016
Páginas: 176
Sinopse: Descubra neste livro todos os segredos do passado de Úrsula. Desvende qual era o seu papel no reino de Tritão, o motivo de sua expulsão das dependências reais e, principalmente, como ela se transformou na temida Bruxa do Mar, que enfeitiçou a encantadora princesa Ariel. Toda história tem dois pontos de vista, não é mesmo? De que lado você está?

Primeiramente, peço desculpas por demorar a postar, acabei bagunçando meus horários e não tive tempo de postar. Bem, eu me dei conta agora que os livros seguem uma ordem apesar de abordarem vilões diferentes. Contudo, dá pra entender muito bem, apenas uma conexão ficou nublada para mim que foi a história da tal Circe que aparece no segundo livro, o da Fera, que eu ainda não li. De verdade estou ansiosa que lancem logo o livro de Malévola dessa autora, vocês sabem que eu sou muito louca pela Bela Adormecida. Bem, passando para Úrsula, o livro foi bem diferente da história da rainha Má, apesar de ter o background da Úrsula, no meu ponto de vista muitas partes foram um fiel copia e cola do filme, inclusive, se você também é fão de "Corações Infelizes" vai poder cantar a música quase toda pelo livro. 
Serena Valentino faz um trabalho realmente brilhante ligando os três livros com outros vilões da Disney, eu não sei quem é A Fada das Lendas, mas imagino que dê para descobrir em A Fera ou no livro de Malévola, achei muito interessante essa ponte que ela fez entre as história dando a todas elas vilãos em comum de algum jeito. Ela mescla os personagens da história com personagens originais que se encaixam perfeitamente na trama, além de dar uma vida ao vilão de modo que a gente seja capaz de compreender as razões que o levaram às ações nas histórias que conhecemos e amamos. Contudo, ficou meio que um buraco na história dessa vez.
Nós sabemos que A Pequena Seria tem uma condição, nela nós conhecemos a irmã de Úrsula (cujo nome esqueci agora) e ela vai usar Melody, filha de Ariel, para se vingar, certo? Contudo, Valentino teceu uma trama que segue um viés oposto ao do filme da Disney, isso pode soar como um spoiler então eu vou marcar para quem não quiser ler SPOILER *Ao colocar Úrsula como irmã de Tritão, irmão legítima, inclusive, ela nega completamente a existência da irmã do segundo livro, assim como os eventos que sucederiam A Pequena Seria dois,* FIM DO SPOILER e isso me deixou meio pensativa. quer dizer, não faz sentido. Pelo menos pra mim não fez. Essa descontinuação me fez ficar com um pé meio atrás com o livro, ainda assim, em um balanço geral a história não me impactou tanto como aconteceu com a Rainha Má, se há um ponto no livro que eu tiro como uma boa razão para indicá-lo é a questão central abordada: a rejeição da imagem.
Nesse ponto, a história é usada de maneira brilhante para demonstrar o complexo de inferioridade de Úrsula construído ao longo da vida por não se enquadrar nos padrões de beleza do reino de Tritão que exigia que ela usasse uma imagem ilusória para conviver no seu reino, essa rejeição fez com que ela nutrisse, internamente um complexo de inferioridade que ela usava como arma contra as outras pessoas, as "pobre almas infelizes" nesse quesito o livro é uma verdadeira jóia, a importância da aceitação pelo que você é, a mensagem de que a vingança só transforma você no monstro que você tenta evitar e, principalmente, que somos nosso maior inimigo, mensagens que a Disney sempre se preocupou em manter nos seus filmes (pelo menos antes) e eu gostei muito dessa parte.

O próximo livro que eu vou ler é meio grande e eu vou perder a terça porque vou viajar aí só vou ter o tempo de carro pra ler, mas vou me esforçar pra finalizar numa semana. Palavra. Então, até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário