segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Desafio 365 Dia #1: Escreva uma história sobre um personagem depois da festa de ano novo.

Image result for writing



Oi, oi, povo! Feliz ano novo! \o/
Bem, pelo menos eu espero que seja um ano novo feliz. Então, as aulas de chinês voltarão depois das férias, isso porque eu estou fazendo as aulas das três primeiras unidades com duas amigas e quero ver se alcançamos a terceira unidade para, quando eu começar a postar, já estarmos vendo gradualmente a quarta unidade. Então, para começar o ano bem, decidi tentar fazer o desafio 365 dias de escrita, esse desafio apareceu no tumblr e está em inglês o link está AQUI, consiste em escrever todo o dia segundo a temática do desafio diário, como eu estava fazendo por fora, resolvi dividir com vocês essas criações, até porque é um jeito de atualizar o blog regularmente também. Então, vou ajeitar as datas conforme o dia de cada desafio, hao ma? Esses posts vão ficar no marcador escrita. Vou ver a possibilidade de colocar um índice na página da guia escrita, ainda não sei. Então, sem mais delongas, vamos nessa!


Dia #1: Escreva uma história sobre um personagem depois da festa de ano novo.


Era um dia qualquer. Clara pensou isso quando abriu os olhos e pegou o celular sob o travesseiro para chegar a hora. 12:45. Sua cabeça doía um pouco, afinal, excedera as 8 horas de sono, de modo que ainda permaneceu deitada alguns minutos antes de finalmente levantar para encarar o dia. 

A verdade é que, para ela, nada mudava. Um ano findava, o outro nascia, mas para ela tudo que mudava era a data nos seus registros diários. Não havia algo realmente novo para ser feito, vivido, mudado. Não para ela. Sua vida continuava uma constância triste de amanheceres e anoiteceres que se repetiam infindavelmente sem qualquer tipo de esperança que conseguisse perdurar.

Sentia-se muito cansada apesar de ter dormido pesadamente, aquela era a única meta de impunha a si mesma para o novo ano: regular o sono. Fez suas abluções, não tomou café, mas almoçou, pegou uma garrafinha de água e voltou para o quarto.

Era a hora de continuar com a sua vida do jeito que sempre seria: presa no seu mundinho, criando realidades que nunca conheceria, vivendo nos livros que se formavam sob seus dedos, ignorando completamente o mundo que tanto lhe assombrava lá fora.


Viu só? Não precisa ser nada enorme e nem super elaborado. É só um treino para te acostumar a escrever todo dia de diversos estilos seguindo diferentes temáticas. Então, topa essa?

Nenhum comentário:

Postar um comentário