quinta-feira, 11 de outubro de 2018

[Anime] Kamisama Hajimemashita

Original: 神様はじめました lit. me tornei um deus ou começa a divindade
Direção e roteiro: Akitaro Daichi
Ano: 2012/2015
Temporadas: 2
Episódios: 25
Gênero: comédia, fantasia

Sinopse: Nanami Momozono se torna uma sem teto após seu pai fugir por causa de dívidas e cobradores lhe tirarem a casa. Ela, então, conhece Mikage, um estranho que estava sendo atacado por um cachorro e o salva. Como agradecimento ele lhe oferece sua moradia e Nanami acaba aceitando. Logo ela descobre que era um templo aparentemente abandonado. O que ela não sabia era que Mikage havia passado à ela a sua função de Deus da Terra, transformando a humana na nova deusa do templo. Ela tem que se adaptar à nova vida agora, e a parte mais dificil é ser aceita por Tomoe, seu familiar e cuidador do templo.

Olá de novo, pessoinhas! 

Faz um tempinho já que havia começado a ver Kamisama, acho que terminei a primeira temporada ano passado se não me engano, mas por alguma razão acabei deixando de lado. Assim, quando fiz a meta de animes no meu bullet journal desse ano coloquei o anime para rever a primeira temporada e assistir a segunda.

Kamisama Hajimemashita conta a história de Nanami, uma colegial que se vê na rua após ser despejada por causa das dívidas do pai, um viciado em jogos. A mãe morrera quando ela era criança e, desde então, ela tem sobrevivido sozinha uma vez que o pai dela é imprestável. Enquanto perambula sem rumo pelas ruas, ela acaba ouvindo um pedido de socorro. Ao se aproximar descobre um homem sobre uma árvore enquanto um cachorrinho late furioso embaixo. Nanami afugenta o cachorrinho e recebe a gratidão do estranho que é, na verdade, uma divindade da terra. Ele diz a ela que pode ficar com a sua casa e lhe escreve um garranchado mapa com o endereço.

Ao chegar ao local indicado, Nanami descobre que é um templo e, desanimada, acredita que foi passada para trás pelo estranho, até ser abordada por três criaturas estranhas, duas crianças e um youkai raposa que são os servidores de Mikage, o estranho que ela ajudara e que lhe passara seu selo de divindade. Assim, Nanami se vê como a nova divindade do templo mesmo sendo uma humana comum sem qualquer tipo de poder. Sem contar na total desaprovação de Tomoe, o servo principal do templo e mensageiro divino de Mikage que não a aceita como sua nova superior.

Em um momento de perigo, Nanami acaba selando um contrato com Tomoe através de um beijo o que o obriga a protegê-la. Mesmo que pareça improvável, com o passar do tempo os sentimentos da menina vão se modificando para um amor que lhe oprime o peito principalmente por saber que é impossível ser retribuída. Assim, como nova divindade do templo, Nanami começa sua jornada no aprendizado de ser uma deusa e nos desafios que esse cargo lhe exige enquanto estreita sua relação com a raposa mal humorada e faz novos amigos.

Confesso que o anime não foi bem o que eu esperava. Não sei, achei a comédia meio fraca e a história, na segunda temporada, acabou seguindo um rumo que não me empolgou muito. Claro que não estou dizendo que o anime é ruim, de forma alguma, apenas não funcionou comigo. Não é um daqueles animes que eu veria mais de uma vez como Gosick e Kimi ni Todoke. Ainda assim, acho válido pra quem curte o gênero, dá pra ser um bom passatempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário