segunda-feira, 21 de abril de 2014

CDs que escutei até agora.

Eeei pessoas, bem, estou na semana de provas, ontem eu viajei enfim... O tempo de postar tá zero. Mas eu decidi fazer um post, rapidinho, com os últimos cds que eu baixei e o que eu achei deles.


  1. Child Of The Universe - Delta Goodrem (2012) - Véi, eu pesquisei ano passado pra ver se a Delta tinha dado sinal de vida e foi quando eu descobri que estava atrasada com o cd dela! Mas não consegui encontrar pra baixar em canto nenhum, até que finalmente este ano eu consegui e vou dizer, ela nunca decepciona. Se comparado ao meu álbum favorito dela, Mistaken Identity, o álbum novo está dentro do previsto. Eu destaco I wish you were here que me arrancou lágrimas por dias, Dancing with a broken heart que é viciante e Sitting of the top of the world que é cheia de energia. As letras são fantásticas, mas isso não é novidade, estamos falando da Delta! Valeu a pena.
2.
The life and times of a Scrooge - Tuomas Holapainen (2014) - Esse cd me desapontou um pouco, quando eu ouvi o single A lifetime of Adventure eu esperei um cd repleto da essência Holopainen, afinal o cara é inegavelmente um gênio em matéria de compor. Não sei se a temática do cd não ajudou, ou se o trabalho em si não me cativou mesmo. A maior parte das músicas é instrumental, tem o mínimo de voz e eu não curti muito. Achei que faltou algo.







3. Shine - Anette Olzon (2014) - Eu gostei muito desse trabalho solo da Anette, a música Floating gruda na cabeça. O cd é cheio de ritmo, um rock meio calminho e bem a cara dela na minha opinião. As letras são bem legais e é um daqueles cds que eu chamo de relaxante. A voz dela na minha opinião continua igual, com um timbre agradável, mas no cd a gente percebe como é mais livre porque afinal é mais a identidade dela nas músicas. Eu gostei.





4. Argia - Diabulus in Musica (2014) - Eu conheci essa banda no Long Live Symphonic, já com a música promocional do álbum Inner Force. A banda é muito boa, eu ouvi os outros cds deles e não percebi nenhuma diferença de estilo, eles mantem um padrão legal dentro do metal sinfônico, o timbre da vocalista é fantástico e as músicas são muito boas mesmo! Inner Force e From the embers é o meu destaque.








Ainda esse ano tem o lançamento de The Quantum Enigma do Epica, cd pelo qual já estou surtando e Sacrificium do Xandria. Esperemos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário