quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

[Anime] Ayashi no ceres

Título Original: 妖しのセレス Ayashi-no-Seresu
Ano: 2000
Autor: Yuu Watase
Gênero: Drama, Romance, Shojo
Direção: Hajime Kamegaki
Episódios: 24
Nota:***
Sinopse: Aya e Aki são irmão gêmeos de uma poderosa e rica família chama Mikage. Suas vidas são perfeitamente normais, porém quando completam 16 anos são chamados para uma reunião na casa de seu Avô para receberem um presente especial. O presente na realidade é um teste, e Aya falha. Sua memória é despertada e é provado que ela é a reencanação de uma Tennyo chamadaCeres e de acordo com a lenda da família essa Tennyo só traria destruição, então resolvem mata-lá. Aya sem saber o que está acontecendo consegue fugir da mansão com a ajuda de Suzumi Aogiri e Yuuhi Aogiri e Tooya, a qual se apaixona no decorrer da série.

Achei esse anime por acaso. Estava vendo uns vídeos no youtube e apareceu uma cena de Aya e Touya nos vídeos relacionados, gostei e decidi fazer uma busca pelo anime, o plot pareceu interessante então comecei a assistir. Para ser um drama antigo ele realmente me surpreendeu bastante, Aya e Aki são gêmeos prestes a completar 16 anos (essa deve ser a idade do sucesso, só pode) e levam uma vida completamente normal como alunos do ensino médio e irmãos que se odeiam em seu amor fraterno. Em um estranho incidente quando estão voltando para casa depois da escola, ela conhece um estranho por quem fica encantada. Tudo muda quando são levados pelos pais à casa de seu avô no dia do seu aniversário, lá, os dois recebem um estranho presente e, quando Aki abre, os dois vêem uma mão mumificada que provoca em Aya uma estranha reação, ela então é declarada uma ameaça e condenada a morte pela própria família. Sem entender nada e tendo seus próprios pais como inimigos, ela se vê injustamente na mira do avô que ordena ao pai que a mate, mas ele hesita e é assassinado na frente de Aya com um tiro na cabeça. Algo dentro de Aya desperta ao presenciar a brutal cena e, minutos depois, ela está parada sobre o alto de uma árvore, sendo encontrada pelo estranho que vira no incidente da escola que, para calá-la, a beija. Ele se diz chamar Touya (como foi traduzido nas legendas do meu anime, ainda que se pronuncie Tooya como escrito na sinopse) e permite que Aya seja levada por outro completo estranho que aparece para salvá-la da família.
Horas mais tarde, quando acorda, Aya está na casa de uma estranha mulher, ao lado do garoto que a salvou - cujo nome é Yuuhi - e a mulher lhe diz que ela é a reencarnação de uma tennyo. Tennyos são espécie de anjos, mais ou menos, seres etéreos e meio divinos que vinham à terra, porém, no caso desta tennyo em especial, ela foi aprisionada na terra contra sua vontade. Aya logicamente não acredita em nada daquilo e acha que é um pesadelo, só um mal entendido, ela vai rever Aki - que se machucou profundamente aparentemente por causa dela - e a mãe e tudo vai ficar bem, assim, ela volta para casa, mas não encontra ninguém lá. Ela passa a noite em casa e vai ao hospital atrás de Aki e da mãe, ao chegar lá, a mãe dela a ataca acusando-a de matar o pai, e mesmo que Aya insista que não foi ela, a mulher parece surda aos seus apelos. Yuuhi aparece no quarto e encontra no lugar de Aya uma mulher de cabelos azuis, ela diz que se chama Ceres e é a tennyo que foi aprisionada pela família mikage, o quarto explode e a mãe de Aya fica em coma. 
Ceres diz que vai matar todos os Mikage por terem roubado seu hagaramono, objeto que a conduziria de volta para o céu, mas quando tenta atacar a mãe de Aya, Yuuhi a impede, Touya aparece e é atacado por Ceres que o envia para uma espécie de dimensão paralela. Yuuhi beija Ceres para trazer Aya de volta. Na casa do avô, Aki acorda e mesmo ainda muito ferido, foge para procurar Aya, no caminho é atacado por uns caras e Touya aparece para salvá-lo, ele o leva para ver Aya na casa de Suzumi e Yuuhi, os dois finalmente se reunem, mas no meio da noite Ceres aparece e tenta matar Aki, Touya a impede e leva Aki embora, ele não entende nada. Yuuhi beija Aya para trazê-la de volta e ela vai atrás do irmão que já foi levado por Kagami - primo e segundo chefe de sua familia - de modo que ela só encontra Touya lá, ele se oferece para levá-la para seu apartamento e Aya descobre que ele não lembra nada sobre seu passado, tudo que sabe é seu nome e o sobrenome Mikage. Cansada, Aya chora lamentando toda sua situação, Touya a abraça e ela acaba adormecendo, estranhamente surpreendida pelos seus sentimentos por ele.
A partir daí, a história começa a girar em torno de Ceres e do seu passado, Touya age como uma espécie de agente duplo, ao mesmo tempo que cumpre as ordens de Kagami, ainda que contra sua vontade, ele mantem Aya informada de tudo que acontece e a protege da família. Aki começa a agir estranhamente tratando Touya como um inimigo, descobre-se então que ele traz em si uma espécie de ancestral do homem que aprisionou Ceres na terra. Kagami passa a fazer experimentos usando o sangue de Ceres para fazer novas tennyos e a caçar descendentes que apresentem os sinais de tennyo. Aya, com a ajuda de Touya, Yuuhi, Suzumi e outras pessoas que encontra na jornada, busca pelo Hagaramorno de Ceres, única forma de mandá-la de volta para casa e salvar a si mesma e as pessoas que ama.
Há algumas coisas bem bacanas no anime como as lendas envolvendo gêmeos fraternos, embora eu tenha feito algumas pesquisas e não tenha conseguido encontrar nada a respeito fiquei interessada e tive algumas ideias bem legais para histórias. Também não achei muitas coisas sobre Tennyos em outras culturas embora no anime também cite isso, acho que o mais parecido com a nossa cultura seriam anjos mesmo. O anime segue um ritmo bem lento de alguma forma e, pelo que vi, dizem que é bem mais leve que o mangá no que se refere ao relacionamento de Touya e Aya, imagino que deva rolar um ecchi/hentai no mangá, no anime não amostra nada, em compensação ele é bem violento, tem muitas cenas realmente brutais, ainda bem que não é nada explícito, ainda assim dá uma sensaçãozinha de incômodo para quem não curte animes sangrentos. Tem um pouco de incesto, porque Aki acaba se deixando dominar pelo ancestral que é obcecado por Aya, nesse ponto achei a trama um pouco estranha, porque não é como aqueles animes de incesto que normalmente são bonitinhos, nesse caso é algo mais carnal mesmo, do tipo "milha mulher" e Aya não retribui os "sentimentos". A história de Touya é outro trunfo muito bom no anime, ele começa como um cara sem passado e o anime joga com a gente até contar a verdade sobre ele. O passado de Ceres também nos pega um pouco de surpresa, ou seja, nem tudo que parece é. Achei isso bem bacana, mas o final me decepcionou um pouco, além de ter ficado em aberto de alguma forma, deixou aquela sensação de que não foi satisfatório, pois o destino de Aya e Touya seria incerto de alguma forma e isso me desmotivou um pouco. Não sei como acaba o mangá, mas o anime me deixou meio chateada nessa parte. Basicamente, deu a entender que ela vai ficar definitivamente o resto dos dias com Yuuhi ainda que ele tenha tentado nos fazer acreditar que não. Mesmo assim, acho que é uma boa pedida para quem gosta de fantasia e ação com romance. Recomendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário