domingo, 25 de dezembro de 2016

Mars ~tada kimi wo aishiteru (filme)

Título Original: MARS~ただ, 君を愛してる~
Título de Lançamento: Mars: tada kimi wo aishiteru
Ano: 2016
Gênero: Romance, drama
Direção: Saiji Yakumo,

Sinopse: O live-action é a continuação da historia do dorama MARS: Tada, Kimi wo Aishiteru e estreou em janeiro deste ano e que será concluída nessa nova adaptação.

Kashino Rei é um rapaz rebelde que ama velocidade e acaba se apaixonando pela tímida estudante de artes Aso Kira. Porém, Kirishima Makio é jovem que não mede esforços para conseguir o que quer e será o responsável por muitos obstáculos que Kira e Rei vão encontrar para ficar juntos.

Se vocês acompanham o blog sabem que eu estava surtando por esse filme, sou uma fã da versão original de Mars e devorei esse drama com gosto embora as mudanças no enredo tenham me deixado um pouco chateada. O Kingdom disse que legendaria o filme, que foi lançado em junho deste ano, mas acho que com os muitos projetos, não saiu e eu, impaciente como sou, comecei a procurar em qualquer lugar pra ver, fosse com legenda em inglês, fosse sem legenda nenhuma. Acabou que eu consegui um com a legenda em inglês (LINK AQUI) e sanei minha curiosidade. Com as divergências de enredo da versão taiwanesa para a japonesa, eu imaginei que o filme contaria com algumas surpresinhas e não me enganei, na sequencia do dorama, Rei e Kira começam a sofrer um certo abalo em sua relação quando ela passa a ficar estranhamente frágil e distante, preocupado com a namorada, Rei tenta compreender a situação e desconfia que Makio tem alguma coisa a ver com isso. A verdade vem a tona quando Kira é atacada na rua e não suporta que Rei encoste nela, ele tenta entender a situação, mas Makio não está disposto a desistir e vai tentar mantê-los afastados e fazer Rei voltar a ser violento e impulsivo como antes. Quando seu plano vai por água a baixo, ele se empenha em tirar Kira do caminho, a qualquer preço.
Eu confesso que as expectativas que eu tinha com o filme foram meio frustradas, apesar de ele ser um desfecho bom para o dorama, os acontecimentos foram retratados muito rápido de modo que não deu para saborear as cenas direito, Makio está cada vez mais psicopata, sádico e tosco que nunca, ainda assim, no fim do filme não mostra o que aconteceu com ele, não sabemos se foi preso, se matou-se ou o que.  Eles compilaram, creio que uns dez episódios de Mars em uma hora de filme, então foi tudo muito corrido e algumas cenas eu achei meio sem emoção. Por exemplo, o modo como Ling descobre que Qi Luo foi violentada me fez chorar horrores, no filme não passou essa emoção, ficou meio distante. A cena da 'reconciliação" de Rei e Kira na praia também foi meio superficial, sei lá, não tocou sabe? A primeira vez deles foi bonitinha e tals, mas na versão original foi mais fofa. Enfim, o filme não superou as expectativas que eu tive com ele e, ainda assim, eu gostei um pouco. Mas continuo achando a versão Taiwanesa superior.


2 comentários: