segunda-feira, 1 de abril de 2013

Death

Meu avozinho nos deixou... Na sexta feira ele entrou em coma e ás 23:30 do sábado ele partiu. Não tenho palavras que expliquem o que eu estou sentindo, o que eu senti. Tento me convencer de que ele descansou, estava sofrendo muito e agora está no céu, ao lado da minha mãe, tia e do David... Mas nem esse pensamento é o bastante para me confortar. Está sendo extremamente doloroso aprender a viver sem vovô, não ver a cabecinha branca dele quando chegávamos em casa, ouvir os passos pesados dele pela casa... Quem veio pra cá chorou e foi embora, mas nós que ficamos com a pior parte: Aprender a viver sem ele. Hoje começa a minha semana de provas, não tenho cabeça para estudar, não consigo me refugiar em nenhum lugar, não consigo fazer mais nada. A casa parece que ficou maior assim como o vazio enorme que eu trago dentro de mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário