quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

O Estrangulador - Sidney Sheldon

Informações:

Título Original: The Strangler
Autor: Sidney Sheldon
Ano de Publicação: 1991
Gênero: Suspense, Romance, Policial
Páginas: 178

Sinopse: A história de "O Estrangulador" se passa em Londres, onde uma série de assassinatos de mulheres chama a atenção da polícia, que manda um jovem policial, Sekio Takagi para investigar essas misteriosas mortes, até que um dia uma de suas vítimas, Akiko Kunomori, escapa e começa a cooperar com a polícia.

O que eu achei: O livro é bem direto e nós acompanhamos a história sob três perspectivas, a de Seiko, o detetive; a de Akiko a vítima que escapou e a de Alan, o assassino. Podemos ter uma visão da vida de cada um até aquele ponto da história e como as histórias se interligam. Alan viu a mãe trair o pai aos doze anos então desenvolveu ódio por ela e desprezo por todas as mulheres julgando-as todas iguais à sua mãe: prostitutas mentirosas. Ele tem uma personalidade fria e insana, se acha um deus por ter o poder de escolher quem morre e quem vive, um caso semelhante a Light Yagami de Death Note. A escrita do livro é bem direta e sem descrições, o que torna a leitura bem rápida na verdade, ainda que a gente meio que anseie por um algo mais, acho que pelo costume com uma literatura mais descritiva. Esse é o segundo livro de Sheldon que eu leio, não sei se lembram, mas alguns anos antes eu fiz a resenha de A Senhora do Jogo, disseram que o livro não era dele, mas de outro autor que colocou o nome dele para vender, de fato, quando me lembro do antigo livro e o comparo com este é notável as divergências de narrativa. os personagens de O Estrangulador ainda que não sejam muito marcantes, tem características distintas e cumprem um papel decisivo na trama, o desenrolar amoroso que é segundo plano na história também é abordado de forma delicada e diria até mesmo tímida, gostei do fato de os personagens serem asiáticos, curti muito isso! 
Alan mata sempre em dias chuvosos porque estava assim no dia que ele seguiu sua mãe e descobriu que ela traía seu pai com outro homem, ele espera as vítimas desavisadas com um guarda chuva do lado de fora de um supermercado e se oferece para levá-las para casa, quando chegam à uma rua escura, ele as espeta com a ponta do guarda-chuva e elas deixam cair as compras - que ele levará para casa - então ele as estrangula com uma corda e vira a cabeça delas para cima para que a chuva "lave seus pecados". Seiko Takagi é um jovem policial que tem mérito na polícia inglesa por já ter resolvido vários casos difíceis e é convocado para assumir o caso do estrangulador, inicialmente ele encontra resistência e dificuldade ao aceitar, não há pistas e nem padrão até que Akiko Kunomori, uma jovem e bela escultora é atacada por Alan, mas sobrevive graças a um táxi que aparece, ao ser interrogada por Seiko, Akiko conta como foi sua experiência traumática e promete fazer uma escultura com o rosto do assassino para que seja divulgado em toda Londres. O que ela não sabia é que Alan estava à espreita e a sua ideia pode ir de uma vez por água abaixo.
Em uma visão geral eu dou 4 ao livro. Me lembrou um pouco a história de Nudez Mortal da Nora Roberts, me pergunto se ela é fã de Sheldon. A história é bem rapidinha e tem uns momentos tensos que dá pra agradar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário