quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Meio que correndo...

Tive sorte de acordar cedo, bem relativamente cedo, mas deu tempo fazer o trabalho de leitura e produção de texto e baixar o livro de metodologia científica. A faculdade ta no primeiro período, mas ja parece um século, ta sendo um desafio e tanto pra mim... Espero que eu 'guente' embora não vá desistir assim tão rápido!
A tarde eu fui ao médico, bem eu não o vi propriamente por uma questão de tempo, acabei só pegando o meu remédio e indo resolver minhas coisas... Tinha que pegar o livro que pedi que minha irmã encadernasse e ainda tinha que estudar o livro da aula de linguística! E esse último eu vou terminar na faculdade, pelo visto eu vou ter que começar a virar a noite :/
Acho que, ao invés de pedir pro médico trocar o meu remédio eu vou tentar métodos alternativos para descobrir o que de fato está me 'incomodando' tanto, organizar o meu tempo e procurar a falha que está me deixando angustiada, tensa e com tanto medo... Embora parte disso tenha a ver com a faculdade, eu me sinto pequenininha lá dentro, é meio tenso...
Na aula de linguística de hoje o professor falou uma coisa que me fez pensar muito... Eu sei a qualidade de metal que eu escuto e acho que tem uma lacuna enorme entre a crítica religiosa e o satanismo. A igreja não tem um passado muito 'limpo' e de certa forma temos que pensar criticamente o que ela prega e o que ela faz na pratica, e mesmo que eu seja cristã posso dizer que em grande parte o resultado não é tão positivo. Mas daí a julgar todo metal de satanista é dizer que todas as pessoas são iguais quando sabemos que não são. Há algumas que se safam!
Ele falou que quem escuta metal ou mesmo tende ao lado do goticismo ja tem, mesmo que indiretamente, um pacto com o diabo simplesmente pelo tipo de musica que resolveu escutar... Não que eu concorde com isso, mas me fez pensar sobre algo: O que realmente importa pra Deus? Será que ele se preocupa com o que eu escuto ou com o que eu faço com o que escuto? Exemplificando: Não é porque uma pessoa escuta uma musica que diz na letra: 'minha alma clama por um túmulo' que ela vai, propriamente atentar contra a propria vida! É um absurdo! As musicas que eu costumo ouvir, como Epica, Nigthwish, Xandria, Tarja... Falam de religião as vezes, mas em forma de crítica, assim como tratam de amor, de sociedade, de pessoas, de tudo. Eu nunca ouvi uma música de alguma das bandas que eu curto chamando o diabo de 'pai' como Ozzy osbourne costuma fazer ¬¬' acho que generalizar é sacanagem! Eu gosto de preto, eu escuto metal e nem por isso sou 'adoradora de satanás' acho que estilo é uma coisa e caráter é outra, ambos são distintos.
O trabalho na faculdade ta rendendo, hoje ja foram marcadas as duas primeiras provas! E acabou que nessa sexta vamos conhecer uma professora nova, uma notícia que não me agradou nem um pouco, mas eu vou deixar a criatura se apresentar primeiro antes de detestá-la :/
Eu ando sem tempo de escrever, estava pensando nisso hoje, talvez em parte a minha frustração esteja ai... Eu estou me distanciando das coisas que me fazem bem por estar focada ao extremo na faculdade que cada dia me preocupa mais... Se eu tirar uma nota baixa que seja, como eu tenho CERTEZA que vou tirar, voces vão me ver louca, desesperada, depressiva e preocupada em dobro! Mesmo assim vou me esforçar ao máximo pra continuar postando Inesperado Amor aqui :) embora com o rumo das coisas eu não possa prometer muita coisa :(
Agora eu tenho que ir, trabalhos e mais trabalhos para fazer... E pensar que é só o primeiro período!

Nenhum comentário:

Postar um comentário