sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Noble, my love

Título Original: 고결한 그대 /Gogyulhan Geudae
Gênero: Comédia Romântica
Total de episódios: 20
Ano: 2015
Direção:  Kim Yang Hee
Escritor:  Go Gyul
Roteiro:  Ji Soo Hyun
Elenco: Sung Hoon as Lee Kang Hoon
Kim Jae Kyung as Cha Yoon Seo
Park Eun Suk as Woo Sang Hyun
Kim Dong Suk as Lee Kang Joon

Sinopse: Lee Kang Hoon (Sung Hoon) pode até ser o presidente de uma das maiores empresas do mundo, mas ele ainda tem algumas coisas para aprender sobre as pessoas. Depois que ele escapou por pouco de um esquema de sequestro, Kang Hoo recebe um curso intensivo sobre paixão quando ele encontra um porto seguro na doce veterinária chamada Yoon Seo (Kim Jae Kyung). Mas será que o frio CEO será capaz de reconhecer o que é carinho e bondade?

Cha Yoon Seo leva uma vida difícil, mas feliz fazendo aquilo que ama: salvar animais. Apesar de todas as dificuldades financeiras, ela se formou com louvor na universidade e batalha para pagar seu empréstimo estudantil e o financiamento que fez para abrir sua pequena clínica. Para isso, ela trabalha a qualquer hora do dia, noite ou madrugada, atendendo animais em fazendas ou na própria clínica. Em seus 30 anos, ela não tem quaisquer perspectiva de se casar, embora sonhe em encontrar o homem de seus sonhos.
Lee Kang Hoon é o CEO da renomada D.O.L, uma empresa especializada principalmente em marketing comercial, devido a uma ocorrência em seu passado ele se recusa a dar seu coração a qualquer mulher. É um homem totalmente voltado para o dinheiro e o trabalho em sua empresa. Um dia, enquanto filmava um comercial em que era necessário um cachorro como parte do elenco, ele tem dor de cabeça quando o cachorro acaba fugindo do estúdio e, ao ir atrás dele, acaba encontrando-o com uma mulher que está dando água para ele.
Ao tentar levá-lo de volta - à força - para o estúdio, é repreendido pela mulher que explica as condições do animal e o motivo de ele ter fugido do estúdio, além de chamá-lo, para sua completa estupefação, de insensível. Eles pensam que nunca mais vão se encontrar e isso realmente aconteceria se alguns dias depois Kang Hoon não fosse sequestrado e ferido com uma faca enquanto lutava contra seus captores. Ele consegue andar até uma das ruas desertas da cidade sob uma pesada chuva, mas a perda de sangue lhe obriga a parar.
Yoon Seo estava assustada com os pesados trovões e relâmpagos enquanto seguia sob a chuva torrencial para atender um paciente. No meio do caminho ela encontra um homem ferido, aproxima-se para ver se ele ainda está vivo e quando tenta ligar para a polícia ele a impede. Sem saber o que fazer ela o leva para sua clínica e avalia o ferimento, mantem ele consciente e explica que não é habilitada para tratar humanos, ainda assim, trata a ferida e sutura como uma profissional.
A partir desse episódio, Kang Hoon ficará em dívida com aquela veterinária cheia de vida que não está nem um pouco interessada nos seus milhões. Determinado a pagar sua dívida não importa o que faça e muito interessado em conhecer a dinâmica da mente daquela mulher, ele vai utilizar de todo o seu poder para conseguir o seu objetivo, tirando um a um todos os obstáculos do seu caminho.

O "50 tons de cinza coreano" é como ouvi chamarem esse dorama. Eu assisti por dois motivos básicos: Sung Hoon foi o primeiro, tenho uma quedinha por ele desde que o vi em Oh My Venus, o segundo foi o fato de cada episódio ter em torno de 12 a 14 minutos. Só posso dizer que, apesar de não ter lido 50 TDC, e me baseando apenas pelo que vi no filme (e por sinal não gostei muito) se o livro fosse como esse drama, eu teria lido a trilogia em dois tempos. O drama é muito leve, engraçado e, apesar de algumas falhas principalmente por causa do formato, é muito superior a história criada pela americana, tem o "jeitinho asiático" de fazer um romance ser sexy e fofo e acredito que seja descaradamente baseado no romance "erótico" da E.L.James.
Primeiramente, a personalidade da Yoon Seo é irritante. Sim, ela me enfureceu MUITO. Diante de Kang Hoon em diversas situações ela soube se impor, soube dizer não claramente, soube brigar e se defender, mas era uma completa inútil em outras situações, como, por exemplo, quando estava diante da odiosa ex-colega de faculdade cuja vida era pô-la para baixo. E ela deixava, não dizia uma única palavra em defesa própria. Isso me tirava a paciência.
Outra coisa, apesar de ter sido consideravelmente suavizada no dorama, não há como aprovar a conduta "abusiva" de Kang Hoon, utilizando de golpes baixos para obrigar Yoon Seo a fazer o que ele queria, embora ele não fosse um stalker obsessivo como Grey, não pude desculpar essa conduta. O famigerado contrato também aparece no dorama, entretanto é apenas um modo de Kang Hoo conseguir que Yoon Seo se torne sua namorada de mentira sob seus termos, entretanto não há nada muito ridículo como no filme de 50 tons em que a "submissa" deve cumprir os deveres básicos de higiene que é o mínimo que se espera de qualquer pessoa. Ela apenas precisa responder a ele quando ele chamar do contrário há uma multa a ser paga por quebra de contrato.
O fato de o drama ter apenas a média de 15 min por episódio não dá espaço pra muita coisa, de modo que a história ficou com algumas falhas que poderiam ter sido melhor exploradas se fosse de pelo menos quarenta minutos. O final, apesar de bom, foi muito mal elaborado, de modo que deixou aquela sensação de "sério?". Em um geral, de 0 a 10 eu dou 7.

Nenhum comentário:

Postar um comentário