terça-feira, 19 de junho de 2012

Dia 02

Sobrevivi ao segundo dia, mas confesso que ainda ta piorando cada dia ta mais difícil, hoje eu quase caí na lágrima de novo... Mas ja aprendi que quando eu estiver assim tenho que ocupar a minha cabeça e hoje eu tive um dia bem ocupado rsrsrs fui com a minha irmã para a fisioterapia, depois a gente foi pegar umas encomendas que ela fez que deu errado, um monte de coisa hoje deu errado, mas ate que no final o dia saiu bem. Quando chegamos em casa depois que eu devorei dois sorvetes e uma batata frita, fiz oito trabalhos de espanhol, e detalhe: Os oito em espanhol!
Acordei com uma dor horrível no pescoço, fiz uma massagem mas parece que não ajudou muito ainda ta doendo pra caramba. Amanhã eu vou pro Centro de apoio psicológico onde eu faço tratamento pra ver se o meu remédio chegou, to começando a sentir falta dele, não porque eu dependo dele pra alguma coisa porque modéstia parte eu ate to me saindo bem sem ele esses dias, o que eu quero mesmo é continuar meu tratamento e sinto falta do bem estar que ele me causa, sem falar nos quilos que ele me faz perder rsrsrsrs to comendo muito desde que parei de tomar!
Não to me saindo muito bem na fase: Esqueça o Julio, ele não te quer mais. Ta doendo demais, embora eu me empenhe em não me deixar dominar pela tristeza não esta sendo nada fácil, é como se eu tivesse que encarar que tudo que eu vivi foi uma mentira... um sonho que me acordaram quando estava prestes a ficar na melhor parte... E isso ta doendo mais do que eu acho que aguento... Mesmo com o apoio dos meus amigos, da minha mãe e irmã que estão sempre "supervisionando" meu grau de força, ta sendo muito difícil encarar essa barra...
Eu não queria que ele tivesse me afastado... Queria passar com ele por isso... Superar essa etapa difícil... Mas ele não me quer perto... Como vou obrigá-lo? O que posso fazer?
Hoje, a minha irmã me deu um presente muito fofo... Quando estávamos na livraria ela me comprou um chaveirinho... Que eu achei muito lindinho

Eu amo cachorrinhos e esse é uma gracinha, eu morro de vontade de ficar apertando ele, só que como ele é de resina não é lá muito fofinho pra ficar apertando. Nem adianta contestar com a minha irmã, vai chegando perto do meu aniversário ela compra um presente matriz e vai me entupindo de presentes filiais ate o dia! No domingo como eu falei ontem fui para casa da minha avó... Eu tinha chorado aquele dia, mas me empenhei em sorrir, afinal não quero deixar a minha mãe triste e eu sei que ela fica mal quando me ve mal, nem queria preocupar a minha família, sem falar que chorar faz mal pra mim também... Tirei umas fotos nesse dia, quero compartilhar com voces também ^^


Como eu escrevi no meu facebook ontem quando a gente sorri da a si mesma força para seguir em frente... E eu não posso parar agora... Tirar a aliança foi uma das partes mais complicadas... Mas acho que não fazia mais sentido continuar usando... A aliança de verdade está em volta do meu coração e nem que eu quisesse conseguiria tirar. Quem não tem problemas que se tranque em casa. Todo mundo tem, uns mais graves que outros, mas é a forma que a gente lida com eles que faz a diferença na nossa vida e principalmente dentro de nós, com essa do Ju eu aprendi que não se deve colocar nada na cabeça de Deus, deixa que ele cuida de tudo do jeito dele, não adianta tentar entender, apenas se preocupa com o momento que ta vivendo agora, ninguém sabe se vai ta acordado daqui a uma hora ou no dia seguinte... Lá em cima o dono do pedaço ta olhando o resto, deixa ele com tudo, no fim das contas é ele que manda mesmo u.u' então se preocupar pra que? Vai ser tudo do jeito dele mesmo e a gente não vai poder reclamar!
Pois é gente, por hoje é isso! Amanhã eu volto com mais progresso ou mais tristeza!
Beijos =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário