sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Resenhas do Nyah: Coraline



Coraline Bay, 15 anos. Uma menina alta, magra, de cabelo acastanhado, aparentemente muito comum. Em meio a comprimidos, sonhos atormentadores, diálogos insanos e consultas com seu mais novo amigo e psicólogo, descobre aos poucos um passado cujo nem ela se lembrava.
Classificação: +13
Categorias: Originais 
Gêneros: Drama, Tragédia
A pergunta que não quer calar: O que aconteceu com Coraline Bay? A história gira em torno da garota de quinze anos que até então mora na rua com outros pedintes. No seu aniversário, Coraline decide ir atrás do seu passado, descobrir o que a fez ir embora de casa e o que houve com seus pais, na descoberta que os dois estavam mortos ela recorre a tia Elisabeth, uma mulher extremamente rica e esnobe. A mulher acolhe a menina em casa e passa a cuidar dela sem manifestar-lhe o menor afeto. Receosa com algum trauma que a menina possa ter sofrido a mulher a leva à um psicologo, Arthur Miller, com ele Coraline vai desvendar os segredos de seu passado e descobrir o que o futuro lhe reserva.
Coraline é um mistério. Um convite a nos tornarmos expectadores da mente conturbada da menina que procura respostas para uma vida que parece ter passado diante dos seus olhos como um flash. A cada capítulo você fica mais curioso e ao mesmo tempo consegue se colocar no lugar dela, se vê naquela situação, sentir na pele as sensações, a tensão.
De mesmo nome que um dos desenhos que eu mais gosto, assim como a pequena Coraline Jones, Coraline também tem que encontrar as peças que a ajudarão a se libertar dos seus medos, descobrir o seu passado e entender o que provavelmente sua existência significa. É escrita pela minha xará Catarina Lince, em um português padronizado e de forma envolvente.

Link para ler: Coraline

Um comentário:

  1. Ah, Kath! Que doce você! Obrigada por esse post dedicado à minha menina, fiquei bem feliz ao ler.

    ResponderExcluir