segunda-feira, 30 de abril de 2018

[Anime] Gosick


Informações:

Título Original: ゴシック rr: Goshikku lit. gótico
Genero: Drama , Mistério , Romance
Autor: Kazuki Sakuraba
Direção: Hitoshi Nanba
Estudio: Bones
Episódios: 24
Status do Anime: Completo
Ano: 2011

Sinopse: A história de GOSICK acontece no ano de 1924 em uma pequena nação européia, a fantasiosa Saubure. O anime se concentra em Kazuya Kujo, o terceiro filho de um Soldado Imperial Japonês, que está estudando por intercâmbio na Academia Santa Margarida, onde as lendas urbanas e histórias de terror são assunto comum. Lá ele conhece a Victorique, uma garota linda e misteriosa que nunca aparece nas aulas e passa todo o seu tempo na biblioteca, devorando todos os livros ou resolvendo mistérios que os detetives não conseguem resolver. Acompanhem Kujo e Victorique enquanto eles se esforçam para resolverem todo o tipo de mistério assustador.

Se você é fã de Agatha Christie e Sherlock Holmes então esse anime é super recomendado para você! Eu vejo muito pouca gente falando sobre Gosick mesmo sendo um anime tão foda. Não sei quanto ao mangá porque todo canto que eu procuro tá em andamento (e eu só leio mangá finalizado, sou ansiosa demais pra esperar) nem mesmo as novels achei pra ler.

Basicamente, a história se passa numa academia chamada Santa Margarida localizada em um país europeu imaginário que fica ali ao lado da França, chamado Saubure, uma das coisas interessantes desse anime é que ele se passa um tempo depois da primeira guerra mundial - que é mencionada - e antecede a segunda que viria acontecer em 1939 até 1945 e ele é cheio de referências políticas sobre isso, a mais escrachada, inclusive, é o discurso do Marquês de Blois que é claramente uma crítica ao nazismo que viria com o nascer da guerra alemã.

A história gira em torno de Kujo, um garoto japonês que é intercambista nessa academia e não tem amigos porque todo mundo tem "medo" dele, por causa de uma antiga história de terror, chamam ele de ceifador negro e ninguém quer se aproximar dele. Ainda assim, apesar de se sentir solitário, ele tenta não ligar para o que pensam dele, sua vida muda totalmente quando ele é levado para a biblioteca da academia e conhece Victorique, uma jovem de 16 anos que parece uma criança de 12, linda e absurdamente sagaz que o impressiona com sua aura misteriosa e sua inteligencia refinada.

Ao lado dela, Kujo vai se ver no meio das mais sombrias investigações envolvendo mortes chocantes e misteriosas em um quebra-cabeças que, inicialmente, parece totalmente sem qualquer ligação, com peças soltas que não parecem ter qualquer significado além de se ligarem às histórias de terror que rondam a história e o próprio país de Saubure, mas logo as peças vão se conectando entre si ligadas a um assassinato brutal envolvendo a monarquia do país e envolvendo o pai de Victorique e sua própria existência enquanto filha dele. Quanto mais se aproximam da verdade, mais perigosas as coisas se tornam e Kujo vai precisar de toda a sua força e coragem para conseguir sobreviver às provações e salvar a garota geniosa que aprendera a amar.

O anime tem uma história um pouco complexa que vai fazendo sentido bem devagar conforme a trama se desenrola e Victorique vai "resolvendo o caos" como ela mesma diz, envolve, inclusive, um pouco de misticismo e não entendi direito se há um apelo sobrenatural real ou não (pode ser apenas um acréscimo da crença em si). Principalmente porque apesar de serem considerados "lobos" apenas Victorique parece ser ultra inteligente e com o poderoso poder de dedução mesmo que a comunidade de sua mãe seja feita de um só povo. Os mistérios nos quais ela se envolve não perdem em nada para as tramas sombrias de Edgar Alan Poe, Agatha Christie e Arthur Conan Doyle, inclusive nada me tira da cabeça que o cachimbo que ela usa o anime inteiro é uma referência a Holmes.

Não apenas uma trama interessantíssima, mas Gosick conta com personagens muito carismáticos que fazem com que a gente se prenda completamente à narrativa e ver a evolução de Victorique (uma tsudere nítida) é muito gostoso e interessante, não apenas isso, mas as reflexões que o anime traz também são muito válidas. Fanatismo religioso, tortura psicológica, ideologias segregacionistas, sede de poder sem limites são apenas alguns dos temas, sem contar nas inúmeras referências maravilhosas que ele tem e uma trilha sonora incrível! Inclusive, a ending dos 12 primeiros episódios se tornou meu vício, fazia muito tempo que eu não ficava tão louca pela OST de um anime (que eu assisti todo), acho que a última vez foi Guilty Crown. Vou deixar o vídeo com ela aí embaixo e fica aqui minha mais que recomendação para ver esse anime maravilhoso e conhecer essa obra incrível que é Gosick!


Nenhum comentário:

Postar um comentário