segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Necessidade...

Eu decidi ativar o blog outra vez, mais por uma questão de necessidade mesmo, estava tudo certo para só reabrir as redes sociais em Abril, só que eu precisava conversar com alguém e não tenho ninguém com que fazê-lo então precisava do meu diário de volta...
Ninguém sabe dessa história, mas quando eu era criança, no dia do índio levaram a gente para assistir um filme no cinema e me lembro que uma vez contei isso no blog, em uma das cenas um índio cortava a garganta de um português e essa cena me aterroriza até hoje, mas não é meu único trauma com filmes... Alguns anos depois eu queria muito ver um filme do Danzel Washington (acho que era com ele) que ia passar na televisão... Bem no começo do filme mostrava o estupro de uma menina por 5 - Isso mesmo- 5 homens! Eu fiquei mais ou menos três dias sem dormir e com medo de todos os homens que pudessem chegar perto de mim. Porque eu estou contando isso? Simples, ontem minha mana e eu tivemos a ideia de ver um filme como fazemos nos fins de semana, eu escolhi um filme antigo de Lindsay Lohan porque sei que ela adora os filmes dela, já havia visto comentários péssimos sobre o filme, mas pensei que ele era fraco e me enganei... Muito feio. Na primeira cena de tortura me deu vontade de vomitar... Depois os gritos dela ficaram ecoando na minha cabeça e as imagens do dedo dela sendo cortado me assombraram o resto da noite, mesmo a minha irmã tendo desligado na hora não adiantou nada, nem mesmo eu tendo visto cartas para Julieta que é um dos meus filmes favoritos ajudou. Eu sempre tive esse trauma com facas desde criança, não suporto a ideia de ter uma parte de mim cortada... Seja qual for e tenho horror a cenas com sangue... Por algum motivo torpe esse filme idiota me causou um mal estar que até agora estou tentando entender, foi algo inédito, primeiro começou com um medo apavorante de sair, depois uma hiper preocupação com a minha irmã enquanto ela está na rua, hoje a tarde progrediu para uma crise de choro que eu não tinha ha muito tempo! Isso sem contar no desconforto de andar na rua sozinha a noite enquanto vou pra faculdade e volto pra casa.
É um dos motivos que me afastam de jornais, prefiro ser uma completa ignorante com o que acontece no mundo do que ficar sabendo dos crimes pavorosos que eu escuto todo dia... Porque eu sei que não é uma ficção como os livros... É real. Acontece com gente como eu, pode acontecer comigo. E as cenas ficam marcadas na minha mente, por mais que eu tente elas nunca deletam, se repetem e em algum momento da minha vida voltam para me assombrar. Pode parecer uma bobagem para algumas pessoas, mas isso me pega de tal maneira que parece um surto... Pela primeira vez em meses, hoje eu senti falta do remédio da depressão... Senti falta daquele controle quase frio...Então decidi ativar o blog outra vez... Precisava desabafar com alguém e não tenho ninguém com quem conversar, minha mana passa o dia fora, minha mãe ta sempre ocupada, meu pai nem se fala... E eu não sou uma pessoa com muitos amigos... Nem ninguém que eu possa ligar pra dizer: "Oi, posso ir ai na sua casa conversar um pouco?" geralmente eu faço esse papel de vez em quando, mas do lado que escuta... Não do que fala. Nunca pensei que ia ficar tão sozinha um dia... Mesmo embora eu sempre tendo preferido isso, hoje eu queria ter pelo menos um amigo para quem eu pudesse contar tudo e ouvir um "tudo bem, eu to aqui", mas não tem ninguém... Acho que nunca teve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário