quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Preconceito

Sabem, eu sempre fui acostumada a sofrer preconceitos de todos os tipos, mas por incrível que pareça sempre que acontece você sente uma dor nova e muito, muito pior. Na maioria das vezes, quando digo que sou BV as pessoas começam a me olhar de outra forma, na maioria das vezes incrédula até perceber que estou falando sério, ai elas começam a me fazer sentir um animal em extinção, como aconteceu hoje. Até parecia que eu tinha alguma doença contagiosa ou coisa do tipo isso claro além de me dizerem que por eu ter a idade que tenho não há mais como encontrar mais ninguém que "queira". Ok, vá lá que eu não sou essas coisas todas, mas também não precisa me tratar dessa maneira não é? Eu continuo tendo um coração batendo como todo mundo. E o fato de ser virgem não me faz inferior a ninguém, não quer dizer que eu seja idiota, muito menos santa. A única coisa é que eu não ando em festas sem futuro, não fico com alguém só pelo "rostinho bonito" e nem caio em qualquer conversa. Prefiro ler já que Evanescence ou Tarja nunca vem pra minha cidade, estudar pra ter um futuro - Se é que ainda é possível. - e tenho princípios que essa sociedadezinha medíocre de hoje não preza mais.
Só que as coisas que eu ouvi me magoaram muito... Fui  literalmente tratada como uma aberração. A parte "positiva" na história é que eu consegui desabafar e olha haja choro entalado na minha garganta viu! Minha cabeça dói insuportavelmente! Mas pelo menos deu pra extravasar de vez tudo que eu não tinha conseguido chorar nas últimas semanas, eu tinha muita lágrima reprimida. Nós vivemos numa sociedade que, ao meu ponto de vista, é muito estúpida. Qual é o sentido de dormir com o primeiro cara que você acha que é o cara da sua vida, ou então de sair ficando com meio mundo só pra não ficar sozinho. Isso sem contar nesses pressupostos ridículos de Ser magro, ter o rostinho de Hollywood para ser "aceito" pelos outros. Eu não tenho esse tipo de pretenção patética. Tenho valores considerados arcaicos, tenho princípios que já não se preza, tenho antes de tudo respeito por mim mesma e pelo meu corpo. E sinceramente todos os dias me convenço de que nasci no século errado e vocês não imaginam como me sinto chateada com isso!
Fora isso, hoje o meu dia foi corrido, mas muito bom. Como sempre o curso de inglês foi fantástico! Adoro o professor que é hiper inteligente e ministra a aula em inglês completamente e também amo meus colegas de turma que são maravilhosos! É raro eu me sentir tão bem no meio de pessoas que não conheço, mas de imediato eles me fizeram sentir a vontade. Há 4 em especial: Hévilla, Juan, Emerssom e Meire (acho que escreve assim o nome dela). Hévilla é linda, inteligente, tipão de modelo sabe, mas super humilde e quer ser designer. Uma fofa completa! Engraçada, extrovertida, meiga e hiper simpática. Assim como Meire, essa é literalmente uma graça de pessoa. Doce, divertida, esforçada, inteligente e simpatiquíssima! Ainda não conversei muito com ela, mas essa foi minha impressão nessas duas aulas. Um amor de pessoa.
Emerssom é uma comédia! Na sala é impossível não rir de algo que ele fale. É hiper inteligente e também pudera: O cara é músico. Provavelmente sua sensibilidade supera qualquer coisa. Ele e Hévilla são namorados e fazem um casal lindo combinam tão bem quanto sorvete e calor. Já Juan... - Le Pausa suspirante - foi empatia de cara. Logo na primeira aula achei o cara o máximo! Ele é bonito, inteligente (tíssimo), mas não me aprofundei muito nos meus conhecimentos sobre ele, provavelmente isso não acabaria muito bem e depois da experiência traumática do Raul (da qual já estou me recuperando com muita dificuldade) prefiro ficar longe de outra possível encrenca que o meu coraçãozinho teimoso esteja armando pra mim, até porque ele já está remendado o suficiente para andar atrás de confusão (mais confusão). Luanderson começou a fazer aula comigo hoje também, é legal conhecer alguém antigo na sala, mesmo com aquela pose de soldado que ele tem, eu me sinto bem com ele lá. Ele é uma ótima pessoa e é super inteligente também. Para minha surpresa nesse mundo pequeno, ele, Juan, Lucas ( o outro aluno que não foi citado) e Vandeilson se conhecem. Tem algo em comum: ANIMES. Sou leiga nesse assunto, anime pra mim só Inuyasha *------------------------*
A aula de linguística hoje foi como sempre maravilhosa, Gilberto Farias é o melhor professor que essa cidade já viu. Se houvesse mais professores como ele garanto que todas as escolas e universidades estariam formando com a máxima qualidade. Sem contar que ele é uma figura. Ainda estou rindo dos MONOTONGOS e se você não sabe o que é uma MONOTONGAÇÃO me pergunte porque certamente você já fez isso!
Depois que eu conversei com a Hévilla, com a minha irmã e me entupi de chocolate até que estou me sentindo calma o bastante para dormir sem correr o risco de ter um ataque de choro novamente. Sabem, Deus é maravilhoso... Quando ele sabe que você ta ferido você nem nota que ele envia as pessoas certas com o remédio que você precisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário