quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O Livro de Cam - Lauren Kate

Título Original: Unforgiven
Série: Fallen #5
Ano: 2016
Páginas: 308

Sinopse: Cam sabe o que é tormento. Ele viveu mais no Inferno que qualquer anjo jamais deveria. Seu mais recente martírio se chama ensino médio. E o belo anjo está ciente da ironia nisso tudo. Mas após a escolha de Luce e Daniel, Cam não pode deixar de sentir que chegou a hora de também se render a única coisa que o leva mais alto que as próprias asas: o amor.
Assim, Cam sela um pacto com o diabo... Para tentar libertar das garras de Lúcifer a única alma que já amou: a mortal Lilith. A garota habita um purgatório particular em sua existência nos círculos do Inferno. Cada um escolhido e arquitetado com esmero pelo demônio. Tudo por causa de Cam… e seus pecados. No mais recente, ela é a pária da Escola Preparatória Trumbull. Nenhum amigo, nenhuma esperança.
Mas, se em quinze dias Cam reconquistar Lilith, ela será libertada. E ambos poderão viver o amor que um dia o anjo renegou. Caso ele fracasse, há um lugar de destaque o guardando além da Muralha das Trevas. O livro de Cam é mais um emocionante capítulo na saga de Fallen, que em breve chega aos cinemas pelos estúdios Disney. Uma história envolvente repleta de mitologia, romance e suspense — em Fallen o amor nunca morre.

ATENÇÃO, SE VOCÊ NÃO LEU OS DEMAIS LIVROS DA SÉRIE, ESTA RESENHA PODERÁ CONTER SPOILER DOS LIVROS ANTERIORES.

Não havia dúvidas que assim como os demais livros da série Fallen, Lauren Kate seria arrasadora neste. Após Luce e Daniel terem abdicado da sua angelicalidade para viverem uma vida mortal, parece que as portas das oportunidades se abriram para todos os anjos, mesmo um quase demônio como Cam. Agora, Luce e Daniel haviam morrido e, mesmo que sua história de amor fosse aparentemente um modelo para todos que acompanharam sua trajetória través dos tempos, mas não para Cam, que acreditava que o amor era moldado de acordo com cada um e não algo restrito a Luce e Daniel. Agora, sem mais o que fazer, ele até mesmo sentia falta da atração que os amantes lhe traziam cada vez que Lucinda voltava a vida, mas estava disposto a cuidar dos seus próprios assuntos, talvez, fosse a hora de ir atrás do seu próprio amor perdido: Lilith. Ele imaginava que ela já estaria morta, era impossível que ainda vivesse mil anos depois, ao contrário de Luce, que era um Arcanjo Celestial, Lilith era uma mortal, procurou por informações de sua alma no paraíso e qual não foi seu choque ao descobrir que a alma de sua amada estava com Lúcifer, no inferno.
Desesperado para libertar a garota do seu coração e descobrir o que realmente acontecera para que Lilith acabasse no inferno, Cam acaba entrando em um acordo com Lúcifer que lhe dá 15 dias para transformar o profundo ódio que Lilith nutre por ele em amor, assim como Luce, ela não sabe quem ele é e não lembra de nada do seu passado, vivendo em um mundo minunciosamente arquitetado pelo diabo, ela é uma artista pobre, que vive uma visa miserável em uma cidade onde todos a odeiam. Lilith não tem amor próprio ou qualquer felicidade em sua vida. Até conhecer Cam. Mas há algo nele que a irrita profundamente, que a obriga a rechaçá-lo. Enquanto seu tempo passa, ele se esforça para trazer luz à sua vida, se propõe a montar uma banda com ela, pois sabe que tudo que Lilith mais ama é música, mesmo com a indiferença e a raiva que ela sempre lhe demonstra ele corre incansável contra o tempo para que ela tenha uma vida melhor, amigos, autoconfiança até meso a saúde de seu irmão. Enquanto transforma a vida de Lilith, Cam transforma a si mesmo, suas asas douradas começam a embranquecer, mas é claro que o diabo não vai deixar que ele vença tão facilmente, seus jogos doentios começam a pôr Lilith contra ele, sabota todos os avanços que Cam consegue e sempre que a menina está próxima de amá-lo, Lúcifer põe tudo a perder.
Nos 42 do segundo tempo, Cam se pergunta se ainda consegue lutar, se vai conseguir salvar Lilith das mãos de satã, mas de uma coisa está certo, mesmo que precise perdê-la, ele vai libertá-la de Lúcifer ainda que precise ficar no lugar dela.
O livro foi uma mistura de Tormenta e Paixão, Lilith muitas vezes conseguia ser mais chatinha de Luce, mas o livro é escrito de uma maneira tão Lauren Kate que você não consegue largar nem que queira. Descobrir essa parte do passado de Cam, a forma como ele ama e até mesmo similaridades entre ele e Daniel foi muito interessante. Simplesmente amei esse capítulo de Fallen. Rever Ariane e Roland também foi ótimo! Vale muito a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário