segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Sangue e Chocolate - Annette Curtis Klause Livro e Filme

Título Original: Blood and Chocolate
Ano: 2011
País: EUA
Gênero: Romance, fantasia, terror

Sinopse: Vivian Gandillon aprecia a mudança, a dor doce e poderosa que a transforma de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os jovens lobos estão aos seus pés. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? 
Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um humano, bom e gentil, um alívio bem vindo para ela. Ele é fascinado por magia, e Vivian deseja se revelar para ele. No entanto, a lealdade de Vivian é colocada à prova quando um assassinato brutal ameaça expor o grupo. Movendo-se entre dois mundos, ela não parece pertencer a nenhum dos dois. O que ela é realmente? Humana ou Besta? O que tem o gosto mais doce? Sangue ou Chocolate?

Eu tinha visto a adaptação desse filme bem antes de sequer saber que era um livro. Uma amiga me indicou o livro dizendo que era melhor que o filme e acabei lendo em ebook depois que a Noiva Fantasma me acostumou com eles. Ando variando entre ebook e físico, já que não ando podendo comprar livros. Bem, a história gira em torno de Vivian, uma adolescente de dezesseis anos que esconde de todos que é uma loup garou, apesar de ser estonteante - e saber muito bem disso - ela não consegue se enturmar, como se todos na escola tivessem medo dela. Desde que o pai dela morreu em um horrível incêndio na pousada que moravam em West Virgínia, sua mãe, Esmé, seu tio Ruby e ela, junto a todo o bando, se mudaram para Maryland. A mãe transformou-se em uma casca de devassidão e indiferença deixando Vivian quase isolada da sua vida, na tentativa frustrada de afastar a lembrança do pai da sua vida. Tudo com que a menina lobo podia contar eram os cinco, cujas vidas ela se esforçou em salvar depois do incidente em Virgínia que levou um deles, Axel, à morte. Agora, seu bando estava dividido e sem um líder, para ela era doloroso vê-los perdido daquela forma, sobrevivendo entre os humanos sem realmente se importar uns com os outros. Isso até ela conhecer Aiden, ele havia escrito um poema sobre lobisomens que casou perfeitamente com um desenho que ela havia feito e foi publicado no jornal da escola, ao que parecia aquele menino humano era diferente de tudo que ela já vira e não parecia nem um pouco intimidado com a presença dela, o que era bom. Em breve, a Ordália aconteceria, os machos se enfrentariam para escolher um novo líder e muito provavelmente eles sairiam da cidade, o que era bom e não impediria ela de flertar um pouco com o garoto humano. Mas quanto mais se envolve com Aiden e seu mundo "normal", ela se sente perigosamente atraída por ele e mais desconfortável consigo mesma, apesar de aparentemente o garoto entendê-la por também ser diferente, ela não está certa de que ele seria capaz de aceitar seu segredo, capaz de compreender o que se esconde atrás dos seus olhos. Enquanto ele não descobre, Vivian se sente parte de um círculo de amigos, se sente normal em meio a outras pessoas e mesmo que uma das amigas de Aiden, Kelly, a odeie por estar apaixonada por ele, ela não liga, aprecia ainda mais a adoração que ele tem diante de sua beleza e a inveja que isso causa na sua rival. Mas está ciente do perigo, ciente de que os cinco estão em seu encalço e, ainda mais, Gabriel, o mais forte candidato a ser o próximo líder do bando. Vivian está desafiando as regras ao sair com Aiden, mas sabe que já está muito apaixonada para voltar atrás, ela quer contar a ele seu segredo, quer confiar a ele seu coração e sente confiança o bastante para revelar quem ele é, mas as coisas não saem exatamente como ela imaginou e agora pessoas estão morrendo na cidade dilaceradas por algum animal, Vivian não se lembra de nada que aconteceu, ela pode ter matado aquelas pessoas? Por duas vezes se transformou e acordou com o gosto de sangue na boca, nua em seu quarto. Teria sido capaz de colocar seu bando em risco? Na Ordália, ela lutara com Astrid para salvar a vida de sua mãe e, sem querer, acabou se tornando a eleita de Gabriel, vencedor e novo líder do bando, agora ela era prometida dele e tudo estava de cabeça para baixo. Encurralada no meio do seu destino entre a morte e a verdade, Vivian precisa fazer a escolha que decidirá a segurança de todos que ela ama e revelará sua verdadeira natureza.
Tirando que o meu ebook estava irritantemente desalinhado e com erros horríveis, o livro é bem bacana, Vivian foge totalmente do estereótipo de mocinha em perigo, ela é bonita e sabe disso, usa isso ao seu favor, é forte e segura de si tem uma personalidade forte e é determinada. Há mesclas de sensualidade e brutalidades mesclando uma história cheia da mitologia dos lobisomens e é costurada de uma maneira que nos envolve na busca da verdade por trás dos acontecimentos. É muito diferente da sua adaptação lançada em 2007.

Direção:  Katja von Garnier
Roteiro:  Ehren Kruger, Christopher Landon
Ano: 2007
Elenco: Agnes Bruckner
Hugh Dancy
Olivier Martinez
Bryan Dick

Sinopse: Vivian é uma jovem lobisomem descendente de uma linhagem de líderes, que se apaixona por um humano ameaçando a identidade e os segredos do seu povo para sempre. Agora, ela deverá cumprir uma profecia para proteger sua espécie ou enfrentar a ira daqueles que carregam nas veias seu próprio sangue.muito interessante e intrigante e acaba apesar de ser um filme "adolescente" se tornando e alcançando expectativas.

Bem como aconteceu com os livros do Nicholas Sparks, há a versão do livro que não tem nada a ver com a versão do filme. As divergências entre ambos são tão grandes que chega a ser errado dizer que o filme é uma adaptação do livro. Começando pela localidade, o filme se passa na Romênia e não em Maryland, Vivian é mostrada como uma jovem de 19 anos e não 16. O filme não se passa em um colégio como no livro, e basicamente toda a história do livro é desconstruída. No livro, Aiden é um garoto da idade de Vivian fascinado por ocultismo e que se veste com roupas estranhas dos anos 60. Ele mora com os pais e frequenta a mesma escola que Vivian, gosta de escrever e acredita em Magia. No filme é um desenhista que fugiu de casa aos 17 anos depois de brigar com o pai. Gabriel no livro é um jovem de 24 anos disputado entre Esmé, a mãe de Vivian e Astrid, no filme é um homem de quase 40 já lider do bando e pai de um filho desordeiro que se acha o herdeiro do trono. Ele é obcecado por Vivian o que no livro não acontece imediatamente. A Ordália foi trocada por uma competição mensal de "caça ao humano" que no livro é proibida. Astrid não é tia de Vivian no livro e ela é amiga dos 5 o que no filme não acontece, eles agem como grupos a parte . Rafe não é primo dela e no filme fizeram como se Esme tivesse morrido o que no livro não acontece. Gabriel é mostrado no filme como o antagonista e no livro ele não é o antagonista, mas uma pessoa centrada, forte, capaz de ser o líder que o bando precisa e está sinceramente disposto a conquistar o coração de Vivian. No livro não explicita Vivian como vendedora de chocolate e só menciona o doce uma vez quando ela está "na fossa". O final de ambos também é totalmente diferente, eu diria até que o final do livro me surpreendeu muito por eu ter visto o filme bem antes. A personalidade das personagens muda drasticamente também, no livro, Vivian é segura de si, ela é linda e poderosa e sabe disso, tem um temperamento até um pouco explosivo é rebelde e impulsiva, no filme ela parece ser passiva, emotiva até mesmo submissa eu diria. Aiden é um humano comum, apesar de curioso no livro ele não domina conhecimentos enormes sobre os lobisomens e age como qualquer humano agiria ao descobrir o que Vivian é. A maior parte das personagens constantes no livro foram cortadas no filme que ficou muito "romantizado" se for ver o lado sensual e sangrento do livro. De um modo geral, o livro é muito superior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário