quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Raio X


O Raio X de hoje é da minha banda favorita! Conheci o metal sinfônico, e o metal de uma forma geral, através do Epica, e até hoje é a minha banda favorita, tenho todos os cds e estou mais que ansiosa para o lançamento do mais novo album, Requiem For Indiferent.  Então, para vocês, aqui vai o raio X dessa maravilhosa banda!

Informação geral

Origem: Países Baixos

Gêneros: Metal Sinfônico

Período em atividade: 2002 - Atualmente

História:

Epica é uma banda holandesa de metal sinfônico, fundada por Mark Jansen (ex-guitarrista do After Forever) no final de 2002. Utiliza vocal meio-soprano e gutural, e suas letras retratam o amor, o ódio, a agonia, a revolta, a cultura, as religiões e o sentido da vida.
No final de 2002, Mark Jansen saiu da banda After Forever, alegando divergências musicais com os demais integrantes, que desejavam um direcionamento mais pesado e menos sinfônico. Começou a procurar músicos para se integrarem ao seu novo projeto, inicialmente nomeado Sahara Dust. No começo, a banda contou com Helena Michaelsen (ex-integrante do Trail of Tears) como vocalista, mas logo depois ela abandonou o grupo e deu lugar a uma, até então, desconhecida mezzo-sopranoSimone Simons, na época namorada de Jansen. A banda estava completa com o guitarrista Ad Sluijter, o baterista Jeroen Simons, o baixista Yves Huts e o tecladista Coen Janssen.
Em 2003, ainda intitulada Sahara Dust, lançou a demo Cry for the Moon. No mesmo ano o nome da banda mudou para Epica, inspirado no álbum homônimo da banda Kamelot. Sobre o novo nome:
"Epica é um lugar do universo onde nós podemos encontrar as respostas para as mais importantes perguntas sobre a vida. A maioria de nossas letras é parecida com o significado de Epica. E o Kamelot acabava de gravar seu álbum intitulado Epica. Nós adoramos o título. A maioria dos membros, incluindo eu, adora ouvir Kamelot. Então decidimos mudar o nome para Epica."  Simone Simons

Integrantes:
Simone Simons - Vocal (Soprano Dramática)
Mark Jansen - Guitarra e Vocal Gutural
Yves Huts - Baixo
Coen Janssen - Teclado e Piano
Isaac Delahaye - Guitarra
Ariën Weesenbeek - Bateria

Álbuns
  • The Phantom Agony (2003)
  • Consign to Oblivion (2005)
  • The Score - An Epic Journey (2005)
  • The Road to Paradiso (ao vivo) (2006)
  • The Divine Conspiracy (2007)
  • The Classical Conspiracy (ao vivo) (2009)
  • Design Your Universe (2009)
  • Requiem for the Indifferent (2012)




Nenhum comentário:

Postar um comentário