quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Moving On

Sabe blogueiros, hoje eu tive um dia bem calmo, foi o último dia de estágio e eu to bem mais tranquila por ter essa etapa cumprida no meu percurso da faculdade que não teve aula por causa da droga do segundo apagão ¬¬' só porque eram as minhas aulas favoritas! É tão estupidamente irritante!
Eu decidi não tomar mais esse bendito antidepressivo, que parece mais um anestésico! Quero me recuperar e sei que posso fazer isso sem ele, eu não sou dependente de um remédio, eu posso ficar bem, eu preciso acreditar em mim mesma, aprender a superar e lidar com as adversidades tornando-as degraus para o meu crescimento, eu quero viver e a vida é muito curta para que eu pare agora... Acabei de começar! Eu sei que terão horas que eu vou cair de novo, faz parte do processo, só caindo a gente aprende a levantar não é mesmo? Decidi também não fazer mais a blusa da saga, sei lá, acho que não era pra ser.
Eu estava pensando na minha jornada ontem... Quantas pessoas passaram pela minha vida e eu decidi deixar para trás, aconteceu uma coisa esses dias que me fez pensar nisso... Antes, ninguém me conhecia de verdade, para todo mundo eu era uma menina mimada que chorava sem motivo ou mesmo coisa pior isso quando não me julgavam sem nem me conhecer. É diferente das pessoas que me conhecem hoje, das pessoas que estão ao meu lado que sabem quem eu sou de verdade, que me conhecem mesmo que parcialmente, finalmente eu não tenho mais medo de me mostrar, de admitir os meus erros, os meus sentimentos e isso é muito bom... Me deixa muito orgulhosa de mim mesma, eu estou conseguindo, me propondo a seguir os meus objetivos, decidindo o que é prioridade e o que eu quero fazer. Começando com a faculdade, que para mim é uma realização imensa! E eu estou muito feliz mesmo com cada passo que estou dando e com as coisas que estou aprendendo. Eu não quero mais interromper nenhum momento por medo ou por tristeza, eu só tenho uma vida, uma chance de ser feliz e eu não vou deixar ninguém me impedir de chegar aonde eu me propus a ir.
Mesmo assim, sinto falta de algumas pessoas que eu deixei para trás, embora ainda não esteja muito certa se é uma boa ideia reatar amizades com o passado, e é incrível a maneira como vez ou outra ele volta para te "cutucar" não é rsrsrs em parte isso é bom e em parte não, eu não curto muito me apegar a lembranças isso geralmente nunca me faz bem... E ultimamente as lembranças do David tem me assombrado com muita frequencia! Acho que eu ainda não me acostumei com a ideia de que não vou mais vê-lo e isso ainda machuca muito. Por outro lado eu queria que as pessoas que antes me julgavam ou não me entendiam, conhecessem a pessoa que eu sou hoje, me conhecessem de verdade... Soubessem quem eu sou e o que eu penso. Ouvisse a minha voz, vissem quem eu sou de verdade. Mas as vezes acho que isso nem vale a pena. Quando eu escrevo os meus livros eu penso que um dia essas pessoas vão ver o que eu sou capaz de fazer, a maioria delas vai ver que foi um erro duvidar que eu conseguiria, embora não seja o meu intuito provar nada a ninguém, eu só quero fazer o que eu amo fazer e tornar isso uma parte de cada pessoa que lê um livro meu, fazer dela uma parte do meu mundo. Hoje eu me senti ainda mais feliz e mais segura por ser apenas eu mesma, e sabem, eu não me arrependo de nenhuma lágrima que eu derramei, nenhuma briga que eu tive ou que eu provoquei, nenhuma queda e nenhuma palavra. Tudo isso me trouxe até aqui e ainda vão acontecer muitas coisas que irão me levar cada vez mais longe! Eu nunca vou desistir, a vida me ensinou direitinho o trabalho.

Até mais blogueiros, hora de estudar :D

Beijos!

Um comentário: