segunda-feira, 12 de março de 2012

Solidão e Timidez


Ao contrário do que muita gente pensa, solidão e timidez é muito mais que desvios de personalidade... Eu achei um site muto legal de psicologia, e como sabem, essa ciência muito me agrada, e como eu tenho esse problema de timidez... Decidi dar uma lida no artigo! Dêem só uma olhada!
Comecemos com a solidão:


Definição de solidão 
Solidão é a discrepância entre os níveis de contatos sociais desejados e os conseguidos. Solidão é um estado emocional, não por estar só, mas por sentir-se só.

Solidão é um vazio existencial
 
Para sentir solidão você não precisa estar sozinho. Tem gente que está só mas com um diálogo interno tão bom que não sofre, até se diverte sendo boa companhia para si mesmo, pois encontrou sua força pessoal. Mas tem gente que está no meio da multidão com uma sensação de “ausência”, de perda de alguma coisa importante. Solidão, física ou emocional, é um sentimento  angustiante.
A solidão te faz perguntar que sentido a vida tem? Pra que estar aqui nesse mundo? Fazendo o que?
São perguntas que ficam sem respostas, mas só enquanto você não desenvolver sua capacidade de gerar companhia, nem que seja sua própria companhia.
A angústia da solidão é um alerta, é um sinal de que você precisa amadurecer, se conhecer melhor e aprender caminhos de superação.
Solidão tem tudo a ver com sensação de abandono. A solidão faz você pensar que Deus não tem consideração. Na solidão você sem sente um estranho para você mesmo.
Estamos em uma cultura que valoriza demais o fato de estar em grupos. A TV mostra o tempo todo pessoas felizes sempre rodeadas de gente. Isso provoca sofrimento psicológico para a pessoa que optou por ficar fazendo companhia para si mesmo, e essa é a palavra mágica opção. Se você estiver sozinho por opção sincera, está tudo bem - não há sofrimento. Mas mentir para você mesmo e dizer que está sozinho porque quer, quando na realidade você está sozinho porque não teve outro jeito - está colocando o lixo debaixo do tapete, não está assumindo que tem um problema.

Fazer amigos: Antídoto para Solidão
 
O antídoto para solidão - tudo na vida tem solução - é o amigo. Amizade sincera, leve, amizade que não gera obrigação. Amigos não são necessariamente pessoas de sua família, pois eles nem sempre te confortam quando você se sente solitário. Família tende a ser um pouco mais cobradora, menos perspicaz com suas fragilidades. Amigo é aquela pessoa que você se sente à vontade para ligar a qualquer hora e perceber que pode se abrir “eu tô mal, preciso que você fique comigo agora” e ele fica.
Um namorado pode ou não ser seu amigo. O ideal é quando ele é seu amigo. Marido pode não ser amigo, mas é muito melhor quando ele é seu amigo. Amigo te chama de linda até quando você está descabelada, você sabe que não é verdade, mas mesmo assim adora ouvir. Marido, filho, é uma coisa, mas amigo é como um amor, mas sem ciúmes, sem mágoas guardadas, com amigo você briga agora e daqui a pouco já está conversando normalmente.
[Fonte: marisa psicologa ]
Mas ao contrário do que parece, fazer amigos não é tão simples. Principalmente nos dias de hoje, onde as pessoas são cada vez mais intolerantes e interesseiras, a gente não sabe em quem pode confiar ou não. Eu admito que sou fechada, não costumo fazer amizades novas, e prefiro amizades virtuais.
Caminhando mais um pouco, vamos ver a timidez, algo que me afeta muito, que eu tenho tentado controlar ao longo dos anos e que é difícil para muitas pessoas lidar com ela, e a incompreensão é mais difícil ainda.

Timidez
 
E se você faz parte daquele grupo de pessoas que tem uma baita dificuldade em fazer amigos? E se você for tímido? Esse é o grande entrave.
Primeiro vamos identificar se você é mesmo tímido. Para auto avaliaçao me diga, este é um pensamento comum em sua cabeça?: “Hi, tá todo mundo me olhando”, ou “Ah meu Deus... eu só disse bobagens” ou “Que adianta ir na festa se eu vou entrar e sair sozinho, ninguém vai conversar comigo”.
Se este é o tipo de pensamento que passa na sua cabeça, então você é tímido. O tímido é ansioso, sente confusão, embaraço, vergonha, sente aquele aperto no estômago, quando precisa falar com as pessoas. 


Como o tímido pode vencer a solidão

Para superar a solidão e fazer amigos, ter relacionamentos, melhorar sua auto-estima você precisa em 1º lugar entender esse problema. Entendendo a timidez você dá o 1º passo. Usar essas informações a seu favor será o segundo e grande passo.
Causas da timidez
Problemas familiares causam timidez, divórcio, violência na família, o fato de ser filho adotivo, pais super protetores que não permitem que o filho treine ter relacionamentos fora de casa, ou pais muito severos, muito exigentes, ou brigas em casa. Outras pessoas são tímidas porque nasceram assim, elas tem uma característica de personalidade que é própria delas, ou porque pertencem a um tipo de cultura, a japonesa, por exemplo, onde as pessoas são mais introvertidas, ou quando a pessoa tem um problema físico, como acne, obesidade, etc.
A mídia ajuda muito, ou, aliás, seria melhor dizer atrapalha muito. Tudo quanto é propaganda de guaraná, sabão em pó, cerveja, seja o que for mostra as pessoas felizes pulando na praia, todos em grupos. Parece que é uma imposição “você tem que ter amigos, muitos amigos, um ou dois não basta, você tem que ter muitos”. Quem está sozinho sente que jamais vai conseguir porque ele já fez de tudo, já tomou o guaraná da propaganda, já usou o sabão em pó, já escovou os dentes com aquelas pasta que vai fazer todo mundo querer ficar pertinho de você e, nada deu resultado - continua só, então parece que isso não tem solução, mas só parece porque tem solução sim. 

Insegurança e inadequação
Um ponto comum a todo tímido é a sensação de insegurança e inadequação. Um tímido me contou: “Toda vez que eu tenho que me relacionar com alguém que não é da minha família eu me sinto bloqueado. Principalmente se eu souber que a pessoa é de um nível social, ou econômico superior do meu, eu tenho medo de fazer feio, de não conseguir falar as coisas certas”.

O que trava o tímido

É a excessiva atenção que ele dá do julgamento dos outros. É o pensamento do tipo “tão olhando para mim, tão me achando uma boba, tão achando que eu só falo bobagem, cheguei na hora errada, eu to incomodando”, mas sabemos que na grande maioria das vezes esse tipo de pensamento não está correto.

Tem cura para timidez?
Tem. O tratamento é bem objetivo, pois tem que atingir a raiz do problema, que é a dificuldade em conviver tranquilamente em um grupo. O tímido sofre de solidão. A terapia cognitiva é bem prática. O psicólogo  treina habilidades sociais. Treina iniciar conversas. Treina formas de se tranqüilizar diante de situações sociais. Treina para que a pessoa fique à vontade com outras pessoas. Isso é o trabalho comportamental da terapia. É a modificação de atitudes.
A outra parte da terapia cognitiva é o trabalho que o psicólogo faz com os pensamentos terroristas. Por exemplo: é muito comum na pessoa que sofre de solidão por ser tímida fazer uma avaliação muito negativa de si mesma. Ela pensa que não é interessante, que não é bonita, que não é inteligente, esse pensamento a deixa bloqueada quando está diante de outras pessoas. Imagine, se você acreditar que o outro é tão mais bacana que você, e que não vai querer papo contigo, é aí que você vai se trancar mesmo. Mas a gente sabe que em quase 100% das situações esse pensamento não é correto. Quantas e quantas vezes não aconteceu de ter duas pessoas querendo se conhecer, querendo conversar, mas ninguém tomou a iniciativa porque achou que o outro não a achava interessante o suficiente?


Formas erradas de lidar com a Timidez
 
A terapia também serve para que a pessoa não caia no que a gente chama de “extroversão liquida”, que é quando a pessoa usa o álcool para ficar mais extrovertida, como todo mundo sabe a bebida não só não resolve o problema cria mais um, o vício.
Outra estratégia que as pessoas usam para se sentirem melhores é mudar a aparência, é claro que se você fizer uma plástica você vai ficar mais bonita, mas é só, eu já acompanhei muitos e muitos casos que depois da plástica, do regime, a pessoa percebe que a cabeça continua a mesma, é claro, a plástica nos pensamentos é possível, mas não é com o cirurgião que é feita, esse trabalho é do psicólogo.
Há quem se entrega a relacionamentos só virtuais, como é moda hoje. Tem o lado bom, mas devemos ficar sempre alerta para que você não substitua uma pessoa de carne e osso por alguém que diz o que quer na internet.
Às vezes percebemos pessoas que mentem para si mesmo, e até acabam acreditando na própria mentira. Tem gente que diz que está sozinha porque as pessoas hoje em dia têm muitos defeitos. Defeitos com os quais ela não suporta conviver. Tem gente que diz que prefere ficar sozinho a ter que conviver com gente que não seja religiosa, ou com quem não seja vegetariano. Prefere ficar só a ter que conviver com capitalistas? Ter que conviver com consumistas? Pare um instante. Se ouça um pouco. Veja se tudo isso não são desculpas que de tanto que você repetir acabou acreditando nelas.
Porque as pessoas contam essas mentiras? Por que acham que o  problema da solidão é insolúvel. Que não tem o que fazer. Então já que não dá pra resolver o problema da solidão vamos disfarçar o problema e dizer que ficamos sós porque não tem mais ninguém na face da terra que possa ser boa companhia.

[Fonte: marisa psicologa ]

Bom, vocês também ja me ouviram falar muito em APATIA. Eu também pesquisei o que era exatamente a sensação de ser apático.
apatia é a falta de emoçãomotivação ou entusiasmo. É um termo psicológico para um estado de indiferença, no qual um indivíduo não responde aos estímulos da vida emocional, social ou física. A apatia clínica é considerada depressão no nível mais moderado e diagnosticado como transtorno dissociativo de identidade no nível extremo. O aspecto físico da apatia se associa ao desgaste físico, enfraquecimento dos músculos e a falta de energia chamada letargia, que tem muitas causas patológicas também.
[ Fonte: Wikipédia]

Nenhum comentário:

Postar um comentário