quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Matéria Especial

A nossa 'matéria especial' de hoje é mais uma 'reflexão especial'. Se você puder, dai de onde está, olhe para o céu. Não sei a que horas você vai ler isto então não posso dizer que contemple a luz do sol ou o brilho das estrelas, nem sei se ao menos alguém ira ler isto... Mesmo assim, como sempre faço, vou continuar escrevendo, sempre.
Minha intenção com este post não é 'converter' ou encher o saco de ninguém, eu vou apenas falar uma coisa que andei refletindo muito esses dias, em especial hoje, e algumas pesquisas que fiz.
Já perceberam que o mundo anda meio desregulado (ok, eu estou sendo otimista. Ta tudo uma merda!) mas já parou pra pensar no motivo? Eu parei hoje... Até o meio do séc. XX, era não apenas uma obrigação ou um dever, mas era um gosto e um privilégio ir a igreja, rezar, ter o costume de condutas boas e até mesmo conservadoras. Não estou criticando ninguém e nem poderia, até porque eu mesma ando afastada da igreja e não estou com moral para falar de ninguém! Estou dizendo isso de um modo geral. As pessoas esqueceram de Deus... Me digam qual é a lógica de ficarem satirizando Maomé? Não sabem que para os árabes ele é santo? Ai fica EUA, Alemanha e não sei mais quantos 'palhaços' fazendo sátira com ele pra ver gente morrendo a toa, será que eles acham guerra bonito? Pois bem, eu não acho nem um pouco. Muitas das pessoas que estão morrendo talvez não tenham nada a ver com isso, e mesmo que tenham, matar não é resolução de nada! Galera isso é horrível e muito idiota! Ninguém mais liga pra castidade, para devoção à fé, para a dor do próximo... Todo mundo está altamente concentrado no próprio umbigo! Por isso as coisas andam como andam! Ou melhor, acabam como acabam! Sinceramente, acho que Deus não vai precisar acabar com o mundo, os humanos vão fazer isso antes mesmo do que ele planejou!
As igrejas estão vazias, mas tem muito lugar por ai cheio, cheio de gente que se aliena ainda mais enquanto outros morrem por motivo nenhum ou por maldade de todos, isso definitivamente não é nem um pouco justo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário